Globo e Band vão esconder as Olimpíadas de Inverno de Sochi 2014. Pode esperar


Não vai ter Lindsey Vonn na Globo, não vai ter Lolo Jones na Globo…

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Alexey Maishev/RIA Novosti


Anéis olímpicos no aeroporto de Sochi: ninguém da Globo ou da Band no desembarque internacional

Qualquer débil mental sabe que o período de 7 a 23 de fevereiro de 2014 estará reservado nas grades da Globo e de sua sócia no futebol, a Band, para as transmissões das Olimpíadas de Inverno de Sochi. Certo? Não, errado, seu idiota. Na prática, a Record, sozinha (ao lado de seu canal de notícias, a Record News), vai fazer as transmissões das provas em TV aberta (a despeito de Globo e Band terem pago pelos direitos do evento ainda em 2009, como parte do acordão para as Olimpíadas de Verão de 2016, no Rio, antes mesmo da capital fluminense ter sido escolhida como cidade-sede).
Por preferência, Globo e Band vão exibir nos horários das provas (entre 6 e 16h, pelo horário de Brasília, aproximadamente) novelas, desencontros com a quase ex-jornalista Fátima Bernardes, mal-estares, receitinha de bolo com a Ana Mariska Hargitay Braga do movimento Cansei e animações dos Simpsons e Futurama nos dias úteis (para não contar notícias de tragédias e denúncias para comprometer a reeleição da presidenta Dilma Rousseff). Nos fins de semana de provas, Faustinhos, Lucianos Huck e fanfarrões do porte de Milton Neves, os agonizantes campeonatos estaduais de futebol e, óbvio, as análises das eliminações do BBB 14 em lugar de provas de patinação artística, esqui alpino e partidaças de hóquei no gelo – vide a trepidante rivalidade entre Estados Unidos e Canadá, cristalizada nas temporadas da NHL, exclusivas da ESPN desde 2011.
Em TV fechada, a Sportv segue sozinha, para não melindrar o Super Bowl da ESPN e sua transmissão in loco da gelada Nova York, no picolé em que vai se converter o Giants Stadium no dia 2 de fevereiro – imagina a Madonna cantar o hino americano a -3ºC? Bem como a propriedade intelectual que a ESPN já possui sobre os Winter X-Games – não dá para misturar uma coisa com a outra.
Ao invés da habilidade da Lindsey Vonn no esqui alpino, a Globo vai ficar exibindo filminho babaca da Disney (estúdio do mesmo grupo dos canais ESPN) na sessão da tarde pela 498ª vez, como parte de um acordo de longa forma. No lugar da ação da Lolo Jones em sua transição dos 110 metros com barreiras para o bobsled, a Band vai escolher entre passar a futilidade imbecil das Mulheres Ricas nas férias do CQC ou desenterrar o projeto já gravado da Adriane Galisteu. Ponto.
É dessa forma, subestimando os esportes olímpicos de inverno, que a Rede Globo e a Rede Bandeirantes vão preparar seu pessoal para a Rio 2016. A Record, a despeito dos perrengues recentes com cortes de pessoal, segue na luta. Interessada até o fim em mostrar o que o ensemble cast do oligopólio esportivo nunca vai mostrar. Nem a base de manifestações ou denúncias de sonegação fiscal feitas corajosamente por blogueiros progressistas que não amamentam da cartilha da mídia conservadora – vide a coragem de Miguel do Rosário e seu cafezinho de revelações amargas para a quadrilha da direita globelezada que controla a mídia deste país.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Esportes, Força da Grana, Globelezação, Imperialsmo midiático, Imprensa monopolista, Poderes ocultos, Podres poderes e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Globo e Band vão esconder as Olimpíadas de Inverno de Sochi 2014. Pode esperar

  1. Anderson disse:

    Tu tá trabalha pra record é?

  2. Servio Russo disse:

    Excelente artigo João Lima!!! Parabéns!!
    É uma pena que menos de 0,000001% do povo deste “pais” consegue pensar!!
    Infelizmente há uma infestação de ignorantes e abestalhados que se contentam com a manipulação e se alimentam com o lixo que esta maldita Rede Globo joga dentro de sua casa diariamente!!
    Quem pensa neste “pais” sofre! Quem é Honesto se envergonha! E quem quer algo de melhor para sua vida tem que ir embora!!
    Até quando??

  3. Bruno disse:

    A record não tem credibilidade nenhuma….
    exemplo é a saída do Datena que saiu por tentarem faze-lo “não falar demais”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s