Não existe contrato entre a Enter e a Prefeitura de Belo Horizonte. Miss Brasil(*) 2013 ainda não tem cidade-sede definida


Mentira tem perna curta

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Antares Martins/Band RS/08.12.2012


Sozinha, a gaúcha Vitória Centenaro já estaria eleita Miss Brasil 2013 por aclamação: concurso não tem cidade-sede até o momento e coordenadores e missólogos mentem

Com mais da metade dos concursos estaduais já agendada, o Miss Brasil 2013 permanece sem cidade-sede definida até o momento. Ventilou-se até mesmo no próprio site da Band a falsa informação de que Belo Horizonte seria a sede do certame, o qual supostamente estaria marcado para o dia 20 de julho. Não será mais assim.
Com a pendenga existente entre a Miss Universe Organization e a NBCUniversal correlata aos direitos de transmissão dos concursos sob sua administração (Miss Universo, Miss Teen USA e Miss USA), a qual pode resultar na volta dos três eventos para a rival CBS (antecipada por este Críticas no dia 5 de março), a Enter, empresa de eventos do Grupo Bandeirantes foi obrigada a dar marcha a ré no processo de produção e planejamento das etapas estaduais mais importantes que entrarão na grade nacional para 2013 – Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Mandaram parar tudo, até que venha uma ordem de Nova York correlata ao Miss Universo 2013 – com sede provavelmente na Cidade da Guatemala.
Segundo fontes da Enter asseguraram ao Críticas, não existe nenhuma linha de contrato sequer assinada com a Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, tampouco com o Governo do Estado de Minas Gerais. Portanto, nada foi assinado com o prefeito Márcio Lacerda (PSB), nem com o governador Antônio Anastasia (PSDB). Empresários locais chegaram a procurar a Enter, mas foram dissuadidos de fechar o negócio por orientação da Geo Eventos, empresa ligada à Rede Globo, que não quer os concursos estaduais (de sua propriedade) realizados em cima da Copa das Confederações da FIFA, prevista para os dias 15 a 30 de junho. Pesa também contra a Jornada Mundial da Juventude, que aconecerá no Rio entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio, e terá cobertura especial tanto da Globo quanto da Band em seus informativos. “Não cola [essa ideia de fazer o Miss Brasil na época da vistia do papa Francisco]”, alertou um representante da Globo Minas a diretores da Enter.
Portanto, qualquer informação veiculada por Facebooks de coordenações estaduais ou sites de aficcionados de concursos a respeito da data do Miss Brasil 2013 é FALSA até segunda ordem.

(*)Na teoria, a Band é dona dos direitos de transmissão do concurso Miss Brasil e de seus concursos estaduais quando, na prática, estes pertencem à Globo (que desde 1990 paga para não transmití-lo). É a mesma coisa que a emissora da famíglia Marinho fez (e ainda faz) com as séries da FOX, como Glee, Bones, Burn Notice e outras (fora as animações)

MUO se cala e se encrenca sobre status de contrato com a NBC

Nem em seu site oficial, muito nenos em suas contas de Facebook ou Twitter, a direção da Miss Universe Organization se pronunciou sobre o fim do contrato de transmissão dos concursos Miss Universo, Miss USA e Miss Teen USA, que expiraram no último dia 5 de março. A empresa de relações públicas que trabalha para a MUO, a Ruistein, também não se pronunciou sobre o teor da reportagem exclusiva do TV em Análise Críticas, muito menos sobre o avanço nas negociações com a CBS Corporation (CBS – Miss Universo e Miss USA – e The CW – Miss Teen USA).
Caso seja assinado, o novo acordo passa a valer para os três concursos promovidos pela MUO entre os anos de 2014 e 2023. Com isso, a CBS Corporation volta a ser parceira da MUO após 11 anos.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Nossas Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s