Organização do Miss Guatemala se cala sobre possível sede do Miss Universo 2013


A fatura está chegando…

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Fadil Berisha/Miss Universe Organization/Divulgação/12.12.2012

Já com a batata quente nas mãos (a beira de provocar queimaduras de terceiro grau), os responsáveis pelo concurso de Miss Guatemala se fazem de mortos quando o assunto é a negociação recorrente entre o Instituto Guatemalteco do Turismo (Inguat) e a Miss Universe Organization, para realizar a 62ª edição do concurso Miss Universo no país centro-americano. Em seu Facebook, apenas fotos de competidoras já inscritas, devidamente selecionadas para uma final nacional cuja data está na dependência dos acertos entre o Inguat e os representantes da MUO.
Desde que assumiu a gestão do Miss Universo, em 1996, é nítido o interesse de Donald Trump em realizar uma edição a mais do certame na América Central. Aliás, já realizou, em 2003, repetindo a Cidade do Panamá, sede de 1986, em um antigo depósito da alfângega americana na Zona do Canal. A entrada da Cidade da Guatemala no seleto clube de cidades não-americanas que já receberam edições do Miss Universo deve afinar as relações entre a organização de Trump, o governo e o setor turístico guatemaltecos.
A cobrança de US$ 6 milhões por parte da MUO ao Inguat também parece não preocupar os produtores do Miss Guatemala 2013, cuja data sequer ainda está marcada (a previsão dos organizadores é para junho, quando o negócio entre o órgão estatal de turismo e a organizaação do certame já tiver sido finalizado àquela altura). Tanto é que trabalham a divulgação de suas candidatas a passo de cágado.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s