A ordem agora na Miss Universe Organization é procurar os representantes do Inguat sobre o negócio do Miss Universo 2013 na Guatemala


Ou fecha ou o troço vai para Las Vegas, again señor

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Siglo 21 (Guatemala)

Passado o perrengue da definição da data e local do Miss USA, executivos da Miss Universe Organization devem, ainda nesta semana, intensificar a procura pelos diretores do Instituto de Turismo da Guatemala, o Inguat. Querem cobrar para já os US$ 6 milhões relativos à taxa de franquia para sediar a 62ª edição do certame, anteriormente prevista para 18 de dezembro – a NBC não deve mais trabalhar com essa data.
Sacar do telefone, usar do e-mail, gastar as milhagens possíveis, todo expediente será usado pela presidenta da MUO, Paula Shugart para ir atrás do diretor do Inguat, Pedro Duchez (à esquerda na foto, ao lado do ministro do Turismo, De La Torre), e cobrar-lhe a fatura. Não há muito tempo: o prazo para apresentar o caderno de encargos se esgota no dia 30 de junho. Depois disso, nada feito.
Colocar a Guatemala contra a parede, como no governo Carter. Essa é a ordem de Donald Trump a seus representantes na diretoria da MUO. Passar a faca no gabinete de Duchez, cobrar-lhe o que e devido, como todo agiota mequetrefe faz. Querem aproveitar as vantagens do turismo local, vendido em feiras especializadas, para pressionar o diretor do Inguat e o Ministério do Turismo do país a apresentarem as garatntias financeiras antes que seja tarde. Antes que a MUO passe a batata quente para o PH Live, again, na gelada Las Vegas. Passar a régua, passar a faca no pescoço dos guatemaltecos, convencê-los pelo bolso até a última gota, essa é a intenção.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para A ordem agora na Miss Universe Organization é procurar os representantes do Inguat sobre o negócio do Miss Universo 2013 na Guatemala

  1. Pingback: Os próximos passos para a Cidade da Guatemala sediar o Miss Universo 2013 | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: Organização do Miss Guatemala se cala sobre possível sede do Miss Universo 2013 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s