A audiência americana da quinta-feira, 4 de abril de 2013


Hannibal decepciona e Big Bang Theory, líder da noite, também se destaca na TV paga

Da redação TV em Análise

Brooke Palmer/NBC/Divulgação

https://i2.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2013/04/Hannibal-NBC-Episode-1-Aperitif-08.jpg
Mads Mikkelsen como Hannibal da NBC: péssimo apetite na estreia

O mega-super-über investimento feito pela NBC em associação com produtoras europeias parece ter feito água para Hannibal logo em sua estreia vexaminosa nos Estados Unidos. Colocada para preencher o vácuo da já cancelada Do No Harm, a trama de Bryan Fuller, baseada na novela de Thomas Harris, a despeito de sua boa recepção crítica, teve um mau começo para uma trama de spring-season. Às 22h, registrou 4,3 milhões de telespectadores (o Rock Center de Brian Williams dava público nessa média) contra 3,8 milhões da estreia de Do No Harm.
Nem mesmo a mudança de horário de Go On resolveu os graves problemas da NBC nas noites de quinta-feira. No escopo do horário nobre, a emissora amargou a quarta colocação, com 3,3 milhões de telespectadores, média de 2,1 e share domiciliar de 3 pontos. Números esses agravados pelos maus desempenhos de suas outras comédias – Community, Parks and Recreation e The Office, que ficaram abaixo dos 4 milhões de telespectadores. Community e Parks and Rec, aliás, já estão em situação de perigo e podem ser canceladas no início de maio. Go On, com a maldição olímpica, também deverá ir para a breca.
Muito à frente da NBC, a CBS liderou o horário nobre, com 13,3 milhões de telespectadores, média de 8,3 e share de 13, graças principalmente a The Big Bang Theory – que teve 1,1 milhão de telespectadores a mais em relação ao último inédito, exibido em 14 de março, antes da pausa para o March Madness. Two And a Half Men (+1,2 milhão de telespectadores em relação à mesma data) também teve crescimento de público. As já renovadas Person of Interest (-300 mil telespectadores) e Elementary (-1,1 milhão de telespectadores em relação ao último inédito), no entanto, foram na mão contrária e perderam público após a pausa para o basquete universitário da NCAA.
Esses números praticamente “abafaram” o programa de resultados do American Idol (que eliminou Burnell Taylor da disputa) e a programação da FOX para o horário nobre. Também ocupada pelas comédias, a grade da emissora registrou ridículos 7,7 milhões de telespectadores, média de 4,8 e share de 8. Em relação à semana passada, no entanto, o Idol sozinho teve 300 mil telespectadores a mais. New Girl e The Mindy Project, colocadas às pressas na grade no lugar de Glee, contribuíram para derrubar os números da FOX na média do horário nobre.
Mais modesta, a ABC ocupou a terceira colocação, com 6,9 milhões de telespectadores, média de 4,7 e share de 8, beneficiada pelo duo de dramas de Shonda Rimes – Grey’s Anatomy e Scandal. Com os inéditos de The Vampire Diaries (já renovada) e Beauty and the Beast (ameaçada de ser cancelada) ainda em fase de edição para exibição na fase final da atual temporada, a The CW registrou apenas 955 mil telespectadores, média de 0,6 e share de 1 ponto.
Entre os telespectadores na faixa de 18 a 49 anos, o 1,4 ponto registrado pela NBC não justifica o desperdício feito com Hannibal, tampouco a trapalhada com a troca de horário de Go On. A emissora também fechou a demográfica na quarta colocação. A CBS venceu a disputa, com 3,1 pontos de média contra 2,3 da FOX e 2,2 da ABC. As reprises tapa-buraco da The CW registraram 0,3 ponto.
Hora por hora (horários da costa leste americana), os dados da Nielsen Media Research:

20h

CBS: The Big Bang Theory (16,8 milhões de telespectadores, 10/17 domiciliar)/Two and a Half Men (13,6 milhões, 8,4/13)
FOX: American Idol – programa de resultados (11,3 milhões de telespectadores, 7,0/11)
ABC: Wife Swap (4,1 milhões, 2,8/5)
NBC: Community (2,4 milhões, 1,6/3)/Parks and Recreation (2,9 milhões, 1,8/3)
The CW: The Vampire Diaries – reprise (1,16 milhão, 0,7/1)

Líder 18-49: The Big Bang Theory (4,9)

21h

CBS: Person of Interest (14,3 milhões, 9,0/14)
ABC: Grey’s Anatomy (8,4 milhões, 5,8/9)
FOX: New Girl (4,9 milhões, 3,1/5)/The Mindy Project (3,5 milhões, 2.2/3)
NBC: The Office (3,4 milhões, 2,1/3)/Go On – estreia de horário (2,4 milhões, 1,5/2)
The CW: Beauty and the Beast – reprise (751.000, 0,5/1)

Líder 18-49: Empate entre Grey’s Anatomy e Person of Interest (2,7)

22h

CBS: Elementary (10,4 milhões, 6,8/11)
ABC: Scandal (8,1 milhões, 5,5/9)
NBC: Hannibal – estreia (4,3 milhões, 2,8/5)

Líder 18-49: Scandal (2,7)

NOTA: Os números acima divulgados são preliminares e estão sujeitos a modificação. Incluem audiência ao vivo e DVR para exibição na mesma noite

Michael Yarish/Warner Bros./CBS/Divulgação

https://i2.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2013/04/The-Big-Bang-Theory-Season-6-Episode-20-The-Tenure-Turbulence-02.jpg

Fenômeno na TV aberta, The Big Bang Theory também teve bom desempenho com suas reprises, que antecederam a estreia da inédita Men at Work, na TBS (que ocupou a oitava colocação). Três reprises de Big Bang ficaram entre os 10 programas mais vistos no horário nobre dos canais pagos americanos nesta quinta-feira. Lista detalhada:

O TOP 10 DAS TV’S PAGAS AMERICANAS NA 5ª FEIRA, 4/4/2013
A lista abaixo se refere aos programas de horário nobre, transmitidos entre as 20 e 23h (horário da costa leste)
Programa Canal Espectadores (em milhhões) Média 18-49
Swamp People (21h) History 4,192 1,5
The Big Bang Theory – reprise (21h30) TBS 2,754 1,1
American Dad! – reprise (22h30) Adult Swim/Cartoon Network 2,197 0,9
The Big Bang Theory – reprise (22h30) TBS 1,980 0,9
The Big Bang Theory – reprise (21h) TBS 2,095 0,9
Archer (22h) FX 1,303 0,8
Men at Work (22h) TBS 1,685 0,8
NBA – temporada regular – San Antonio Spurs 88 x 100 Oklahoma City Thunder (21h56) TNT 1,934 0,8
Ridiculousness (22h) MTV 1,520 0,8
American Dad! – reprise (22h) Adult Swim/Cartoon Network 1,902 0,7

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Canta USA, Ibopes da vida, Kelly Clarkson, Numb3rs, Reality-shows, Séries e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para A audiência americana da quinta-feira, 4 de abril de 2013

  1. Pingback: A audiência americana da quinta-feira, 11 de abril de 2013 | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: A audiência americana da quinta-feira, 25 de abril de 2013 | TV em Análise Críticas

  3. Pingback: A audiência americana da sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s