Confirmação do Miss USA 2013 para depois dos Tony Awards não evita concorrência com Daytime Emmys ou Finais da NBA e aumenta drama sobre direitos televisivos para os Estados Unidos a partir de 2014


Atual contrato acabou no dia 8 de março e não deve ser renovado, defendem executivos da NBC; concurso deve mesmo voltar para a CBS

Da redação TV em Análise

Steve Marcus/Reuters/03.06.2012


Rancic interrogando Culpo no Fantástico da Globo sobre o propinoduto do Miss Universo 2012: “Mais uma vez, insisto: você sabe quanto custa um quilo de feijão? Você sabe diferenciar fatura de duplicata?”

A confirmação do concurso Miss USA 2013 para a noite de 16 de junho, no PH Live, em Las Vegas, aliviou um pouco os ânimos de alguns executivos da NBC que já estavam exaltados, pedindo para marcar o certame para agosto, bem perto do Miss América. O comunicado oficial abaixo (em inglês) calou a boca dos executivos ligados a Robert Greenblatt, que travavam (e ainda travam) uma guerra pessoal com a turma ligada a Donald Trump na alta cúpula da emissora. Conteúdo a saber:

THE 2013 MISS USA® COMPETITION TO AIR LIVE JUNE 16 ON NBC (9-11 P.M. ET) FROM PLANET HOLLYWOOD RESORT & CASINO IN LAS VEGAS
dick clark productions (dcp), Led by Barry Adelman, Returns as Executive Producer

New York, NY – April 4, 2013 – NBC, Donald J. Trump and Paula M. Shugart, president of the Miss Universe Organization, announced today that the 2013 MISS USA® Competition will air LIVE from Las Vegas on NBC Sunday, June 16 (9 p.m. ET) from PH Live in Planet Hollywood Resort & Casino.
“The MISS USA Competition is one of the most anticipated live events of the year,” said Mr. Trump. “Teaming with Las Vegas and Planet Hollywood Resort & Casino has been a successful formula that enables us to produce one of the best shows year after year.”
“Planet Hollywood Resort & Casino is proud to partner with the Miss Universe Organization in hosting this spectacular event for the sixth year in a row,” said David Hoenemeyer, regional president of Planet Hollywood Resort & Casino. “The MISS USA Competition is one of the most exciting events of the year, so it’s only fitting
that one of the most exhilarating resorts on the Strip serve as host.”
The 2013 MISS USA® Competition will feature contestants from all 50 states and the District of Columbia.
Contestants will be judged in three categories: swimsuit, evening gown and interview. The show concludes with one contestant ultimately being crowned Miss USA 2013.
“We are pleased to welcome the 62nd Annual MISS USA Competition back to Las Vegas,” said Cathy Tull, senior vice president of marketing for the Las Vegas Convention and Visitors Authority. “The history and pride of the MISS USA Competition combined with the strength and excitement of the Las Vegas brand create a winning combination.”
Last year’s telecast concluded with Olivia Culpo, Miss Rhode Island USA, being crowned Miss USA 2012. After Culpo won the title of Miss Universe last December, first runner-up Nana Meriwether, Miss Maryland USA, assumed the role of Miss USA 2012.
The MISS USA telecast now reaches approximately 90 countries and territories. For more information, visit http://www.missusa.com.

ABOUT THE MISS USA® COMPETITION
The Miss Universe Organization, a Donald J. Trump and NBCUniversal joint venture, is a global community empowering role models of beauty, health and leadership for young women of today. As part of the Miss Universe Organization, Miss USA is dedicated to partnering with charities around the world, and to increasing awareness of breast and ovarian cancers. For more information, visit: http://www.missusa.com.

FOLLOW MISS USA:
• Facebook: http://www.facebook.com/OfficialMissUSA
• YouTube: http://www.youtube.com/MissUSA
• Twitter: @MissUSA

ABOUT THE LVCVA
The Las Vegas Convention and Visitors Authority (LVCVA) is charged with marketing Southern Nevada as a tourism and convention destination worldwide, and also with operating the Las Vegas Convention Center and Cashman Center. With more than 150,000 hotel rooms in Las Vegas alone and 10.7 million square feet of meeting and exhibit space citywide, the LVCVA’s mission centers on attracting ever-increasing numbers of leisure and business visitors to the area. For more information, go to LVCVA.com or LasVegas.com.
# # #
PRESS CONTACTS:
Jackie Shahinian
Miss Universe Organization
jackies@missuniverse.com
646.249.3162

Dara Busch
Rubenstein Public Relations
DBusch@rubensteinpr.com
212.843.8079″

O tal comunicado acima, no entanto, não resolve o drama dos direitos televisivos do certame para o território americano a partir de 2014. Nas mãos da NBC até o último dia 5 de março, o contrato, já expirado, assegura através de uma cláusula a transmissão dos concursos Miss USA 2013 (pela NBC) e Miss Universo 2013 (NBC e Telemundo) como forma de cumprir tabela publicitária. Desde que a reportagem do Críticas foi publicada, cresceu a movimentação de executivos da MUO para agendar reuniões de negócio com o presidente da CBS, Les Moonves. Moonves, por sua feita, mandou os homens de Donald Trump irem falar com o responsável pela área de programação alternativa e especiais da emissora, Jack Sussman. Sussman, por sua vez, mandou Paula Shugart “ir se catar”, por não ter aceito a oferta de renovação feita a Trump para manter os concursos de Miss USA, Miss Universo e Miss Teen USA, em junho de 2002.
O desespero da Miss Universe Organization para assinar logo com a CBS é tamanho que executivos da entidade querem forçar a antecipação do Miss Universo 2013 para o final de novembro. A todo custo, os executivos da MUO ligados a Trump peitam Bob Greenblatt, pressionam-no para fazer o certame no Radio City Music Hall, para fechar a conta e passar a régua nas relações com a NBCUniversal, que duravam desde 2003. Matéria da Forbes, publicada em 8 de março de 2010 já alertava para a breca em que Trump já iria se meter com a NBCU. No dia 8 de março de 2013, o acordo para a transmissão do Miss USA e do Miss Universo já havia acabado. E Trump usará o Miss USA 2013 para enterrar suas relações com a NBCU-Comcast. Vai implorar aos céus, a Edir Macedo, a Jimmy Swaggrt, à macumba, à magia negra, apelar à baixaria da Christina Rocha ou coisa que o valha para fazer seus três concursos – Miss Universo, Miss Teen USA e Miss USA irem para a CBS Corporation.

Na xepa, os representantes da MUO estão apelando mesmo é para um suicídio financeiro ao pedirem US$ 40 milhões da CBS (Miss Universo e Miss USA) e da The CW (Miss Teen USA) para assinarem um mega-super-acordo multianual e multiplataforma de transmissão dos três certames. A aquisição de metade da TV Guide Network pela CBS (em associação com a Lionsgate) deve pesar a favor nas negociações já hiper-aceleradas entre MUO e CBS – não se sabe se em velocidade de Concorde ou de Rubinho Barrichello. A menos que a grana da Comcast atrapalhe.
Para piorar ainda mais as coisas, a marcação do Miss USA 2013 para depois dos Tony Awards foi uma ideia de bom-senso da própria NBC. Não se deve agredir a inteligência de quem está assistindo à premiação de teatro ou a uma das partidas das Finais da NBA (calendário a ser lançado posteriomente). Choque com a Stanley Cup? Nope. O fator calendário da NHL também deve pesar a favor do certame. O problema, à época do concurso, será pegar qual dos bifes prevalecer. Se das quadras de basquete ou dos rinques de hóquei no gelo travestidos de octógonos do UFC Combate da NHL na ESPN. Estrelando jogadores russos egressos da Kontinental Hockey League metidos a Júnior Cigano ou similares.
Lute por esporte, diga não à violência (financeira dos trogloditas de Greenblatt, Moonves e asseclas).
Por fora, o Miss USA terá uma concorrência irrelevante com os Daytime Emmys, relegados ao canal a cabo HLN (ligado à CNN), que acontecerão na mesma noite. Tarefa fácil para pegar público de ambos os lados.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Concursos de beleza, Outras Venezuelas, Projetos especiais e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s