Quanto o senador Aloysio Nunes recebe da D&D Investments e da Globo para atacar blogueiros progressistas?


“Mrs. Culpo, did you accepted the bribe?”

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Fotos Joe Klamar/AFP/19.12.2012 e Reprodução/Saraiva13

https://tvemanalisecriticas.files.wordpress.com/2013/03/aluc3adsioeserra.jpg
Aloysio, Cerra e Culpo “são do bem” sinaliza uma missóloga ligada à famíglia Marinho

O pedido de informações do senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) sobre aplicação de verbas federais de publicidade em blogs progressistas, remete a outra pergunta, cretina, mas que deve ser feita, para o bem do cidadão do Estado americano de Rhode Island:

– Quanto Aloysio – que participou do atentado ao Aeropoprto Internacional dos Guararapes com o intento de tentar assassinar o arcebispo de Olinda, Dom Helder Câmara, em 1967, e do assalto ao trem pagador da ferrovia Santos-Jundiaí, em 1968, como membro da organização terrorista ALN (Aliança Libertadora Nacional) – recebe da empresa de fachada D&D Inverstments, sediada em Potomac (Maryland) e da GEO Eventos, empresa da Globo (sócia da Band no monpólio do futebol brasileiro) para calar pelo bolso a imprensa alternativa do Brasil?

Para o drama do Viomundo, conferir aqui.
Sobre a participação do comparsa brasileiro da quadrilha que elegeu Olivia Culpo como Miss Universo 2012 como terrorista nos anos de chumbo da “ditabranda” militar brasileira, segue o texto abaixo, extraido do blog Saraiva13:

“Pouca gente sabe, mas Aloysio Nunes Ferreira, senador por São Paulo pelo PSDB, co-chefiava uma organização guerrilheira e, entre outas ações, roubou um trem-pagador carregado de dinheiro. Nas eleições para presidente em 2010 houve uma enxurrada de acusações à Dilma Rousseff. Nas redes sociais a candidata do PT era apresentada como uma perigosa terrorista que teria chefiado uma quadrilha nos anos 1970.
Alguns e-mails, inclusive, listavam os assaltos e assassinatos por ela praticados durante seu período de vida pregressa.
O curioso é que os tucanos, que estavam por trás da desconstrução da imagem de Dilma, se esqueceram de contar que eles também tinham seu candidato “terrorista”.
Trata-se de Aloysio Nunes Ferreira, um dos dirigentes da Ação Libertadora Nacional, que já foi ministro de Fernando Henrique e chegou a ocupar o cargo de vice-governador paulista no mandato de Luiz Antônio Fleury Filho.
Pois, em 2010 ele correu o país ao lado de José Serra na qualidade de candidato a senador por São Paulo. E foi eleito.
O agora senador e possível candidato a governador do nosso estado em 2014 participou, inclusive, do assalto ao trem pagador, um dos mais ousados roubos da história do Brasil.
A ação guerrilheira surrupiou uma fortuna do trem que deixava a Estação da Luz abarrotado de dinheiro destinado ao pagamento dos funcionários da Ferrovia.
Dois pesos e duas medidas. O “terrorista” deles assalta trem e fica na moita enquanto a “terrorista” da concorrência, isto é, do PT é bombardeada com acusações de ladra e assassina. Isto foi, no mínimo, uma imensa covardia.
Mas não colou. E deu Dilma na cabeça.”

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Imperialsmo midiático, Imprensa monopolista, Poderes ocultos, Podres poderes, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s