A relação completa de vencedores da 85ª edição dos Oscars


Apesar de As Aventuras de Pi ter levado o maior número de estatuetas, Argo prevaleceu como melhor filme, com apoio da Casa Branca

Da redação TV em Análise

Getty Images

http://www.trbimg.com/img-512af7b5/turbine/zap-ocsars-2013-best-and-worst-pictures-037/600
Michelle Obama, escancarando o apoio oficial a Argo

Apesar da leva de indicações (11) e de premiações que recebeu (4, incluindo melhor diretor, para Ang Lee), As Aventuras de Pi perdeu o Oscar de melhor filme na 85ª edição dos Academy Awards, realizada na noite deste domingo (24), no Dolby Theatre (antigo Kodak Theatre, renomeado por questões de patrocínio), no Hollywood and Highland Center, em Los Angeles. Na última categoria da noite, estrategicamente colocada para ser anunciada pela primeira-dama norte-americana, Michelle Obama (após as produções terem sido anunciadas por Jack Nicholson), Argo confirmou o favoritismo obtido em todas as premiações de sindicatos (SAG, DGA, representado por Ben Affleck, PGA, WGA, etc.) e associações de jornalistas internacionais (HFPA e BAFTA), calando os que apostavam (inclusive o ator José Wilker, que comentava a festa para a TV Globo) numa chuva de estatuetas para Pi.
Nas categorias de atuação principal, Jennifer Lawrence, 22, levou sua primeira estatueta (em duas indicações) por O Lado Bom da Vida. O inglês Daniel Day-Lewis, 56, de Lincoln, venceu sua terceira estatueta (em cinco indicações). As outras duas vieram em 1990, por Meu Pé Esquerdo, e 2008, por Sangue Negro. Mesma situação de Lawrence viveu Anne Hathaway, 30, contemplada por sua atuação na adaptação do musical Os Miseráveis. Em 2009, a novaiorquina já disputara essa categoria por O Casamento de Rachel. Por sua vez, o austríaco Chrispoh Waltz, 56, venceu o segundo Oscar a que foi indicado em atuação secundária, por Django Livre. A primeira estatueta ganha por Waltz veio em 2010, no drama de guerra Bastardos Inglórios. Os quatro retornam em 2014 para apresentarem as premiações de ator coadjuvante (Hathaway), atriz coadjuvante (Waltz), ator (Lawrence) e atriz (Day-Lewis).
Amor, da Áustria, levou o prêmio de melhor filme estrangeiro. Nas animações, Valente ficou com o Oscar de melhor longa-metragem. Fora a premiação dada a Hathaway, Os Miseráveis levou também os Oscares de maquiagem e cabelo e mixagem de som. Melhor filme da noite, Argo levou apenas outras duas estatuetas: montagem e roteiro adaptado. Lista detalhada de vencedores:

Melhor Filme
Argo

Melhor Ator
Daniel Day-Lewis, Lincoln

Melhor Atriz
Jennifer Lawrence, O Lado Bom da Vida

Melhor Direção
Ang Lee, As Aventuras de Pi

Melhor Ator Coadjuvante
Christoph Waltz, Django Livre

Melhor Atriz Coadjuvante
Anne Hathaway, Os Miseráveis

Melhor Roteiro Original
Django Livre

Melhor Roteiro Adaptado
Argo

Melhor Canção Original
Skyfall (Letra e música: Adele Adkins e Paul Epworth) – 007- Operação Skyfall

Melhor Trilha Musical
As Aventuras de Pi

Melhor Direção de Arte
Lincoln

Melhor Montagem
Argo

Melhor Mixagem de Som
Os Miseráveis

Melhor Edição de Som
Empate entre A Hora Mais Escura e 007- Operação Skyfall

Melhor Filme Estrangeiro
Amor/Amour (AUT)

Melhor Documentário de Longa-Metragem
Searching For a Sugar Man

Melhor Documentário de Curta-Metragem
Inocente

Melhor Curta-Metragem de Ficção
Curfew

Melhor Figurino
Anna Karenina

Melhor Maquiagem e Cabelo
Os Miseráveis

Melhor Fotografia
As Aventuras de Pi

Melhores Efeitos Visuais
As Aventuras de Pi

Melhor Curta-Metragem de Animação
Paperman

Melhor Filme de Animação
Valente

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Cinema, Poderes ocultos, Podres poderes, Premiações e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s