Os contraprogramas brasileiros para o concurso Miss Universo 1983


Raul Cortez no Canal Livre era opção para quem não gostava mais dos concursos de misses; estreante Manchete atacava de faroeste com Angie Dickinson e Globo recorria a Richard Burton

Da redação TV em Análise

Warner Bros./Divulgação


Burton e Clint Eastwood (esquerda), neste filme inglês feito no ano em que o Brasil venceu o Miss Universo pela última vez até agora

Em seu segundo ano no SBT, o concurso Miss Universo já vinha colhendo antipatizantes sobretudo em decorrência da transformação da etapa brasileira – o Miss Brasil – em sucursal de programa de auditório. As opções de fuga de quem não queria, de maneira alguma, torcer por Marisa Fully Coelho direto do extinto Kiel Auditorium, em St. Louis (EUA) na noite de 11 de julho de 1983, uma segunda-feira, eram várias. E estão ai a saber:

Cultura (SP): Esporte Opinião e Sinopse
TVE (RJ): O Deireito de Todos Nós – Tema: Lei Afonso Arinos e Nota Jazz – musical com Paulo Moura, Norato, Aurino e outros
Globo: partes do Supercine – filme: O Desafio das Águias (Where Eagles Dare, Inglaterra, 1968) e do Jornal da Globo
Manchete: parte de Grande Estreia – filme: Bandeirantes da Fronteira (Frontier Rangers, EUA, 1959) e Jornal da Manchete – 2ª edição
Bandeirantes: parte de Clodovil, Canal Livre – entrevistado: Raul Cortez, Jornal da Noite e começo do Programa Ferreira Netto
Record (RJ): parte da sessão Oscar – filme: O Preço de Um Covarde e Noites Cariocas (apresentação: Scarlet Moon e Nelson Motta)
Record (SP): parte da sessão Oscar – filme: Joaquim Murrieta e S.W.A.T.
Gazeta (SP): parte do Futebol É Com o Onze e Onze no Futebol

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Nossas Venezuelas, Programação, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s