Assunto da semana: O Carnaval do Oscar da música


A vida volta ao normal para o meio musical após o Grammy 2013

Getty Images/10.02.2013

https://i1.wp.com/blog.zap2it.com/frominsidethebox/kelly-clarkson-grammys-2013.jpg
Kelly Clarkson, durante tributo a Patti Page e Carole King

Passado o torpor e o choque da comunidade musical com a morte repentina da cantora Whitney Houston, há um ano, a 55ª edição dos Grammy Awards retomou o ritmo normal da premiação, sem fato extraordinário para “bombar” de forma inesperada sua audiência. Dos 40 milhões do Grammy 2012 para os 29,5 milhões da exibição do último domingo na CBS americana verificou-se uma quietude sem par.

Getty Images/10.02.2013

http://www.trbimg.com/img-5118757d/turbine/zap-2013-grammy-awards-best-and-worst-moments--033/600

Sem explorar a tragédia da diva pop, a premiação conduzida pelo ator/rapper LL Cool J saiu do ritual de Santa Missa em Seu Lar para um evento de animação, sóbrio, sem piadas. Formado nas bases do American Bandstand do falecido Dick Clark (1925-2012), James Todd Smith, 45 (nome de registro do astro de NCIS: Los Angeles), não usou chavões idiotas comuns a Golden Globes ou a Oscars. Respeitou o telespectador e o consumidor musical final como deve ser.

Getty Images/10.02.2013

http://www.trbimg.com/img-51186e8c/turbine/zap-2013-grammy-awards-best-and-worst-moments--028/600

Piadas cortadas à parte, o Grammy de 2013 (dominado pela banda The Black Keys, com quatro gramofones) também foi marcado por uma norma rígida da CBS correlata ao vestuário de cantoras e compositoras no tapete vermelho. Não podia isso e aquilo de pele, mas Carrie Underwood estourou a conta de luz do Staples Center ao cantar Blown Away com um vestido saído de algum aprendiz de Joãozinho Trinta.

Getty Images/10.02.2013

https://i1.wp.com/blog.zap2it.com/frominsidethebox/justin-timberlake-grammys.jpg

Noves fora a aberração country-carnavalesca, aclimatada ao ar condicionado do ginásio Staples de Los Angeles, o Grammy 2013 teve no tributo ao baterista Levon Helm (com Elton John, Zac Brown e outros) seu momento de catarse. Catarse essa também compartilhada pelo ex-VJ Gastão Moreira, que comentou a parte brasileira da transmissão do canal pago TNT. Justin Timberlake também ajudou. Até domingo.

Publicação simultânea com o caderno Notícia da TV do Jornal Meio Norte que circula no domingo (17/2)

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Canta USA, Coluna da Semana, Especiais, Premiações e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s