Em detalhes, a relação de vencedores da 55ª edição dos Grammy Awards. Em todas as categorias


Vocalista ajuda The Black Keys a ser o grande vencedor da noite mais importante da música

Da redação TV em Análise

Getty Images

http://www.trbimg.com/img-511848f9/turbine/zap-the-black-keys-bjork-hunter-hayes-and-the--016/600
Auerbach fez a rapa

Nem Gotye, nem Jay-Z, nem Kanye West. Em termos individuais, o grande vencedor da 55ª edição dos Grammy Awards foi o líder do The Black Keys, Dan Auerbach, que arrebatou para si quatro estatuetas (em um total de seis indicações), incluindo a de Produtor do Ano Não-Clássico. Seu grupo venceu também nas categorias de Melhor Performance de Rock, Melhor Canção de Rock e Melhor Álbum de Rock. West, Jay-Z, o cantor belga Gotye e o DJ Skrillex ficaram com três gramofones cada um. Chick Corea, fun, Kimbra, Mumford & Sons, Frank Ocean, Matt Redman e Esperanza Spalding venceram em duas categorias cada. Lista detalhada:

SEGMENTO GERAL

Álbum do Ano
Babel – Mumford & Sons

Gravação do Ano
Somebody That I Used To Know – Gotye feat. Kimbra

Melhor Artista Revelação
FUN.

Canção do Ano
We Are Young – Jack Antonoff, Jeff Bhasker, Andrew Dost & Nate Ruess, compositores (FUN. featuring Janelle Monáe)

SEGMENTO POP

Melhor Performance Solo Pop
Set Fire To The Rain (Live) – Adele

Melhor Performance de Dupla ou Grupo Pop
Somebody That I Used To Know – Gotye Featuring Kimbra

Melhor Performance de Pop Instrumental
Impressions – Chris Botti

Melhor Álbum de Pop Vocal
Stronger – Kelly Clarkson

SEGMENTO POP TRADICIONAL

Melhor Álbum de Pop Tradicional
Kisses On The Bottom – Paul McCartney

SEGMENTO DANCE

Melhor Gravação de Dance ou Música Eletrõnica
Bangarang – Skrillex Featuring Sirah

Melhor Álbum de Dance ou Música Eletrõnica
Bangarang – Skrillex

SEGMENTO ROCK

Melhor Canção de Rock
Lonely Boy – Dan Auerbach, Brian Burton & Patrick Carney, compositores (The Black Keys)

Melhor Performance de Rock
Lonely Boy – The Black Keys

Melhor Performance de Metal/Hard Rock
Love Bites (So Do I) – Halestorm

Melhor Álbum de Rock
El Camino – The Black Keys

SEGMENTO ALTERNATIVO

Melhor Álbum de Música Alternativa
Making Mirrors – Gotye

SEGMENTO R&B

Melhor Performance de R&B Tradicional
Love On Top – Beyoncé

Melhor Performance de R&B
Climax – Usher

Melhor Canção de R&B
Adorn – Miguel Pimentel, compositor (Miguel)

Melhor Álbum Contemporâneo Urbano
Channel Orange – Frank Ocean

Melhor Álbum de R&B
Black Radio – Robert Glasper Experiment

SEGMENTO RAP

Melhor Colaboração de Rap/Canto
No Church In The Wild – Jay-Z & Kanye West Featuring Frank Ocean & The-Dream

Melhor Canção de Rap
N****s In Paris – Shawn Carter, Mike Dean, Chauncey Hollis & Kanye West, compositores (W.A. Donaldson, compositor) (Jay-Z & Kanye West)

Melhor Performance de Rap
N****s In Paris – Jay-Z & Kanye West

Melhor Álbum de Rap
Take Care – Drake

SEGMENTO COUNTRY

Melhor Performance Solo Country
Blown Away – Carrie Underwood

Melhor Performance de Banda ou Dupla Country
Pontoon – Little Big Town

Melhor Canção Country
Blown Away – Josh Kear & Chris Tompkins, compositores (Carrie Underwood)

Melhor Álbum Country
Uncaged – Zac Brown Band

SEGMENTO NEW-AGE

Melhor Álbum de New-Age
Echoes of Love – Omar Akram

SEGMENTO DE JAZZ

Melhor Solo Improvisado de Jazz
Hot House – Gary Burton & Chick Corea, solistas

Melhor Álbum Vocal de Jazz
Radio Music Society – Esperanza Spalding

Melhor Álbum Instrumental de Jazz
Unity Band – Pat Metheny Unity Band

Melhor Álbum de Jazz Conjunto
Dear Diz (Every Day I Think Of You) – Arturo Sandoval

Melhor Álbum de Jazz Latino
¡Ritmo! – The Clare Fischer Latin Jazz Big Band

SEGMENTO GOSPEL/CRISTÃO

Melhor Performance de Música Gospel/Cristã Contemporânea
10,000 Reasons (Bless The Lord) – Matt Redman

Melhor Canção Gospel
Go Get It – Erica Campbell, Tina Campbell & Warryn Campbell, compositores (Mary Mary)

Melhor Canção Cristã Contemporânea
10,000 Reasons (Bless The Lord) – Jonas Myrin & Matt Redman, compositores (Matt Redman)
Your Presence Is Heaven – Israel Houghton & Micah Massey, compositores (Israel & New Breed)

Melhor Álbum Gospel
Gravity – Lecrae

Melhor Álbum de Música Cristã Contemporânea
Eye on It – TobyMac

SEGMENTO LATINO

Melhor Álbum Pop Latino
MTV Unplugged Deluxe Edition – Juanes

Melhor Álbum de Rock Urbano ou Alternativo Latino
Imaginaries – Quetzal

Melhor Álbum de Música Regional Mexicana (inclusive Tejano)
Pecados Y Milagros – Lila Downs

Melhor Álbum Tropical Latino
Retro – Marlow Rosado Y La Riqueña

SEGMENTO DE RAÍZES AMERICANAS

Melhor Álbum de Americana
Slipstream – Bonnie Raitt

Melhor Álbum de Bluegrass
Nobody Knows You – Steep Canyon Rangers

Melhor Álbum de Blues
Locked Down – Dr. John

Melhor Álbum de Música Folk
The Goat Rodeo Sessions – Yo-Yo Ma, Stuart Duncan, Edgar Meyer & Chris Thile

Melhor Álbum de Raízes Regionais
The Band Courtbouillon – Wayne Toups, Steve Riley & Wilson Savoy

SEGMENTO DE PALAVRA FALADA

Melhor Álbum de Palavra Falada
Society’s Child: My Autobiography – Janis Ian

SEGMENTO DE COMÉDIA

Melhor Álbum de Comédia
Blow Your Pants Off – Jimmy Fallon

SEGMENTO DE REGGAE

Melhor Álbum de Reggae
Rebirth – Jimmy Cliff

SEGMENTO DE WORLD MUSIC

Melhor Álbum de World Music
The Living Room Sessions Part 1 – Ravi Shankar

SEGMENTO INFANTIL

Melhor Álbum de Música Infantil
Can You Canoe? – The Okee Dokee Brothers

SEGMENTO DE MÚSICA TEATRAL E VISUAL

Melhor Álbum de Música Teatral
Once: A New Musical – Steve Kazee e Cristin Milioti, solistas principais; Steven Epstein e Martin Lowe, produtores (Glen Hansard e Marketa Irglova, compositores/letristas) (Elenco original da Broadway com Steve Kazee, Cristin Milioti e outros)

Melhor Compilação de Trilha Sonora para Mídia Visual
Meia-Noite em Paris (vários)

Melhor Composição de Trilha Sonora para Mídia Visual
Millenium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres – Trent Reznor e Atticus Ross, compositores

Melhor Canção Escrita para Mídia Visual
Safe & Sound (Jogos Vorazes) – T Bone Burnett, Taylor Swift, John Paul White e Joy Williams, compositores (Taylor Swift e The Civil Wars)

SEGMENTO DE COMPOSIÇÃO/ARRANJO

Melhor Composição Instrumental
Mozart Goes Dancing – Chick Corea, compositor (Chick Corea & Gary Burton)

Melhor Arranjo Instrumental
How About You – Gil Evans, arranjador (Gil Evans Project)

Melhor Arranjo Instrumental Com Acompanhamento de Vocalista(s)
City Of Roses – Thara Memory & Esperanza Spalding, arranjadoras (Esperanza Spalding)

PACOTES

Melhor Pacote de Gravação
Biophilia – Michael Amzalag & Mathias Augustyniak, diretores de arte (Björk)

Melhor Pacote de Caixa ou Edição Especial Limitada
Woody At 100: The Woody Guthrie Centennial Collection – Fritz Klaetke, diretor de arte (Woody Guthrie)

NOTAS

Melhores Notas para Álbum
Singular Genius: The Complete ABC Singles – Billy Vera, autor das notas do álbum (Ray Charles)

SEGMENTO HISTÓRICO

Melhor Álbum Histórico
The Smile Sessions (Deluxe Box Set) – Alan Boyd, Mark Linett, Brian Wilson & Dennis Wolfe, produtores da compliação; Mark Linett, engenheiro de masterização (The Beach Boys)

PRODUÇÃO

Melhor Engenharia para Álbum Não-Clássico
The Goat Rodeo Sessions – Richard King, engenheiro; Richard King, engenheiro de masterização (Yo-Yo Ma, Stuart Duncan, Edgar Meyer & Chris Thile)

Produtor do Ano (Não-Classico)
Dan Auerbach

Melhor Gravação Remixada Não-Classica
Promises (Skrillex & Nero Remix) – Skrillex, remixador (Nero)

PRODUÇÃO EM SURROUND SOUND

Melhor Álbum em Surround Sound
Modern Cool – Jim Anderson, engenheiro de mixagem surround; Darcy Proper, engenheiro de masterização surround; Michael Friedman, produtor surround (Patricia Barber)

PRODUÇÃO DE MÚSICA CLÁSSICA

Melhor Engenharia para Álbum Clássico
Life & Breath – Choral Works By René Clausen – Tom Caulfield & John Newton, engenheiros; Mark Donahue, engenheiro de masterização (Charles Bruffy & Kansas City Chorale)

Produtor do Ano (Clássico)
Blanton Alspaugh

MÚSICA CLÁSSICA

Melhor Performance Orquestral
Adams: Harmonielehre & Short Ride In A Fast Machine – Michael Tilson Thomas, regente (San Francisco Symphony)

Melhor Gravação de Ópera
Wagner: Der Ring Des Nibelungen – James Levine & Fabio Luisi, regentes; Hans-Peter König, Jay Hunter Morris, Bryn Terfel & Deborah Voigt; Jay David Saks, produtores (The Metropolitan Opera Orchestra; The Metropolitan Opera Chorus)

Melhor Performance de Coral
Life & Breath – Choral Works By René Clausen – Charles Bruffy, regente (Matthew Gladden, Lindsey Lang, Rebecca Lloyd, Sarah Tannehill & Pamela Williamson; Kansas City Chorale)

Melhor Música de Câmara ou Performance de Pequeno Conjunto
Meanwhile – Eighth Blackbird

Melhor Solo Instrumental Clássico
Kurtág & Ligeti: Music For Viola – Kim Kashkashian

Melhor Solo Vocal Clássico
Poèmes – Renée Fleming (Alan Gilbert & Seiji Ozawa; Orchestre National De France & Orchestre Philharmonique De Radio France)

Melhor Compêndio Clássico
Penderecki: Fonogrammi; Horn Concerto; Partita; The Awakening Of Jacob; Anaklasis – Antoni Wit, regente; Aleksandra Nagórko & Andrzej Sasin, produtores

Melhor Composição Clássica Contemporânea
Hartke, Stephen: Meanwhile – Incidental Music To Imaginary Puppet Plays – Stephen Hartke, compositor (Eighth Blackbird)

VÍDEO MUSICAL

Melhor Vídeo Musical de Curta Duração
We Found Love – Rihanna Featuring Calvin Harris

Melhor Vídeo Musical de Longa Duração
Big Easy Express – Mumford & Sons, Edward Sharpe & The Magnetic Zeros & Old Crow Medicine Show

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Canta USA, Música, Premiações e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Em detalhes, a relação de vencedores da 55ª edição dos Grammy Awards. Em todas as categorias

  1. Pingback: A audiência americana do domingo dos Grammys, 10 de fevereiro de 2013 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s