O rombo da Enter com o lobby pró-Gabriela Markus no Miss Universo 2012


A desgraça de Sandy Hook em desfavor de Gaby Markus na pauta do jornal da band

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

David Becker/Getty Images/19.12.2012


Markus no Miss Universo: maior que a propina…

Além do esquema de corrupção, o concurso Miss Universo 2012 também deixou prejuízos para a Rede Bandeirantes. Sua empresa de eventos, a Enter, teria registrado um rombo de R$ 845 mil (já contabilizando as propinas recebidas pelos jurados da final televisionada da última quarta-feira, 19).
Promotora do concurso Miss Brasil desde setembro de 2011, a Enter registrou no ano passado prejuízo de R$ 25 milhões com a organização do Miss Universo 2011. Com o Miss Universo 2012, a cidade de Las Vegas perdeu US$ 6 milhões (R$ 12 milhões), menos de um quinto do que a empresa paulista perdeu com o concurso do ano passado (excluindo os R$ 43 milhões devidos também pelo governo do Estado e prefeitura municipal).
Segundo um ex-coordenador estadual do Miss Brasil, que pediu para não ser identificado, a Enter teria oferecido R$ 394 mil (US$ 197 mil) aos jurados técnicos Amy Sadowsky e Crystle Stewart para favorecer Markus no Presentation Show. Além disso, o empresário Boanerges Gaeta Jr. teria agido como testa-de-ferro na operação, avalisada pelo Instituto Millenium e pela Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP).

Michelle McLoughlin/Reuters/14.12.2012

http://img.r7.com/images/2012/12/14/16_47_55_209_file?dimensions=800x600&no_crop=true
…e o mundo-cão da Carrie Mathison da Sônia Abrão

Censura

Na prática, ao invés de promover o concurso Miss Universo 2012 em seus telejornais, a Band só fez escondê-lo: entre os dias 5 e 15 de dezembro, o departamento de jornalismo recebeu ordens de Gaeta Jr. para “não noticiar nada correlato ao [concurso] Miss Universo”. Fernando Mitre, responsável pelo setor, entendeu o recado. E mandou o correespondente Luiz Megale ir apurar outras pautas, como o massacre na escola infantil Sandy Hook, em Newtown (Connecticut), que custou a vida de 26 pessoas.
Ao mesmo tempo que “censurava” o certame de sua pauta jornalística, a Band agia na surdina para fraudar o resultado das 16 semifinalistas, como se fosse a Binibining Pilipinas Charities Inc. (BPCI) ou a CBF nos tempos obscuros de Ricardo Teixeira. Usou pressupostos do PSDB de Minas Gerais (Gaeta é um deles) para “maquiar” o favoritismo que, nas últimas avaliações gerais realizadas pelo TV em Análise Críticas, já era aparente. Resumindo: Gabriela Markus, no PH Live, acabou se tornando maior que qualquer máquina de comprar jurados, seja ela pública ou privada.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Força da Grana, Nossas Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

14 respostas para O rombo da Enter com o lobby pró-Gabriela Markus no Miss Universo 2012

  1. Lucas disse:

    Estou chocado com isso! E não consigo acreditar nesses fatos! Mas convenhamos, a brasileira teve um ótimo desempenho no Miss Universo e estava linda demais! Mereceu estar entre as 5! E outro fato é que a Miss USA não mereceu a coroa! Ela deveria ter ficado entre Brasil, Venezuela e Austrália!

  2. Willian disse:

    Meu conceito sobre TV em Análise Críticas caiu muito , não podem publicar matérias sem ter um documento oficial, se isso realmente fosse verdade alguma providencia seria tomada, triste saber que um site brasileiro diga que sua representante pagou propina, Gabriela Markus fez um excelente concurso e teve capacidade sim de estar no top 5, sites as vezes apelam para fazer a matéria render .Parabéns Gabriela Markus nos brasileiros estamos orgulhosos pela sua belíssima participação,merecia até uma posição melhor, mesmo assim está de parabéns!!!!

    • João Lima disse:

      Meu caro, as fontes estão no corpo do texto sobre as propinas no Miss Universo 2012 e são fontes oficiais (não oficiosas como os sites piguentos – Globo e Band, inclusive – sugerem).

    • João Lima disse:

      “sites as vezes apelam para fazer a matéria render…”. E o G1? O Portal da Band? O Estadão? Também não o fazem para atacar a honra do ex-presidente Lula e da atual presidenta Dilma Rousseff (para aplacar-lhe o rótulo de terrorista)? Qual classe C vc pensa que está ascendendo no Brazil? A das novelas de terror nazi-fascista-sensacionalista para pregar a destruição do Brasil e a privatização da Petrobras (para a Chevron), das universidades federais, das TV’s educativas, dos hospitais universitários, do Banco do Brasil (para o BankofAmerica), do Banco do Nordeste (para a CapitalOne), do Banco da Amazônia (para a StateFarm), da Caixa Econômica Federal (para o JPMorgan Chase Manhattan Bank), do BNDES (para a Morgan Stanley) e da EBC (Empresa Brasil de Comunicação, para a Harpo, da Oprah Winfrey) roteirizadas pela Glória Perez em cooperação com o Ryan Murphy e o Brad Falchuk? A que assiste aos idiotas do Manhattan Connection na Globonews? A que vê reprise da Nora Walker no canal de mulherzinha GNT? A que assina Veja, O Globo e Folha de S. Paulo? Me responda, por favor, se for hombre. Tiver semancol. For brasileiro de verdade e não cria da ditabranda militar dos Dancin’ Days e do feijão porcaria do Glauber Rocha no programa Abertura da extinta Tupi (no qual, o saudoso cineasta baiano disse que “o cinema brasileiro é uma vergonha” – vide a desclassificação recente de O Palhaço da disputa do Oscar 2013 de Melhor Filme Estrangeiro e as verdades do Caio Blat sobre o esquema de distribuição da Globo Filmes).

      • Willian disse:

        Meu querido,só achei que não foi correto publicar essa matéria, não vou entrar nesses quesitos pois sou apenas um mero leigo que talvez precisasse mesmo de um mobral como vc citou, sobre a veracidade desses fatos cabe a cada um julgar e também respeitar sua opinião.

      • João Lima disse:

        O Críticas mantém o que foi publicado.

  3. Willian disse:

    Ahhh e só para recordar foi um grande fiasco essas somas de notas que fizeram, acertar 5 de 16 isso mostra o tanto que se entende de miss e nem vou comentar do miss Brasil ……..

    • João Lima disse:

      No próprio corpo do texto que vc questiona está expresso:

      “Além destas, outras 10 candidatas que figuraram como favoritas em uma ou mais avaliações parciais (de um total de 52) realizadas pelo Críticas apareceram no rol de semifinalistas. São elas a venezuelana Irene Esser, a turca Çagil Özge Özkul, a peruana Nicole Faverón, a russa Elizaveta Golovanova, a mexicana Karina González, a sul-africana Melinda Bam, a filipina Janine Tugonon (segunda colocada), a kosovar Diana Avdiu e a australiana Renae Ayris.”

      Volta para o Mobral que é melhor.

    • João Lima disse:

      William, em palavras do jornalista Antônio Fraga (então na TV Itapoan – hoje Record Bahia) ao receber sopapo do Little Bad Tony (Toninho Malvadeza-Globeleza) Antônio Carlos Magalhães, nas eleições para a Assembleia Nacional Constituinte de 1986:

      “Infelizmente, os repórteres baianos não podem cumprir sua missão. Acabo de ser agredido pelo ministro Antônio Carlos Magalhães e seu irmão com chutes e pontapés(…) minha mãe foi xingada, o nosso cinegrafista foi agredido, nosso auxiliar que aqui está foi agredido. Numa eleição em que nós visamos criar uma nova Constituição em que nós visamos obter democracia isso não pode ser admitido de forma alguma.”

      “Quem vaiou foi o Scott Disick e a Kourtney Kardashian”

      (Coronel ACM, minutos 0:57 a 1:01)

      Ou seja, infelizmente graças a trogloditas como v.sa., os blogueiros progressistas não podem cumprir sua missão. Acabo de ser agredido por um simpatizante da Miss Brasil(*) 2012 Gabriela Markus com palavras de ordem. A Nicki Minaj foi xingada, o Keith Urban foi xingado, o Tate Stevens foi xingado, as garotas do Fifth Harmony foram xingadas, o Simon Cowell foi xingado, o L.A. Reid foi xingado, a Carly Rose Sonenclar foi xingada. Num país que se supõe democrático e admite imbecis missológicos como esse isso não pode ser admitido de forma alguma. Nem na mais fechada das ditabrandas do mundo, Myanmar.

      Ass. Mario López
      Khloé Kardashian Odom
      O traço do Ibope
      Jovelina Pérola Negra
      MariMoon
      Pauley Perrette
      O resto do elenco de “NCIS”
      Neil Patrick Harris
      O resto do elenco de “How I Met Your Mother”
      Little Big Town
      O Rappa
      Paulinho da Viola
      Paulinho da Força
      Paulinho Boca de Cantor
      Ice-T
      Kelli Giddish
      Danny Pino
      Mariska Hargitay
      O resto do elenco de “Law & Order: SVU”
      A velha guarda da Portela
      Natal da Portela
      Michael C. Hall e o melhor do Carnaval
      E o resto dos reinos mineral e vegetal

      (*)Na teoria, a Band é dona dos direitos de transmissão do concurso Miss Brasil e de seus concursos estaduais quando, na prática, estes pertencem à Globo (que desde 1990 paga para não transmití-lo). É a mesma coisa que a emissora da famíglia Marinho fez (e ainda faz) com as séries da FOX, como Glee, Bones, Burn Notice e outras (fora as animações)

    • João Lima disse:

      No vídeo abaixo, dois dos artistas que vc xingou:

  4. Pingback: PHA: Os 10 mandamentos da editoria “o Brasil é uma m…” | TV em Análise Críticas

  5. Pingback: EXCLUSIVO: Empreiteira, afiliada da Globo e shopping gaúcho também participaram do esquema de propinas pró-Gabriela Markus no Miss Universo 2012 | TV em Análise Críticas

  6. Pingback: EXCLUSIVO: As ligações entre a blogueira cubana Yoani Sanchez e o esquema de corrupção que elegeu Olivia Culpo como Miss Universo 2012 | TV em Análise Críticas

  7. Pingback: FHC, Olivia Culpo, famíglia Patriarca, Márcia Bia, seu Frias: eleição na ABL deu nisso | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s