A audiência americana da terça-feira, 23 de outubro de 2012


Retorno de Happy Endings decepciona e X-Factor afunda ainda mais já cancelada Private Practice

Da redação TV em Análise

Divulgação/ABC

https://i0.wp.com/www.nydailynews.com/blogs/sites/default/files/u183/gangnam.jpg
Dança básica

Os retornos de Happy Endings e Apartment 23 fecharam o ciclo de estreias das redes abertas para o mês de outubro e tornou a faixa das 21h bastante competitiva para ABC, NBC e FOX (apesar de ter poupado The Mindy Project para uma exibição especial de The X-Factor). Em toda a extensão do horário nobre desta penúltima terça-feira de início da fall-season 2012, no entanto, a programação de procedurals da CBS liderou em telespectadores (14,8 milhões – 6,6 milhões a mais que na semana passada, média de 9,4 – 4 a mais e share domiciliar de 15 pontos (7 a mais).
Na segunda colocação, a ABC registrou 7,5 milhões de telespectadores (4 milhões a menos), média de 5,0 (2,6 a menos) e share de 8 (3 pontos a menos). Terceira colocada, a NBC registrou 5,05 milhões de telespectadores em relação à semana passada a menos e fechou o horário nobre com 7,05 milhões de telespectadores, média de 4,3 (2,9 pontos a menos) e share de 7 (4 a menos em relação ao penúltimo debate presidencial). Quarta colocada, a FOX teve 4,7 milhões de telespectadores (900 mil a mais), média de 2,9 (0,6 a mais) e share de 5 (2 a mais). A The CW teve 300 mil telespectadores a menos em relação à estreia de Emiliy Owens, M.D. e fechou a noite com 1,2 milhão, média de 0,9 (0,1 ponto a menos) e share domiciliar de 1 ponto (estável).
Entre os telespectadores na faixa de 18 a 49 anos, a NBC liderou com 2 pontos a menos que na programação abreviada para a transmissão do penúltimo debate preseidencial, fechando com 2,7. A CBS ganhou 0,6 ponto na demográfica em relação à semana passada e voltou à vice-liderança, com 2,5. A FOX ganhou 0,5 ponto e fechou com 2,1. A ABC, por sua vez, perdeu 0,7 ponto e fechou com 1,8. A The CW perdeu 0,1 ponto e fechou com 0,4.
Hora por hora (horários da costa leste americana), os dados da Nielsen Media Research:

20h

CBS: NCIS (17,35 milhões de telespectadores, 10,9/17 domiciliar)
ABC: Dancing With the Stars: All-Stars (12,7 milhões, 8,3/13)
NBC: The Voice (10,9 milhões, 6,5/10)
FOX: Raising Hope (4,1 milhões, 2,4/4)/Ben and Kate (3,05 milhões, 1,8/3)
The CW: Hart of Dixie (1,3 milhão, 0,9/1)

Líder 18-49: The Voice (4,1)

Comentário: Já efetivado na faixa, o Dancing with the Stars – nesta semana, não houve programa de resultados – teve 4,5 milhões de telespectadores a mais em relação à semana passada no horário. Hart of Dixie teve 100 mil a mais. Na mão oposta, NCIS teve 750 mil telespectadores a menos, mas conseguiu liderar em total de telespectadores. Líder na demográfica, The Voice também perdeu público – teve 1 milhão de telespectadores a menos em relação à semana passada. Raising Hope se estabilizou em telespectadores e no share, mas perdeu 0,1 ponto na média. Ben and Kate perdeu 250 mil telespectadores, 0,3 na média e se estabilizou no share.

Greg Gayne/FOX/Divulgação

https://i0.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2012/10/New-Girl-Season-2-Episode-3-Models-4.jpg
Para ficar bem na foto

21h

CBS: NCIS: Los Angeles (16,25 milhões, 10,3/16)
NBC: Go On (6,4 milhões, 3,8/6)/The New Normal (4,5 milhões, 2,9/4)
FOX: New Girl (5,2 milhões, 3,1/5)/The X Factor (5,3 milhões, 3,3/5)
ABC: Happy Endings – estreia de temporada (5,9 milhões, 4,0/6)/Don’t Trust the B—- in Apt. 23 – estreia de temporada (4,3 milhões, 2,9/4)
The CW: Emily Owens, M.D. (1,1 milhão, 0,8/1)

Líder 18-49: NCIS: Los Angeles e New Girl (2,7)

Comentário: Ficou um pouco esvaziada a estreia da terceira temporada de Happy Endings – 1,5 milhão de telespectadores a menos em relação ao ano passado. Em relação a Apt. 23, não se deve esperar muita coisa: sair do biombo da mid-season (geralmente apenas para cumprir tabela) foi uma jornada importante. Os episódios-teste deram um clima para o que a ABC pretende climatizar como “grade de comédias românticas”. Pouca coisa, mas deve resolver. Regular, Go On perdeu 550 mil telespectadores em relação à semana passada. The New Normal perdeu meio milhão de telespectadores já acossada pela concorrência com o horário “alternativo” do The X-Factor, destinado à revelação dos 16 artistas que seguem para a etapa de concertos (esta, já sob o comando de Khloé Kardashian e Mario López). Valorizadíssima pela revista de publicidade AdAge, New Girl teve um crescimento de 200 mil telespectadores. A reboque, a emissora teve um incremento de 1,7 milhão de telespectadores ao trocar The Mindy Project por X-Factor, devido às transmissões da World Series da MLB (Detroit Tigers x San Francisco Giants), que começam nesta noite. Em relação à sua estreia, Emily Owens, M.D. perdeu 600 mil telespectadores.

Randy Holmes/ABC/Divulgação

https://i1.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2012/10/Private-Practice-Season-6-Episode-4-You-Dont-Know-What-Youve-Got-Till-Its-Gone-10.jpg
Dra. Addison, a casa caiu

22h

CBS: Vegas (10,7 milhões, 7,0/12)
FOX: The X Factor (6 milhões, 3,7/6 até às 22h30)
NBC: Parenthood (4,8 milhões, 3,2/5)
ABC: Private Practice (4,6 milhões, 3,3/5)

Líder 18-49: The X Factor (2,4)

Comentário: Apesar de já carimbada pela CBS para uma temporada completa, Vegas continua a despencar em telespectadores (1,1 milhão a menos), na média (0,8 ponto a menos) e no share (1 ponto a menos). A concorrência temporária com o X-Factor atrapalhou bastante a comemoração. Já selada para acabar mesmo, Private Practice perdeu 1,05 milhão de telespectadores e não vai deixar saudade nenhuma. Forte, Parenthood teve uma pequena queda (200 mil telespectadores), mas não teve índice suficiente para desbancar a competição musical da FOX da liderança na demográfica.

NOTA: Os números acima divulgados são preliminares e estão sujeitos a modificação. Incluem audiência ao vivo e DVR para exibição na mesma noite

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Canta USA, Ibopes da vida, Numb3rs, Reality-shows, Séries e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para A audiência americana da terça-feira, 23 de outubro de 2012

  1. Pingback: A audiência americana da terça-feira, 30 de outubro de 2012 | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: A audiência americana da quarta-feira, 31 de outubro de 2012 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s