Evandro Hazzy, o Lance Armstrong do Nucky Thompson da incompetência missológica gaúcha, desmascarado


Às favas com o sonho de Gabriela Markus

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Fotos Acervo pessoal e Getty Images

https://i0.wp.com/entretenimento.r7.com/blogs/tudo-miss-e-tudo-mais/files/2012/10/hazzy2.jpghttps://i0.wp.com/revistagalileu.globo.com/Revista/Galileu2/foto/0,,69789896,00.jpg
Nas fotos, dois “santinhos” de pau-oco de eleição para vereador

Em alguns pontos, os detalhes cínicos da “entrevista” de Evandro Hazzy, chefão da Camorra missológica gaúcha ao R7, publicada nesta quinta-feira (11) pela repórter Gabriela Quintela.

“Acredito que temos uma grande chance nesse ano, tendo em vista que, além da Gabriela [Markus, Miss Brasil[*] 2012] ser linda, o próprio Miss Universo aconteceu aqui no ano passado. Mas, sinceramente, acredito que falte aqui o que sobra em outros países, investimento na candidata.”

Comentário: A julgar pela evolução de Markus (para baixo) nas parciais do TV em Análise Críticas para o Miss Universo 2012, divulgadas após o Miss Brasil, falta, sobretudo, um conjunto de coisas. A saber:

1-Desde a avaliação feita para o concurso estadual (em dezembro de 2011), já se denotava que Markus não teria chance alguma para a disputa do Miss Universo caso vencesse a disputa nacional;

2-Especialista em fabricar misses anabolizadas à la Lance Armstrong (notório ex-ciclista americano acusado de participar do maior esquema de dopagem esportiva do mundo), Hazzy também o faz com suas cobaias eleitas Miss Rio Grande do Sul desde 1999, treinadas para serem empreguettes-rockettes em novelas golpistas-direitistas e realities aberrantes-sensacionalistas da Tevê Globo. Ou seja: a USADA (agência anti-doping norte-americana) está com o olho aberto na ficha corrida de Armstrong. Que, como no comercial de Rexona com o Neymar, não deixa a Nike abandoná-lo (No caso de Hazzy, a Unilever, o Shopping Praia de Belas, et caterva);

3-“Grande chance neste ano”? Peraí! Hazzy pensa que o povo brasileiro é idiota, retardaddo mental. Que investimento a candidata Markus recebeu até agora para o Miss Universo(*) 2012?

-Do prefeito reeleito de Teutônia, Renato Altman (PP, da base de sustenação do governo Dilma)?
-Da Chevron?
-Da Dow Chemical?
-Do Chase Manhattan?
-Do JPMorgan?
-Da Moody’s?
-Do Comando de Caça aos Comunistas?
-Da UDR?
-Da quadrilha do cirurgião Nelson Heller, acusado de matar uma promotora de eventos e detonar o nariz da Bruna Felisberto?
-Do PSDB?
-Do DEM?
-Da UDN globelezada de papo calcinha e sutiã no canal pago Multishow?

“Em muitos países o próprio governa ajuda com os custos da viagem, com a preparação, montagem de guarda-roupa, aulas de línguas e oratória, tratamentos estéticos”.

Certo, Evandro, certo, senador. Só na Venezuela o governo local ajuda as competidoras ao Miss Universo e outros certames menores com bolsas de incentivo para suas candidatas. É o refluxo da idiotice ideológica chavista, vai pensar o doutor Andrés Oppenheimer, decano de comunicações da Universidade de Miami (cujas equipes de futebol americano e basquete universitários já estiveram metidas emn um escândalo de corrupção amplamente investigado pela NCAA em 2011) e queridinho da imprensa tucanófila especializada em destruir o Brasil e assassinar reputações (como a do José Genoíno – ver carta aberta abaixo):

https://i0.wp.com/www.conversaafiada.com.br/wp-content/uploads/2012/10/carta_genuino01.jpeghttps://i0.wp.com/www.conversaafiada.com.br/wp-content/uploads/2012/10/carta_genuino02.jpeg

“Em contrapartida, aqui no Brasil temos que ficar sempre atrás da ajuda de algumas empresas que acreditam no concurso e contribuem”.

Certo, sr. Evandro Nucky Hazzy-Thompson. A Procter & Gamble, a BrOi, a PetroBrax, o Grupo RBS(**), o movimento cansei (da finada Hebe Camargo e das sobreviventes Regina Duarte, Ana Mariska Hargitay Braga e da Ivette Sangallo, fora outros mais – Carlos Alberto de Nóbrega [namorado da Miss Brasil 1987, Jacqueline Meirelles], Xuxa Scherer, Claire Danes, Caio do São Paulo, Beth Szafir e por aí vai…).

Divulgação/HBO

https://i1.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2012/09/Boardwalk-Empire-Resolution-Season-3-Premiere-4.jpg
Na foto, o ator Steve Buscemi no papel do então ministro da Previdência Social, o político gaúcho Jair Soares, que mandou impugnar a concordata da Rede Tupi, após a cassação de suas concessões, em 18 de julho de 1980, a mando da Globo: arresto até na maquiagem da Nicki Minaj, jurada do American Idol, e no laquê usado pelo colega de bancada, o cantor neo-zelandês de country Keith Urban (pelo “pacto da Gruta de Diabo”, convertido em marido da Nicole Kidman

“Posso dizer que hoje transformamos o Rio Grande do Sul na Venezuela brasileira”.

Só fazendo o povo de trouxa, como nos princípios edsitoriais da Globo (vídeo abaixo):

Na prática, Hazzy está isso sim é transformando o Rio Grande do Sul num arremedo de Made in Jersey piorado e aclimatado às doutrinas covardes direitistas e conservadoras, que atrasam o Brasil em cinco séculos. Abaixo, o que a feminista Rose Marie Muraro pensava das práticas de Hazzy ao Jornal do Brasil de 5 de julho de 1983:

“É uma exposição de carne em açougue. A maioria dos homens ainda vê as mulheres pelas coxas, pernas, cabelos e traseiros, nunca como pessoas inteiras. Reduzir a mulher a pedaços é a coisa mais antiga que existe”.

(*)Na teoria, a Band é dona dos direitos de transmissão do concurso Miss Brasil e de seus concursos estaduais quando, na prática, estes pertencem à Globo (que desde 1990 paga para não transmití-lo). É a mesma coisa que a emissora da famíglia Marinho fez (e ainda faz) com as séries da FOX, como Glee, Bones, Burn Notice e outras (fora as animações)
(**)Não é Rede Brasil Sul e sim Rede Bunda Suja (da Natália Casassola), afiliada global em Santa Catarina que tem entre seus diretores o pai de um dos estupradores juvenis de Florianópolis denunciado pelo Tijoladas do Mosquito e pelo Jornal da Record

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Ética nos concursos de beleza, Esportes, Nossas Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s