A queda do número de candidatas do Miss Universo 2012 em relação a 2011


Enfim, desmascarando o “bom jornalismo” do GlobalBeauties

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Bruno Zanardo/Fotoarena/12.09.2011

https://i2.wp.com/i1.r7.com/data/files/2C95/948F/325D/DF06/0132/60A5/21A3/0B75/misses-5-tl.jpg
Menos é mais

Uma rápida depuração na Wikipedia foi suficiente para atestar a realidade dura pela qual vai passar a 61ª edição do concurso Miss Universo, marcada para 19 de dezembro, em Las Vegas (EUA). A desistência de Portugal, Turks e Caicos e Eslovênia e a retirada das representantes de Togo, Costa do Marfim e Senegal da disputa emagreceu drasticamente o plano inicial da Miss Universe Organization de contar com 97 candidatas no certame deste ano. Resultado? A disputa deve ter 91 candidatas, mas deve manter a escrita de bater o recorde estabelecido em São Paulo, no ano passado.
A varredura feits por misspologos eliminou alguns hoaxes, mas não soluciona outro problema mais grave: a debandada ainda a ser esperada de, pelo menos, mais quatro coordenações nacionais: Letônia, Gabão, Rússia e Ilhas Virgens Britânicas. Aos fatos: a coordenação do Miss Rússia já avisou que não vai retirar sua candidata do concurso – há preparadores suficientes. E quanto ao Gabão? Há grana para pagar a taxa de inscrição? Eis a dúvida.
Líquida e certa será a ausência da Letônia. Não tem coordenação nacional formada a tempo. Nem terá. As Ilhas Virgens Britânicas já elegeram sua candidata e ponto. Com a manutenção de Rússia e Ilhas Virgens Britânicas, o número de competidoras se estabilizaria em 89. Sério?
Na reportagem da última segunda-feira (8), o Críticas atestou um mar de incoerências apresentada pela MUO ao sítio especializado GlobalBeauties – especializado em plantar patranhas para enganar a escassa imprensa séria que cobre o certame. De 92 computadas pelo GB, a listagem cairia da seguinte forma:

-Ficariam fora: Argentina, Alemanha, Haiti, Letônia, Trinidad e Tobago e Vietnã;
-Com a depuração feita pelo Críticas, o número de candidatas do Miss Universo 2012 cairia das 92 projetadas e pensadas pela MUO para 86 (empatando com Los Angeles 2006 como a segunda maior participação na história).

Mais calmo em relação à última segunda-feira, este escriba chega à conclusão de que o Miss Universo 2012 perde (ao menos, até agora) a pretensão de bater o recorde paulista. Mas, ao menos chega à intenção. Ao Criminal Intent. Ao ato de lavar as mãos (para as mentiras das Cheerios de redes sociais fieis a Paula Shugart e sua banda de incompetentes, prestes a ser despejada por Bob Greenblatt). Ao ato de ir jantar.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A queda do número de candidatas do Miss Universo 2012 em relação a 2011

  1. Pingback: EXCLUSIVO: Após corte de africanas, sai a 42ª avaliação parcial do Críticas para o concurso Miss Universo 2012 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s