A audiência americana da terça-feira, 2 de outubro de 2012


Estreia da fall-season da CW atrapalha concorrência, que pena para segurar topo dos telespectadores

Da redação TV em Análise

Divulgação/ABC

https://i2.wp.com/blog.zap2it.com/frominsidethebox/joey-fatone-kym-johnson-dwts-elimination.jpg
Fatone e a parceira Kym Johnson: no reino das palavras

Enfim, a fall-season começou para a The CW. Enquanto as outras redes sofreram para assegurar seu quinhão de público, a emissora jovem da CBS e da Warner saltou 468 mil telespectadores em relação à primeira semana da fall-season das outras quatro grandes redes (ABC, CBS, FOX e NBC). Saiu do modo verão da maneira como se esperava. Mas não evitou uma derrocada quanto Hart of Dixie passou a grade para The Next, às 21h.
No contexto geral, a liderança foi da CBS, que teve 15,15 milhões de telespectadores, média de 9,4 e share domiciliar de 15 pontos, contra 8,7 milhões, média de 6,0 e share de 9 obtidos pela segunda colocada, a ABC. Terceira colocada, a NBC teve 6 milhões de telespectadores, média de 3,9 e share de 6, seguida da FOX, que registrou 4 milhões de telespectadores, média de 2,4 e share de 4 pontos. Com esse crescimento, a The CW fechou a noite com 1,1 milhão de telespectadores, média de 0,7 e share de 1 ponto. Bom começo.
Entre os telespectadores na faixa de 18 a 49 anos, a CW teve 0,5 ponto (0,3 ponto a mais que na semnana passada). Líder, a CBS experimentou a chegada da sua emissora-irmã ao circuito da fall-season 2012 da pior forma possível: perdeu 0,4 ponto, registrando 2,9. Vice-lider, a NBC perdeu 0,5 ponto e ficou com 2,2. Terceira colocada, a FOX também perdeu 0,5 ponto e ficou com 2,0. Quarta colocada, a ABC perdeu 0,3 ponto e ficou com 1,7. Consequência do “efeito Zoe Hart-Orloff” (eles são você amanhã).
Hora por hora (horários da costa leste americana), os cambaleantes dados da Nielsen Media Research:

20h

CBS: NCIS (18,5 milhões de telespectadores, 11,4/18 domiciliar)
NBC: The Voice – programa de recapitulação (8,22 milhões, 5,2/8)
ABC: Dancing With the Stars – programa de resultados (8,21 milhões, 5,7/9)
FOX: Raising Hope – estreia de temporada (3,9 milhões, 2,4/4)/Ben and Kate (3,25 milhões, 2,0/3)
The CW: Hart of Dixie – estreia de temporada (1,5 milhão, 1,0/2)

Líder 18-49: NCIS (3,6)

Comentário: Nada mais natural NCIS ter perdido 1,7 milhão de telespectadores entre a estreia de sua décima temporada e o episódio desta semana. Voice também sofreu, mas o programa de recapitulação não interessava a muita gente. Só embromação. Comédias da FOX: o caso de Ben and Kate começa a inspirar cuidados. A queda de 950 mil telespectadores deve ser encarada como fato alarmante, preocupante. Raising Hope: a queda de 3 milhões de telespectadores em relação à estreia de sua segunda temporada deve ser encarada pela FOX também como fator de preocupação. Deve pesar no corte da ordem de episódios (há projetos aguardando autorização para produção na mid-season). É uma situação altamente crítica, levando-se em conta a volta dos inéditos de Hart of Dixie para sua segunda temporada. A trama médica da CW, aliás, teve 300 mil telespectadores a menos em relação à sua estreia há um ano atrás. Detalhe: por apenas 100 mil telespectadores, a lenga-lenga de The Voice derrotou a eliminação de Joey Fatone, ex-N’Sync do Justin Timberlake, após a impressionante performance de Chaplin no Dancing with the Stars. Abaixo, a entrevista deste e de sua parceira Kym Johnson, horas depois, ao programa de Jimmy Kimmel:

21h

CBS: NCIS: Los Angeles (14,9 milhões, 9,2/14)
ABC: Dancing With the Stars – programa de resultados (11,8 milhões, 7,9/12)
NBC: Go On (6 milhões, 3,7/6)/The New Normal (4,6 milhões, 3,0/5)
FOX: New Girl (5,1 milhões, 3,1/5)/The Mindy Project (3,75 milhões, 2,3/3)
The CW: The Next (655.000, 0,5/1)

Líder 18-49: NCIS: Los Angeles (3,1)

Comentário: Já foi anunciado pela Miss Universe Organization que o Miss Universo 2012 não irá mais concorrer com os carecas LL Cool J (NCIS: LA) e Michael Chiklis (Vegas). Isso já é outro problema a menos para a NBC, que agora terá de realizar o concurso sob a marcação cerrada do The X-Factor, Criminal Minds, Modern Family e CSI – esse assunto trataremos em outro texto, mais adiante. Voltando ao ambiente de audência, NCIS: LA teve queda de 1,8 milhão de telespectadores em relação à estreia de sua quarta temporada. Coisa normal. Sem o incômodo de The Voice, DWTS teve um acréscimo de 3,59 milhões de telespectadores em relação à hora anterior do programa de resultados. Já ungidas com temporadas completas, Go On e The New Normal também perderam público: 1,3 milhão e 600 mil telespectadores, respectivamente. Deve pesar numa renovação, mais para frente, na virada para a mid-season. Talvez. Queridinha na FOX, New Girl teve a menor queda de público na faixa: apenas 100 mil telespectadores a menos em relação à última semana. Já Mindy Project… é melhor pensarem duas vezes: a sitcom de Mindy Kaling, ex-The Office desabou em 950 mil telespectadores em relação à sua estreia. Caso de preocupação extrema, que deve aumentar ainda mais com a chegada de Emily Owens, M.D., com Mamie Gummer, filha da Meryl Streep, no dia 16. Cuidado.

Jordin Althaus/FOX/Divulgação

https://i2.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2012/10/The-Mindy-Project-Episode-2-Hiring-and-Firing-2.jpg
Mindy Kaling: sitcom da atriz já está na corda-bamba

22h

CBS: Vegas (12,1 milhões, 7,6/13)
ABC: Private Practice (6,1 milhões, 4,4/7)
NBC: Parenthood (4,5 milhões, 3,0/5)

Líder 18-49: Vegas (2,1)

Comentário: A realidade dos números: Vegas perdeu 2,6 milhões de telespectadores em relação a seu episódio de estreia. Private Practice perdeu 500 mil telespectadores e Parenthood, 300 mil. Temporada completa para Vegas? Talvez. Com o público se segurando como pode, Private Practice vai ter um fim decente em termos de público? Veremos. Para Parenthood, o que importa agora é administrar esse público, de modo a assegurar uma quinta e última temporada. É esperar para ver.

Divulgação/The CW

https://i1.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2012/10/Hart-Of-Dixie-Season-Premiere-I-Fall-to-Pieces.jpg
Doutora Zoe Hart, a grande heroína da noite

NOTA: Os números acima divulgados são preliminares e estão sujeitos a modificação. Incluem audiência ao vivo e DVR para exibição na mesma noite

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Canta USA, Ibopes da vida, Numb3rs, Reality-shows, Séries e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A audiência americana da terça-feira, 2 de outubro de 2012

  1. Pingback: A audiência americana da terça-feira, 9 de outubro de 2012 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s