A ação do covarde ‘Zé das Couves’ para tirar de Nova York a sede do Miss Universo(*) 2012


A Globo e a Band operando no mercado negro para o concurso concorrer com Modern Family e CSI, no dia 13 de dezembro

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Reprodução/Rede Bandeirantes/25.01.2012

https://i2.wp.com/veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/files/2012/03/marin-medalha.jpg
À direita, Trump colocando a medalha no bolso

Está 99% tudo certo para o Radio City Music Hall, de Nova York, sediar, no dia 11 de dezembro (terça-feira), a edição 2012 do concurso Miss Universo. Ou melhor, estava. Notícias de bastidores dão conta de que a cidade norte-americana estaria ameaçada de perder a sede do concurso de beleza por conta de uma contra-proposta, já feita pela Miss Universe Organization ao Ministério do Turismo da República Dominicana. Tudo para assegurar a sede do certame em Santo Domingo.
No fundo, trataria-se de mais uma jogada de marketing para manter viva a sede dominicana do Miss Universo 2012, não fosse a ingerência da Rede Globo e da Enter, empresa de eventos da Rede Bandeirantes, para “melar” as negociações da MUO com a Tishman Speyer Properties (do lado novaiorquino) e o Ministério do Turismo dominicano (do lado de Santo Domingo). Ambas as empresas brasileiras querem forçar a realização do Miss Universo para depois do futebol de bósnia do Brasileirinho da CBF, à meia-noite (horário de Brasília) do dia 12 (quarta) para o dia 13 de dezembro (quinta-feira). Mas a coisa não é por aí: o horário já faz parte do acordo entre a NBC e a MUO. Não tem um dedo do José Maria Marin nesse negócio.
No frigir dos ovos, do eggs and bacon, a trampa brasileira para deixar novaiorquinos e dominicanos sem a sede do Miss Universo(*) 2012 tem as digitais do dueto Serra-Kassab. É essa turma, conjugada com Globo (CBF) e Band (Enter) que quer forçar o certame a concorrer, no mercado americano, com Modern Family, The Neighbors, Nashville (ABC), Criminal Minds, CSI (CBS) e The X-Factor USA (FOX). Não com os carecas de NCIS: LA e Vegas, como se propõe.
Pior que O Assassinato de Jesse James pelo Covarde Robert Ford, a trampa tucana para manter o Miss Universo(*) 2012 no Brasil faz o filme mudar para A Ação do Covarde Zé das Couves para Deixar Nova York sem a Sede do Miss Universo 2012. É a mesma coisa que trocar Smash por Gabriela, por exemplo, Megan Hilty por Nathalia Rodrigues, e por aí vai.
Na melhor das hipóteses, torce-se para que prevaleça a contra-proposta da MUO aos dominicanos para não deixar o Miss Universo(*) 2012 sem teto, homeless. Divulgar, publicar press-release é uma outra novela, escrita em linhas tortas por uma imprensa venal, covarde, do Padrão Merval Global do Michael C. Hall e o Melhor do Carnaval (acepção do pai do Boninho do The Voice americano à época das exclusividades de Manchete e SBT para os carnavais carioca e paulista, respectivamente, em 1984). Expediente digno do famigerado Zé das Couves, personagem mitológico do tucanato que assombra a blogosfera independente (inclusive a que trata jornalisticamente de concursos de beleza).

Mário Alberto/Lancenet (via blog do Juca Kfouri)

https://i2.wp.com/blogdojuca.uol.com.br/files/2012/07/chrg0314.jpg
Ao lado de Marin, Boanerges Gaeta Jr.

(*)Na teoria, a Band é dona dos direitos de transmissão do concurso Miss Brasil e de seus concursos estaduais quando, na prática, estes pertencem à Globo (que desde 1990 paga para não transmití-lo). É a mesma coisa que a emissora da famíglia Marinho fez (e ainda faz) com as séries da FOX, como Glee, Bones, Burn Notice e outras (fora as animações)

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Concursos de beleza, Força da Grana, Nossas Venezuelas, Poderes ocultos, Podres poderes, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para A ação do covarde ‘Zé das Couves’ para tirar de Nova York a sede do Miss Universo(*) 2012

  1. Pingback: Com o Tony Awards já agendado para o dia 9 de junho, NBC e MUO precisam chegar a um acordo para “salvar” a data do Miss USA 2013 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s