Assunto da semana: indicados ao 64º Primetime Emmy de mehor ator em série dramática


Os novos homens do Emmy de atuação em drama

Fotos Kent Smith/Showtime/Divulgação e PBS/ITV/Divulgação

https://i0.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2011/12/Homeland-Showtime-Marine-One-Episode-12-6.jpghttps://i2.wp.com/blog.zap2it.com/frominsidethebox/hugh-bonneville-downton-abbey.jpg
Lewis e Bonneville: novidades na praça para a mulherada

Mulheres, gritem, senhoras, não leiam este texto se tiverem com pressão em cima: as chegadas de Damian Lewis, de Homeland, e de Hugh Bonneville, de Downton Abbey, injetaram sangue novíssimo na disputa do Primetime Emmy 2012 de melhor ator principal em série dramática. Em meio a tigres do porte de Michael C. Hall (Dexter) e Steve Buscemi (Boardwalk Empire), a histeria promete.

Fotos Randy Tepper/Showtime/Divulgação e HBO/Divulgação

https://i1.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2011/11/DEXTER-Nebraska-Season-6-Episode-7-8.jpghttps://i1.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2011/11/BOARDWALK-EMPIRE-Two-Boats-and-a-Lifeguard-Season-2-Episode-8-e1321249994206.jpg
Hall e Buscemi: o assassino e o gângster cumprindo tabela

Mais conhecido por sua atuação em películas como Íris, Um Lugar Chamado Notting Hill e um filme da franquia 007 (O Amanhã Nunca Morre, 1997), Bonneville, 48, acumula uma série de créditos televisivos em seu país, a Grã-Bretanha (que recebeu as Olimpíadas de Verão até à semana passada). Ganhador de um Urso de Prata de artista revelação no Festival de Cinema de Berlim, em 2001, tentará convencer o júri americano como o honorável Robert de Grantham.
Noutra ponta, outro inglês, Damian Lewis, 41, relativamente mais conhecido do público de procedural dramas – foi o detetive Charlie Crews de Life (já retransmitida por aqui pelo AXN e pela Rede Record) – tenta desviar as atenções do júri com sua atuação irretocável como o soldado Nicholas Brody. De drama de soldado, Lewis entende bem: já atuou na minissérie Band of Brothers (2001).

Fotos AMC/Lionsgate/Divulgação e Gregory Peters/AMC/Divulgação

https://i1.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2012/05/Mad-Men-The-Other-Woman-Season-5-Episode-11.jpghttps://i0.wp.com/www.tvequals.com/wp-content/uploads/2011/10/BREAKING-BAD-Season-Finale-Face-Off-2.jpg
Hamm e Cranston: pedras no caminho. Que não são poucas

Mas tamanha novidade pode esbarrar em outros dois veteranos: Jon Hamm, o Draper de Mad Men, vem de seis indicações anteriores – descontadas as duas atuais (da trama publicitária e da participação em 30 Rock). Se o assunto é Bryan Cranston (Breaking Bad), cuidado: o tetracampeonato para o professor Walt parece inevitável. Domingo que vem, a vez das indicadas a melhor atriz em série dramática. Até lá.

Publicação simultânea com o caderno Notícia da TV do Jornal Meio Norte que circula no domingo (19/8)

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Coluna da Semana, Premiações, Séries e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s