TCA Summer Press Tour 2012: A última chance de Trump definir a sede do Miss Universo(*) 2012


Dependência (dos donos da Comcast) ou morte

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Divulgação/FOX/Universal Television

mindy-kaling-project-fox.jpg
Na foto, Mindy Kaling como fiscal da propaganda eleitoral no CE

Notoriamente conhecida por abrigar o blá-blá-blá de artistas e diretores sobre as séries da fall-season, a TCA Summer Press Tour deste ano tem um gosto amarcíssimo em particular para a Miss Universe Organization e para a NBCUniversal. Com a bomba nas mãos (tem até à meia-noite desta sexta-feira, 27, para anunciar a cidade-sede), a MUO teve 10 meses para debater e decidir onde Leila Lopes fará sua sucessora. Quando? Isso não importa mais. O que importa agora é onde – entre o Palácio de los Deportes de Santo Domingo e o Radio City Music Hall de Nova York. Em um destes lugares está a sede do concurso Miss Universo(*) 2012.
O blefe cretino das diretoras Brenda Mendoza e Paula Shugart para “abafar” da imprensa as negociações com a empresa dona do Hall e a autoridade de turismo da República Dominicana (valendo-se, claro, de sites missológicos de confiança canina como GlobalBeauties e outros) só evidencia o interesse imediato da NBC em acabar com a novela da cidade-sede do Miss Universo(*). Ou faz esse concurso ou corta-o do planejamento dos especiais de fim-de-ano, pondo a perder o plano de vingança de Bob Greenblatt, número 1 do Entretenimento, contra o Victoria’s Secret Fashion Show, de sua antiga empregadora, a CBS, dona do canal premium Showtime (casa de Dexter e Homeland).
A esta altura do campeonato, diretores da NBC e da MUO devem estar se mordendo de ódio por não terem acabado a Máscaras da Avenida Brasil das Cheias de Charme do Eterno Amor dos Rebeldes da Malhação do Carrossel da esculhambação em que se transformaram as negociações com emissoras de nove países para servirem de anfitriãs do evento. Esse bate-cabeça escarninho é pior do que esses concertos de heavy-metal padrão Poison, Twisted Sister, Warrant, Metallica, Sepultura, dentre outros. Perdem com isso coordenadores estaduais, nacionais e até mesmo emissoras como a brasileira Band, a venezuelana Venevisión e a colombiana Caracol. Nos dois últimos casos, o equivalente a milhões de dólares em acordos televisivos multianuiais. No nosso, melhor ver a novela e votar no Cerra para afundar o Brasil de vez…
Para se ter uma ideia, a peregrinação pela cidade-sede do Miss Universo(*) 2012 foi de Pristina, capital do Kosovo, a Santo Domingo, capital da República Dominicana, passando por lugares como Quisqueya, São Paulo, Guadalajara, etc. Obviamente, a NBC não seria covarde de colocar o concurso antes das eleições presidenciais americanas. Tomaria do FEC (o TSE americano) uma saraivada de multas (ao contrário do que já vai acontecer com o Miss Brasil(*), sob marcação cerrada do Ministério Público Eleitoral do Ceará). Muito menos seria louca de colocar o certame antes das Olimpíadas de Verão de Londres, que já começam depois de amanhã (25). Essa foi a razão pela qual a candidatura kosovar morreu. Marcaram o Miss Universo(*) 2012 sem terem em consideração que o Miss USA 2012 seria também em junho (pelo planejamento, o MU 2012 seria no dia 24 de junho, ideia prontamente abortada pela NBC após as descobertas do Críticas). Idem ocorreu com a candidatura de Guadalajara, que propôs o certame para o dia 23 de julho (hoje). Outra ideia jogada no lixo. Com os jogos e o calendário eleitoral, não restou outra solução senão escorar o certame para dezembro. Assim será feito.
O que é mais prioritário agora é desenrolar de uma vez por todas essa telenovela dantesca do esconde-esconde da sede do Miss Universo(*) 2012. Os dias de mídia da NBCUniversal na TCA Summer Press Tour 2012 serão amanhã (terça-feira, 24) e quarta-feira (25). Resta saber se, finalmente, a preguiça gigante de Donald Trump vai sair da hibernação em que se encontra.

(*)Na teoria, a Band é dona dos direitos de transmissão do concurso Miss Brasil e de seus concursos estaduais quando, na prática, estes pertencem à Globo (que desde 1990 paga para não transmití-lo). É a mesma coisa que a emissora da famíglia Marinho fez (e ainda faz) com as séries da FOX, como Glee, Bones, Burn Notice e outras (fora as animações)

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Eventos, Força da Grana, Jóia da coroa, Projetos especiais, Séries, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para TCA Summer Press Tour 2012: A última chance de Trump definir a sede do Miss Universo(*) 2012

  1. Pingback: Sede do Miss Universo(*) 2012: informação que circula em fórum bahamenho de misses não condiz com a realidade | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s