Globo libera final da Copa do Brasil, Bones, Miss Brasil(*) e Miss Universo(*) para a Band. Faltam as finais da NBA, o Superbowl, o Grammy…


Fuja para a ESPN. Para as misses estaduais brasileiras, não há escapatória

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Wagner Carmo/VIPCOMM

Palmeiras fará o primeiro jogo da final em casa (Wagner Carmo/VIPCOMM
Na foto, Seeley Booth como arqueiro do Parque Antártica

Na colona(**) do Flávio Ric(c)o no UOL(***):

Globo libera transmissão da primeira partida da final da Copa do Brasil para a Bandeirantes

A direção da TV Globo voltou atrás na sua decisão e liberou para a Rede Bandeirantes a transmissão exclusiva no sistema aberto da primeira partida entre Palmeiras e Coritiba pela Copa do Brasil, que acontece nesta quinta-feira (5), às 21h50.
O martelo foi batido hoje, cerca de meio-dia. A Bandeirantes irá com equipe completa para o jogo em Barueri, com Luciano do Valle e Neto.
A Globo transmitirá sua programação normal até às 23h45, horário que estreia o novo programa de Pedro Bial, Na Moral.
Já a segunda partida, dia 11 de julho, no estádio Couto Pereira, em Curitiba, terá a transmissão das duas emissoras, Globo e Band”.

Viu? A Globo libera exibição de futebol pela Band da mesma forma que o faz, desde 2003, com os concursos de misses e, desde 2010, com as séries americanas da FOX (tipo Bones, Burn Notice, Prison Break, 24 Horas…).
(Para o leitor entender melhor esse caso, recomenda-se ao leitor acessar artigo do Luís Nassif que constatou fenôneno semelhante entre a Globo e a CNT, que apeou o colunista econômico da programação da TV Gazeta de São Paulo, após ter seu programa cancelado pela Radiobrás, por ordem de seu presidente, Marcelo Netto, e na TVE Rio, controlada pelo Ministério da Educação e Cultura. Em troca da demissão de Nassif, a CNT, então Rede OM, obteve da Globo um über-pacotaço de filmes para irem ao ar à meia-noite).
Para se ter uma ideia, o concurso Miss Ceará(*) é repassado pela TV Verdes Mares (afiliada da Globo em Fortaleza) para sua emissora-satélite, a TV Diário, a preço de banana.
(Tal qual o recente Campeonato Cearense de Futebol, posto na grade da Diário por imposição da Globo, que obrigou a VM a exibir o Campeonato Carioca, como na grossa parte do restante das afiliadas globais).
Para bom entendedor, a Globo, em 1990, tomou do SBT os concursos de Miss Brasil(*) e Miss Universo(*) após não ter conseguido contratar a Flávia Cavalcante, Miss Brasil 1989, para atuar direto na novela substituta de Rainha da Sucata às 20h, Meu Bem Meu Mal.
(Como troco, deram o papel para a Luma de Oliveira.
E foram à Miss Universe Inc., em Nova York, para arrancar do SBT os direitos do Miss Universo[*] para o Brasil, com a claque do Rupert Civita, do Frias, do Ferreira Netto, do Collor e do Ruy Mesquita do Estadão).
Escondeu os concursos de misses da grande mídia durante toda a década de 1990 – salvo uma ou outra nota na seção “Gente” da revista Veja.
Só soltou os cachorros em 2001, quando já estava estourada a bolha do silicone de Juliana Borges nas mãos dos pauteiros do Chantástico(*****) e da Veja.
Liberou a gaeta(******) para negociar o Miss Brasil(*) 2002 com a Rede TV!
O Miss Universo(*) 2002, não.
Esse, a Globo preferiu também esconder.
Para não prejudicar a pauta da selecinha do penta no jornal nacional, feita pela Fátima Oprah Martha Winfrey Stewart Bernardes.
Depois que a Joseane Oliveira foi para a pauta do Faustinho, do jn e da Ana Mariska Hargitay Braga após ser eliminada do BBB 3 e teve sua máscara tirada pelo gângster Evandro Hazzy e pelo capo di tutti il capi da missologia nacional, Boanerges Gaeta Jr., a Globo foi à forra.
Tirou o Miss Brasil(*) da Rede TV! e o repassou à Band a preço sub-faturado.
(Especula-se que a Globo, sozinha, tenha embolsado por ano cerca de US$ 583 mil para “travar” o Miss Brasil[*] e o Miss Universo[*] na mídia entre 1991 e 2002.
Com o sublicenciamento à Band, o Miss Universo(*) passou a valer para emissoras brasileiras cerca de US$ 200 mil.
Menos que o preço da franquia.
Menos que o que a gaeta[******] pagava à Globo para “representar” a Miss Universe Organization no Brasil).
Tradução: só a Globo pode faturar com o Miss Brasil(*) e o Miss Universo(*).
A Band não ganha nada com esse tipo de evento.
Só toma pau.
Só toma prejuízo.
Tanto que, como relata o Luís Nassif, esteve a um passo de ser vendida à Folha(****) e ao Grupo Abril (em meados dos anos 1990).
Que tem como sócios os sul-africanos da Naspers.
Que mantiveram o Mandela na cadeia por 27 anos.

(*)Na teoria, a Band é dona dos direitos de transmissão do concurso Miss Brasil e de seus concursos estaduais quando, na prática, estes pertencem à Globo (que desde 1990 paga para não transmití-lo). É a mesma coisa que a emissora da famíglia Marinho fez (e ainda faz) com as séries da FOX, como Glee, Bones, Burn Notice e outras (fora as animações)
(**)Convém lembrar que colona não tem nada a ver com cólon da Gyselle Soares. Tratam-se de colonistas que, na visão de Paulo Henrique Amorim, “…tratam o Brasil da perspectiva do que imaginam que a Metrópole imaginaria o Brasil. No caso específico de Gaspari, ele trata o Brasil da perspectiva do que imagina que os professores de Harvard pensariam do Brasil e dele…”. Para o Críticas, tratam-se de colonistas sociais que tratam o Brasil como um combinado de Venezuela em termos missológicos com um Sudão em termos econômicos, sociais, de infra-estrutura (vide a campanha que a Globo e a Band fazem contra a Copa de 2014 e as Olimpíadas de Verão de 2016 por causa dos aeroportos) e de educação. Mais: tratam-se de colonistas sociais, calunistas de sites de celebridades, de jornais facistóides e de revistas de entretenimento que jamais reconhecerão Haley Reinhart, James Durbin, Scotty McCreery e Lauren Alaina, finalistas do American Idol em 2011, como promessas da indústria fonográfica. Preferem a Paula Fernandes, o Neymar, o Elano, o Luan Santana, a Nayla Micherif, a Mariana Rios, namorada do Di do NXZero e a Giovanna Lancelotti, namorada do Pê Lanza do Restart, ambas empregadas da Rede Globo, à Pia Toscano, ao Paul MacDonald, ao Ruben Studdard, à Lindsey Vonn, ao Johnny Weir, ao Clay Aiken, ao Francis Lopes, ao saudoso Raimundo Soldado, ao Israel Lucero, ao LeeDewyze, ao Goffredo da Silva Telles Jr., autor da Carta aos Brasileiros de 1977, à Sarah Michelle Gellar….
(***)UOL é o braço de Internet do Grupo Folha(****) em associação com a Abril-Naspers, que, quando governou a África do Sul, apoiou o regime de apartheid que manteve Nelson Mandela na cadeia por 27 anos. E, durante os 15 anos de governos tucanos em São Paulo, ofereceu assinaturas de suas revistas sem licitação (inclusive livros pornográficos e revistas de mulher pelada) às escolas públicas do Estado.
(****)Folha é o jornal que não se deve deixar a sua tataravó ler porque publica palavrões e mostra sem censura os seios, os pêlos pubianos, a vagina e a bunda da miss Pernambuco 2008, Michelle Fernandes da Costa, em revista masculina publicada a poucos dias de passar a faixa à sua sucessora, em março de 2009. Além disso, Folha é aquele jornal que entrevista Cássio Cunha Lima DEPOIS de cassado e pergunta o que ele achou do processo no TSE, da ditabranda, do câncer de Fidel, da ficha falsa da Dilma, das mulheres-fruta, das ancas da cantora Jôsy, do ódio a piauienses encampado pelo Rafinha do Emocore, da Carla Perez lecionando “i” de iscola, da Rayanne Morais “eleita” Miss Brasil 2009 pelo site EGO, ligado à Globo (sócia da mesma Folha no jornal de negócios Valor Econômico), que vestiu FHC com o manto de “bom caráter”, porque levou dezoito anos para reconhecer um filho seu fora do casamento (com uma jornalista empregada da Globo), que mandou a Diane Sawyer da Globo News avacalhar o cantor itainopolense Frank Aguiar por causa de um filme e de uma entrevista sórdida com uma aspirante a aspirante a aspirante de celebridade paulista a uma aprendiz de Oprah do Primetime da Rede TV!, que publicou texto sórdido de um professor de comunicação da USP sobre o Miss Universo 2007, que ainda fala mal do Saulo Roston (vencedor do Ídolos 2009), que matou o senador paulista Romeu Tuma e depois o ressucitou, mandou a Mariska Hargitay falar mal do Piauí e a Tamara Tunie, o Ice-T e o Christopher Meloni bancarem o Sérgio Ricardo quebrando o violão no Festival da Record de 1967 em Law & Order: Special Victims Unit , deixou o elenco de Law & Order: Criminal Intent e o Robin Williams avacalharem o Brasil em seriado da USA Network e programa de entrevista da CBS, é o que é porque o dono é o que é e que, quando a mineira Elaine Parreira Guimarães ficou em quinto lugar no Miss Universo 1971, emprestava os carros de reportagem aos torturadores.
(*****)Combinação da chantagem jornalística do padrão global para dar Ibope e vender jornal e revista com a estética ultrapassada e retrógada do Fantástico, capenga na audiência
(******)gaeta é o modo como a Gaeta Promoções e Eventos deve ser sempre escrita: em minúsculas, para provar o quanto o Brasil é uma sub-Venezuela, um sub-Porto Rico, uma sub-Colômbia (tipo um Whooper Jr.) ou uma Guatemala tamanho-família (tipo esses sanduíches Whooper do Burger King, Sub do Subway, Big Bob, Big Mac e afins) em termos de concursos de misses

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Esportes, Globelezação, Jóia da coroa e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s