A paulada da Lifetime para cima da comissão dos Primetime Emmys, que decidiu unificar categorias de atuação em minissérie e telefilme


Em inglês

Divulgação/Lifetime

Rob Lowe becomes Drew Peterson in new Lifetime movie
Pode ficar tranquilo, Rob, que eu vou contar tudo para a mãezinha do John Shaffer, esse idiota que preside a ATAS. Ass.: Rob Lowe (aka Drew Peterson do Datena)

Comunicado à imprensa:

LIFETIME STATEMENT REGARDING ATAS’ CONSOLIDATION OF MOVIE-MINISERIES PERFORMERS CATEGORIES

“We are disappointed the Academy has followed suit with its decision last year to merge the movie and miniseries categories by now combining the lead and supporting actress and actor categories. Movies and miniseries represent some of television’s finest programming and it is our firm belief the industry should honor each category separately. The Academy recognizes lead and supporting actresses and actors in other genres — as it should. However, the continued consolidation of the movies and miniseries categories will unnecessarily deny award-worthy films and performances from receiving their proper recognition.”

Rob Sharenow, Executive Vice President, Programming
Lifetime Networks
May 31, 2012
“.

Em português:

DECLARAÇÃO DA LIFETIME NO QUE DIZ RESPEITO À CONSOLIADÇÃO PELA ATAS DAS CATEGORIAS DE ATUAÇÃO EM MINISSÉRIE-TELEFILME

“Estamos desapontados com a Academia que seguiu o exemplo com a sua decisão no ano passado para mesclar as categorias de filme e minissérie até agora combinar as categorias principais e secundárias de atriz e ator. Filmes e minisséries representam alguns dos melhores programas de televisão e é nossa firme convicção da indústria dever honrar cada categoria separadamente. A Academia reconhece atrizes principais e de apoio e agentes de outros gêneros – como deveria. No entanto, a consolidação continuada dos filmes e minisséries categorias desnecessariamente nega o prêmio digno de filmes e performances de receber o seu devido reconhecimento”.

Rob Sharenow, vice-presidente executivo de programação
Lifetime Networks
31 de maio de 2012″

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Comunicados e press-releases, minisséries, Premiações e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s