Teaser da adesão da TV Jangadeiro à Band: a partir desta segunda-feira, acaba a parceria entre a Book Eventos e a Globo de Fortaleza (TV Diário)


A partir de agora, o concurso Miss Ceará(*) vai mudar de mãos

Da redação TV em Análise

Reprodução/Sistema Jangadeiro/Twitter

pic.twitter.com/fxQvcrAD

A partir desta segunda-feira (1º), começa a afiliação da TV Jangadeiro à Band.
E com isso, acaba a afiliação do concurso Miss Ceará(*) à TV Diário, emissora-satélite da TV Verdes Mares, afiliada da Globo em Fortaleza.
Desde 2005, o concurso Miss Ceará(*) vem enfrentando problemas com a Band.
Desde 2005, Jorlene Cordeiro coordena a pocilga que é o Miss Ceará(*).
Jorlene pensava que a Jangadeiro ainda era afiliada da Band (quando entrou no ar, em 1990) quando acertou a co-promoção do concurso com a emissora, então afiliada do SBT, há muito alérgico a concursos de misses.
O vídeo abaixo, de 2011, aparentemente saído da mente de um comediante do Chelsea Lately ou da Praça, comprova:

Piada à parte, o que interessava ao SBT não era voltar com o Miss Brasil(*), hoje cedido pela Globo à Band a preço de banana.
Tal qual o futebol de bósnia do Brasileirinho.
O carnaval da Bahia.
Bones.
Burn Notice.

Divulgação/FOX

bones-s7-premiere-ratings.jpg
Na foto, um casal de empregados da Jangadeiro, cedidos pelo SVM

O David Boreanaz.
A Emily Deschanel.
Os cantores gospel.
A ideologia do Silas Malafaia, contrário à música do Elton John.
E sim emplacar dançarina do Domingo (I)Legal pelada em capa de revista masculina.
Exemplos:

Fotos Reprodução/Playboy



A Alessandra Scatena.

Fotos Reprodução/Playboy


A Dani Sobreira.

Fotos Reprodução/Playboy

ellen22ellen66
A Helen Ganzarolli.
Apenas para citar algumas.
Sem falar na própria Solange Frazão, produto dessa fase colocado nessa mesma revista e reaproveitado depois num apêndice fracassado de Gran Hermano Vip.
Com a Jangadeiro na Band, acaba um problema e começa outro.
O de acomodar Jorlene Cordeiro dentro da ideologia neoliberal de Tasso Jerissati.
(Nesse ponto, a concorrente de Grazi Massafera no Miss Brasil[*] 2004 aprendeu direito com os gângsteres da gaeta[**].
Doutrinar as misses para discursar contra a Renda Básica de Cidadania.
O Food Stamp.
O Bolsa-Família.
Os Kardashians.
As Finais da NBA.
O hóquei da NHL em TV paga.
O Olimpop.
O American Idol.
O neo-noir.
A Taty Pink.
A franquia NCIS.
A careca do LL Cool J.
O Sugarland.
Casa Grande e Senzala.
O Ateneu.
O Amadeu Campos.
A Paula Abdul.
A Carrie Underwood.
O febeapá.
As Diretas-Já.
O óleo de peroba.
A água mineral.
A discografia da Katharine McPhee.
A filmografia do Steven Spielberg.
O reino mineral.
A NASCAR.
O FOX Sports.
O Hee-Jun Han.
A Bíblia do Tim Tebow.
A Petrobrás.
A TV Brasil.
One Tree Hill
As novelas do Lauro Cezar Muniz).
Na prática, a chefona da Book Eventos já faz parte da quadrilha de Jerissati há bastante tempo.
Que influiu nas privatizações da telefonia em 1998, no (des)governo FHC.
Que exerce a oligarquia no Ceará há 25 anos, seja qual sobrenome for.
Que ajudou o PSDB a destruir o ensino superior no Brasil.
Que incentivou a tentativa de privatização da Petrobrás.
Na Jangadeiro/Band, o concurso Miss Ceará(*) já chegou bichado.
Estará sob suspeita a partir de 2013.
Estaremos de olho.

(*)Na teoria, a Band é dona dos direitos de transmissão do concurso Miss Brasil e de seus concursos estaduais quando, na prática, estes pertencem à Globo (que desde 1990 paga para não transmití-lo). É a mesma coisa que a emissora da famíglia Marinho fez (e ainda faz) com as séries da FOX, como Glee, Bones, Burn Notice e outras (fora as animações)
(**)gaeta é o modo como a Gaeta Promoções e Eventos deve ser sempre escrita: em minúsculas, para provar o quanto o Brasil é uma sub-Venezuela, um sub-Porto Rico, uma sub-Colômbia (tipo um Whooper Jr.) ou uma Guatemala tamanho-família (tipo esses sanduíches Whooper do Burger King, Sub do Subway, Big Bob, Big Mac e afins) em termos de concursos de misses

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Mídia regional, Nossas Venezuelas e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s