Chávez e o palmeirense Barcos a Merval Pereira e ao João Sorrisão: “vocês são uns porcos. Vão trabalhar no American Idol como camareiros da Jennifer Lopez”


O Undercover Boss do imortal imoral da ABL

Reproduções/O Globo (via Viomundo)

https://i0.wp.com/www.viomundo.com.br/wp-content/uploads/2012/02/chavez1.jpeghttps://i1.wp.com/www.viomundo.com.br/wp-content/uploads/2012/02/chavezinterna.jpeg

No Blog do Paulinho:

Barcos coloca jornalismo “João Sorrisão” em seu devido lugar

A reação espontânea do jogador Barcos, perante uma atuação circense de um jornalista da Rede Globo, deve servir de exemplo para muitos colegas de profissão.
Há de se escolher – e a Globo já o fez – entre praticar jornalismo ou entretenimento.
E, no lugar de entrevista coletiva, em que os atletas evidentemente não estão respondendo questões por livre e espontânea vontade, o profissional de imprensa deve se portar com o tal.
Lugar para ser “engraçadinho” é o que não falta, e programas voltados para isso, também.
Muitos atletas, por vezes, caem nessas pegadinhas sem graça, e fingem gostar, temerosos de serem vítimas de perseguições posteriormente.
Com tantos assuntos a serem tratados e questões a serem esclarecidas, e o jornalista “João Sorrisão”se dá ao direito de “brincar” com quem nem ao menos foi apresentado, demonstrando o nível pobre da cobertura esportiva nacional.
Sem conteúdo, e pouco se importando em esclarecer a verdade, preocupada apenas em criar factóides que possam, eventualmente, transformar o mundo esportivo e, por vezes, o submundo, no “global” Pais das Maravilhas”.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Ética jornalística, Elliot Stabler da direita, Imprensa, Jornalismo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s