Assunto da semana: a frieza conservadora da premiação do Sindicato dos Atores dos Estados Unidos


Vencedores do SAG Awards 2012 na área de TV são mais do mesmo

Kevin Winter/Getty Images

https://i0.wp.com/veja.abril.com.br/blog/temporadas/files/2012/01/JessicaLange.jpg
A dancinha de Jessica Lange: para toda regra, há uma exceção

Exceção feita a Jessica Lange, de American Horror Story (FX, FOX), o grosso das categorias da 18ª edição dos Screen Actors Guild Awards (SAG Awards), realizada no último domingo no Shrine Auditorium, em Los Angeles, não trouxe novidade entre as séries de TV. Repetiu os mesmos vencedores do ano passado, numa premiação votada entre os próprios atores, filiados ao Sindicato dos Atores americano.

Kevin Winter/Getty Images

https://i1.wp.com/veja.abril.com.br/blog/temporadas/files/2012/01/Steve-Buscemi.jpg
Os dentes-de-leite do contrabandista de Boardwalk Empire

Alec Baldwin (ator de comédia, 30 Rock), Betty White (atriz de comédia, Hot in Cleveland, cá exibida pelo canal pago TBS), o dentuço Steve Buscemi (ator de drama pelo segundo ano seguido) e os conjuntos de elencos de Boardwalk Empire (drama) e de Modern Family (comédia) são a mostra da obliquidade do eleitorado do SAG em repetir não apenas o Primetime Emmys de setembro. Mas, principalmente, a votação de seus filiados.

Kevin Winter/Getty Images

https://i0.wp.com/veja.abril.com.br/blog/temporadas/files/2012/01/AlecBaldwin.jpg
Baldwin, o comediante mais amado de seus colegas de sindicato: fugindo dos concorentes

Pelo quinto ano seguido, Baldwin parece ser a namoradinha dos votantes do SAG na atuação em séries cômicas. Isso apesar de os Primetime Emmys e os Golden Globes terem ecoado outros nomes como Jim Parsons (The Big Bang Theory) e Matt LeBlanc (Episodes). Elencada como coadjuvante nos Golden Globes, Lange surpreendeu quem esperava um repeteco de Julianna Margulies (The Good Wife).

Fotos Kevin Winter/Getty Images

https://i0.wp.com/veja.abril.com.br/blog/temporadas/files/2012/01/Modern-Family1.jpghttps://i1.wp.com/veja.abril.com.br/blog/temporadas/files/2012/01/Boardwalk-Empire.jpg
Conjuntos de elenco de Modern Family e Empire: barbadas

Sem a barbada da doutora Carol Hathaway (ou Alicia Florrick), os SAG Awards de 2012 evitaram a produção de um quadro 100% congelado de vencedores entre as séries. Nas minisséries e telefilmes, Kate Winslet, de Mildred Pierce, que não compareceu (apesar da chuva de prêmios que já recebera), e Paul Giamatti, de Too Big to Fail, fizeram as honrarias da HBO. Quatro premiações na noite. Até domingo.

Publicação simultânea com o caderno Notícia da TV do Jornal Meio Norte que circula no domingo (5/2)

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Coluna da Semana, minisséries, Premiações, Séries e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s