Finalmente saem os dados da audiência do Miss Universo 2010 na Band: emissora ficou no traço com VT


Emissora errou ao manter o CQC no dia do concurso e ao se submeter à privação do horário eleitoral

Da redação TV em Análise

AP
Jimena Navarrete ao receber a coroa de Miss Universo 2010 (Foto: Divulgação/Reuters/Yahoo! News)

Renata Fan tinha o spoiler nas mãos

A madrugada de segunda-feira, 23, para terça-feira, 24 de agosto de 2010, definitivamente é para ser esquecida pelos executivos da Band. Apesar de ter registrado 3 pontos de média com uma minissérie (Tô Frito, também exibida pela MTV), a excelente performance no Ibope não se aplicou ao concurso Miss Universo 2010, que a Band insistiu em levar ao ar gravado na madrugada da terça-feira. À 1h43, a coroação de Ximena Navarrete deu à emissora a pior média do certame desde 2003: 0,4 pontos na medição do Ibope realizada na Grande São Paulo.
Em comparação com os anos em que o concurso foi transmitido ao vivo, a audiência do Miss Universo na Band foi caindo assim como no Miss Brasil. Reparem:

-2004: 5 (pico de 7);
-2005: 5 (pico de 7);
-2006: 4,5 (pico de 6,1)
-2007: 6,5 (pico de 9)
-2008: 3,6 (pico de 4)
-2009: 2 (pico de 3)
-2010: 0,4

Pressionada pela exibição do horário eleitoral de 2010, a Band tinha duas saídas: ou exibia o Miss Universo ao vivo naquela segunda-feira ou capitulava às pressões dos anunciantes do CQC, que ganharam a queda de braço. Ou seja: a Band perdeu a briga contra os argentinos da Cuatrocabezas que queriam manter o horário do CQC intocado. A Band, não: queria porque queria levar ao ar o concurso ao vivo de qualquer maneira. Tanto é que já tinha desenhada uma grade especial para acomodar o humorístico em uma hora diferente da usual. E, ainda assim, com duração bem reduzida.

Cenário atual

Sendo este um ano não-eleitoral e com o Miss Universo realizado em São Paulo, a Band tem a obrigação de passar o Miss Universo 2011 para o próprio Brasil ao vivo e sem mutretas. Como as que ocorreram em 2010, quando a emissora sacou o concurso para a madrugada, quando TODOS já sabiam quem era a vencedora da disputa.

Audiência foi a pior desde 2003

Em comparação com a audiência do Miss Universo 2003, outra edição do concurso que a Band exibiu gravada, a queda foi ainda mais grave. Reparem:

-2003: 8 pontos (pico de 11,3);
-2010: 0,4

Cada ponto corresponde a 58 mil telespectadores na Grande São Paulo.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s