Are you ready for some football? A Globo não. Prefere o Neymar e o Diogo Nogueira


Moicanos no Miss Brasil(*) da Band em vez de assinar o acordo coletivo da NFL

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Divulgação/NBC

https://i0.wp.com/www.zap2it.com/media/photo/2011-07/63052140.jpg
Al Michaels e Chris Collinsworth: empregos assegurados após o lockout

Terminou ontem oficialmente o lockout da NFL, possibilitando assim a realização da temporada 2011-2012 do futebol americano profissional.
Não é o soccer e sim aquele praticado com a bola oval.
Com isso, salvaram-se a NBC e a FOX de terem um prejuízo viloento com agendamentos emergenciais de programas que normalmente estariam na mid-season.
(A série The Firm, do mesmo autor do livro/filme A Firma, para começar).
Livrou-se, na chincha, de chamar a Juliette Lewis para apresentar o Miss Universo(*) 2011, da Band, em sua transmissão oficial para o resto do mundo.
Manda o bom senso esperar.
Agora, Trump deve apelar para o Sunabão(***) do Miss USA: Giuliana Rancic e…
E…
E…
Vai penasndo.
Billy Bush? Talvez.
(Ano pasado, ele tinha que fazer a cobertura dos Emmys para a NBC. Este ano, a festa é da FOX.
Agora, tem que cumprir a pauta do Access Hollywood na tarde de 18 de setembro, em Los Angeles. Não dá: jet-leg na certa).
Ryan Seacrest? Não.
(O sujeito é mais ocupado que os policiais paulistas do Polícia 24 Horas.
[O reality em questão é a versão a base de cassetete da Band para o projeto Nordestinos: O Brasil em Busca de Soluções, encampado pela Rede Globo e pela Febraban em 1983 para socorrer as vítimas da seca no Nordeste.
Regada a base de cassetetes, sprays de pimenta e socos ingleses para cima de trabalhadores, estudantes, pais de família e piauienses, sobretudo].
Noves fora o fato de já ter que apresentar E! News, programa de rádio, produzir realities das Kardashians, da coreógrafa da Lady GaGa, do Brad Garrett e um novo projeto para a Bravo).
Nick Cannon? Você está louco?
(O cara tem que apresentar a final do America’s Got Talent oras!!!).
Gary Busey? É, pode ser.
Ao lado da polaco-americana Hope Dworaczyk, colega de Celebrity Apprentice.
Lil Jon? Quem é o cantor?
(Bota ele no júri. Só isso).
Andy Cohen? Quem é esse sujeito?
(Só o público americano das Real Housewives sabe.
O do Miss USA também).
Com a volta dos futebolistas da bola oval ao trabalho, confirma-se a expectativa de concorrência do Miss Universo com a rodada dupla de abertura do Monday Night Football na ESPN (Doplhins x Patriots e Raiders x Broncos).
E a salvação da lavoura para a audiência e para os anunciantes.
E dos empregos do Al Michaels e do Chris Collinsworth na NBC.
O Sunday Night Football é o ganha-pão deles.
Por aqui, o careca do Elia Júnior do Bandsports deu uma mísera nota coberta sobre a coletiva dos senhores DeMaurice Smith e Roger Goddell, respectivamente presidente da NFLPA (Associação de Jogadores) e comissário da NFL.
A Band, como se sabe, preferiu o corte horroroso-escabroso do cantor Diogo Nogueira no Miss Brasil(*) 2011 à morte da Amy Winehouse, ao atirador da Noruega e a pausa nas negociações para acabar o inferno do lockout do futebol americano.
Luís Erlanger, Fernando Mitre, Ticiana Villas Boas e Nayla Micherif não tem noção mesmo.
Foram feitos um para o outro em termos de omissão e ignorância.
São piores que o Joselito da Banana Mecânica.
Um bando de sem noção.

AgNews

https://i1.wp.com/i1.r7.com/data/files/2C95/948F/315C/36B9/0131/61AA/C406/5111/Diogo%20Nogueira%20Miss%20Brasil%20TL.jpg
Cena de Hermes e Renato no Miss Brasil(*) da Globo, cedido pela gaeta(**) à Band

(*)Na teoria, a Band é dona dos direitos de transmissão do concurso Miss Brasil e de seus concursos estaduais quando, na prática, estes pertencem à Globo (que desde 1990 paga para não transmití-lo). É a mesma coisa que a emissora da famíglia Marinho fez (e ainda faz) com as séries da FOX, como Glee, Bones, Burn Notice e outras (fora as animações)
(**)gaeta é o modo como a Gaeta Promoções e Eventos deve ser sempre escrita: em minúsculas, para provar o quanto o Brasil é uma sub-Venezuela, um sub-Porto Rico, uma sub-Colômbia (tipo um Whooper Jr.) ou uma Guatemala tamanho-família (tipo esses sanduíches Whooper do Burger King, Sub do Subway, Big Bob, Big Mac e afins) em termos de concursos de misses
(***)Na ditabranda (segundo a Folha[****]), era comum os restaurantes de alto padrão oferecerem pratos básicos às camadas mais carentes. Coisa que as Kardashians, a LBV e qualquer artista de Hollywood com semancol faz hoje em dia. E que, no Brasil, alguns aspirantes a empregados da Globo fazem muito bem. Para aparecerem como santos na mídia monopolista. Vide Maria Melillo, Marcelo Dourado, et caterva
(****)Folha é o jornal que não se deve deixar a sua tataravó ler porque publica palavrões e mostra sem censura os seios, os pêlos pubianos, a vagina e a bunda da miss Pernambuco 2008, Michelle Fernandes da Costa, em revista masculina publicada a poucos dias de passar a faixa à sua sucessora, em março de 2009. Além disso, Folha é aquele jornal que entrevista o então governador da Paraíba Cássio Cunha Lima DEPOIS de cassado e pergunta o que ele achou do processo no TSE, da ditabranda, do câncer de Fidel, da ficha falsa da Dilma, das mulheres-fruta, das ancas da cantora Jôsy, do ódio a piauienses encampado pelo Rafinha do Emocore, da Carla Perez lecionando “i” de iscola, da Rayanne Morais “eleita” Miss Brasil 2009 pelo site EGO, ligado à Globo (sócia da mesma Folha no jornal de negócios Valor Econômico), que vestiu FHC com o manto de “bom caráter”, porque levou dezoito anos para reconhecer um filho seu fora do casamento (com uma jornalista empregada da Globo), que mandou a Diane Sawyer da Globo News avacalhar o cantor itainopolense Frank Aguiar por causa de um filme e de uma entrevista sórdida com uma aspirante a aspirante a aspirante de celebridade paulista a uma aprendiz de Oprah do Primetime da Rede TV!, que publicou texto sórdido de um professor de comunicação da USP sobre o Miss Universo 2007, que ainda fala mal do Saulo Roston (vencedor do Ídolos 2009), que matou o senador paulista Romeu Tuma e depois o ressucitou, mandou a Mariska Hargitay falar mal do Piauí e a Tamara Tunie, o Ice-T e o Christopher Meloni bancarem o Sérgio Ricardo quebrando o violão no Festival da Record de 1967 em Law & Order: Special Victims Unit , deixou o elenco de Law & Order: Criminal Intent e o Robin Williams avacalharem o Brasil em seriado da USA Network e programa de entrevista da CBS, é o que é porque o dono é o que é e que, quando a mineira Elaine Parreira Guimarães ficou em quinto lugar no Miss Universo 1971, emprestava os carros de reportagem aos torturadores.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Esportes, Eventos, Força da Grana, Jóia da coroa, Outras Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s