O que interessa à Globo não é o concurso de Miss Brasil(*) e sim mostrar a vagina da Fernanda Agnes em revista masculina


Masturbando-se ao som de um solo de bateria do Joey do Slipknot pela Miss Mundo Brasil de 1997

Reprodução/Revista Sexy

https://i2.wp.com/i.imgur.com/uDrXM.jpg
Não interessam ao monopólio de Hannah Montana Annie Walker, Datena e Ally McBeal…


…e sim causar barulho em reportagens sangrentas e odiosas de telejornais e na imprensa escrita contra o governo Dilma, deturpar estatísticas oficiais e tumultuar licitações de direitos esportivos…

Aliás, muitíssimo barulho por nada.

Reprodução/Revista Sexy

https://i2.wp.com/i.imgur.com/Yv4Yy.jpg
…para mostrar seios, pelos pubianos, úteros, sistemas reprodutivos, vaginas e bundas de misses e ex-misses ex-participantes de realities degradantes monopolistas globelezados em revistas masculinas

A próxima protagonista desse Lifetime movie, desse Army Wives enviesado da realidade brasileira é a passista Jaqueline, da Beija-Flor de Nilópolis, ex-competidora do BBB 11.

Divulgação/Playboy/Revista Que Amamos

https://tvemanalisecriticas.files.wordpress.com/2011/05/jaque.jpg?w=227
Coming soon…

Para ver o resto das fotos da Fernanda Agnes, ver aqui

(*)Na teoria, a Band é dona dos direitos de transmissão do concurso Miss Brasil-Universo quando, na prática, estes pertencem à Globo (que desde 1990 paga para não transmití-lo). É a mesma coisa que a emissora da famíglia Marinho fez (e ainda faz) com as séries da FOX, como Glee, Bones, Burn Notice e outras (fora as animações)

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Brothers & Sisters, Divas, Globelezação, Imperialsmo midiático, Imprensa monopolista, Nossas Venezuelas, Poderes ocultos, Podres poderes e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para O que interessa à Globo não é o concurso de Miss Brasil(*) e sim mostrar a vagina da Fernanda Agnes em revista masculina

  1. Pingback: O que o dinheiro não faz para censurar a imprensa paraibana após a decisão do STF em liberar a candidatura de Cássio Cunha Lima ao Senado | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: Band vence queda de braço com a Globo e a gaeta(*) e marca Miss Brasil(**) 2011 para 16 de julho | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s