Crise no concurso Miss Paraíba: certame troca de emissora pela segunda vez em menos de um mês


Inicialmente contratado pelo canal pago TV Master, concurso foi para as mãos da TV Clube (afiliada da Band). No entanto, o peso do dinheiro do Grupo Marquise, dono da TV Tambaú (afiliada do SBT) falou mais alto que a inexperiência da emissora dos Diários Associados no Estado

Da redação TV em Análise

Agonizante, decandente e sem rumo. Essa é a melhor definição para se traçar do já modesto concurso para a eleição da Miss Paraíba que, desde 2006, trocou de coordenação quatro vezes. Ou seja, trocou de coordenação como se estivesse trocando de roupa. Em meio a esse mau agouro, a etapa paraibana do Miss Brasil válido pelo Miss Universo perdeu o apoio do jornal O Norte e por tabela dos Diários Associados da Paraíba. Desde fevereiro de 2010 nas mãos do jornalista Pedro Neto, o Miss Paraíba experimenta uma tímida e fraca revitalização, resultante da retirada da franquia do colunista Rogério Freire, que “fugiu” de promover o concurso de 2009, preferindo colocar na disputa nacional uma candidata de sua indicação, o que gerou suspeitas de manipulação e corrupção à época.
Com contrato já assinado com a TV Tambaú, notória especialista em “esconder” eventos a pretexto de atender demandas da grade de rede do SBT (Prêmio Personalidade e algumas micaretas municipais), Pedro Neto se vê agora na obrigação de colocar um concurso decente para uma grade já complicada e instável na matriz, em São Paulo. Para se ter uma ideia da encrenca em que o atual coordenador do Miss PB já se meteu, suponhamos que o concurso aconteça no dia de exibição de capítulo regular da novela Amor e Revolução. Hipótese totalmente nula: pelo organograma do SBT, o Miss Paraíba teria de ser realizado em um sábado, dia em que a trama não vai ao ar. Especula-se que o certame seja disputado no dia 7 de maio. No entanto, até o fechamento desta nota, nenhuma confirmação oficial, nem de Pedro Neto muito menos da Tambaú, foi sequer anunciada.


Vídeo de ação publicitária da TV Tambaú para o Miss PB: encrenca à vista

Miss Paraíba é negócio incerto para anunciantes

Sem a divulgação da época dos Associados, o Miss Paraíba enfrentou (e ainda enfrenta) uma longa agonia para tentar se afirmar entre os principais concursos estaduais da Região Nordeste. Com as constantes trocas de coordenação, o que deve preocupar os potenciais anunciantes do concurso para a partir deste ano é: e se Pedro Neto perder a franquia, como ficam os contratos de publicidade já assinados? Até o momento, o Grupo Pedro Neto e a TV Tambaú não apresentaram nenhum. Ou seja, está se vendendo um anteprojeto de Miss Costa Rica que, na verdade, apresenta-se como um engôdo ao telespectador final. O público não merece isso.

Entenda o tamanho da trapalhada

No dia 31 de janeiro, o blog oficial do Miss Paraíba anunciava um suposto acordo com a TV Master, que jamais foi assinado. Além disso, apresentava um calendário falso de inscrições para o certame que, se dependesse da inoperância da emissora paga, jamais teria sido realizado. Programado para 28 de março, o certame foi adiado por duas vezes até chegar à data atual (7 de maio). A pretexto de homenagear a primeira-dama do Estado, a jornalista Pamela Bório (que já trabalhou na própria Tambaú), o concurso teve de mudar de emissora mais uma vez quando já era dado como quase certo um suposto acerto com a TV Clube (afiliada da Rede Bandeirantes, pertencente aos Associados).
Negócio feito com a afiliada do SBT as perguntas que ficam são: o Miss Paraíba foi para a Tambaú para agradar ao grupo político da primeira dama? O Miss Paraíba tem o poder de fogo que as demais etapas estaduais (Rio Grande do Sul, Minas, Rio, São Paulo) ao sul tem? Se, caso a vencedora do Miss Paraíba 2011 não se classifique no Miss Brasil, terá se configurado a sua eleição num mero jogo de interesses políticos contaminando um projeto comercial?

Divulgação

https://i0.wp.com/missparaibaoficial.blog.com/files/2011/04/Mussulo-Resort-by-Mantra.jpg
Resort das candidatas: nível portorriquenho fora da realidade brasileira

Organização exagera na preparação de candidatas

Dada a incapacidade financeira da organização de Pedro Neto, a direção do certame decidiu recorrer aos serviços de um resort na praia de Carapibus para passar ao telespectador de TV aberta a impressão de que as candidatas ao título de Miss Paraíba recebem o mesmo coaching do Miss Ceará. Errado: dado o seu estado de pobreza, a Paraíba não teria condições de bancar um mega concurso estadual das mesmas dimensões do Miss Brasil ou Miss Universo. Pedro Neto, assim como seus antecessores na coordenação do evento, precisariam colocar os pés no chão. Sinal de 35 anos de atraso em relação a Rio Grande do Sul e Santa Catarina, por exemplo.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Realidade brasileira e marcado , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Crise no concurso Miss Paraíba: certame troca de emissora pela segunda vez em menos de um mês

  1. Pingback: O que o dinheiro não faz para censurar a imprensa paraibana após a decisão do STF em liberar a candidatura de Cássio Cunha Lima ao Senado | TV em Análise Críticas

  2. ivana carla costa de vascoselos disse:

    oii meu nome e ivana tenho 14 moro na cidade de picui paraiba e eu estou me inscrevendo pra ser modelo eu tenho meu book de foto e o meu sonho e ser modelo e ate lá eu vou consequi-lo ganhar espero uma respota de vc e espero q vc possa realizar os meus sonhos e vou ficar esperando uma respota de vcs….

    • João Lima disse:

      Esse seu comentário é risível, Ivana, de tão mal-escrito que é: é um verdadeiro assassinato contra a gramática. Volte para a escola e aprenda a escrever em português, por favor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s