Bagunça e desorganização marcam o planejamento brasileiro para o Miss Universo 2011


Antes marcada para o dia 16 de julho, etapa nacional do concurso é novamente adiada

Divulgação/HBO

https://i2.wp.com/s2.daemonstv.com/tv/up/2011/03/mildred-pierce-hbo-poster-550x816.jpg
Na foto, Kate Winslet no cartaz do telefilme da Globo, roteirizado pelo Datena, pelo Merval Pereira, pela Glória Perez, pelo Dick Wolf, pela Miriam Leitão, pelo Mitre, pelo Casoy e pelo Sardenberg sobre a crise da gaeta(*)

No Nelito Marques, do Diário do Povo de Teresina de hoje:

Mesma passarela

A justificativa para que o Miss Brasil só aconteça no dia 30 de julho é que a Band(alheira-J.E.L.) terá despesas só de uma passarela (Credicard Hall, neste caso).
O Miss Universo quer a passarela pronta com um mês de antecedência”.

Ou seja, empurraram com a barriga um problema que já era grave.
Já alertamos aqui que a falta de planejamento dos concursos estaduais, aliada ao mancomunamento da emissora promotora do Miss Brasil (a Band) com o monopólio da Globo e com partidos políticos (PSDB, DEM e PPS), tem sido a grande responsável pela desgraça brasileira no Miss Universo desde 1968.
(A Globo, como se sabe, se amamentou dos mamilos do regime militar para esganar a Tupi e, por preço de tabela junto com os americanos da Time-Life, os Diários Associados pós-morte de Assis Chateubriand).
A gaeta(*) é cumplice da Rede Globo e da Rede Bandeirantes em mais esta réplica de desgraça.
Logo, a sucessora de Débora Lyra acaba desclassificada das semi-finais do Miss Universo 2011 em seu próprio país.
(Regra não válida para a baiana Gabriela Marcelino, a preço de hoje).
On purpose: com esta presepada da gaeta(*), o Miss Piauí 2011 pula do dia 28 de abril para o dia 25 de maio. Bem na noite da final do American Idol.

(*)gaeta é o modo como a Gaeta Promoções e Eventos deve ser sempre escrita: em minúsculas, para provar o quanto o Brasil é uma sub-Venezuela, um sub-Porto Rico, uma sub-Colômbia (tipo um Whooper Jr.) ou uma Guatemala tamanho-família (tipo esses sanduíches Whooper do Burger King, Sub do Subway, Big Bob, Big Mac e afins) em termos de concursos de misses

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Água oxigenada, minisséries, Nossas Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Bagunça e desorganização marcam o planejamento brasileiro para o Miss Universo 2011

  1. Pingback: Ricardo Teixeira = gaeta(*) = Band = Nayla Micherif = Globo = FHC = Serra = futebol às 10h da noite = Miss Piauí na hora da final do American Idol = farsa fórmula 1 e etc… | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s