PSDB de Alckmin e DEM de Kassab ‘travam’ negociações entre Governo de São Paulo, Prefeitura e Miss Universe Organization


Partidos políticos querem projeto “realista” para que São Paulo possa sediar de fato a 60ª edição do concurso Miss Universo; principal entrave para as negociações seria a aprovação, pelos vereadores, de uma licença especial para a organização do certame na cidade. Mas fatores de ordem ética e ambiental, como alvarás e denúncias do Ministério Público (caso o Miss Universo ocorra mesmo na Arena Skol Anhembi), podem por abaixo o intento paulista de ser a sede da final televisionada

João Eduardo Lima
Editor e criador dos blogs TV em Análise

Não é só nos corredores da Rede Bandeirantes que a situação paulistana para o Miss Universo 2011 está cada vez mais difícil. Para que o certame seja realizado mesmo na cidade na data programada (12 de setembro, uma segunda-feira), os organizadores do concurso precisam de uma série de licenças ambientais e de segurança pública junto a órgãos do município e do Estado de São Paulo, respectivamente. Para tanto, os executivos da Miss Universe Organization e da Enter-Entertainment Experience, braço da Band para a organização de eventos internacionais, terão de negociar muito e rebolar literalmente para conseguir as permissões do poder público paulista para a realização do certame no Estado. Caso as negociações em ambas as esferas fracassem, a saída será transferir a final televisionada para fora de São Paulo.
Embora o contrato tenha sido assinado há pouco mais de um mês em Nova York, na presença de Donald Trump e da atual Miss Universo Ximena Navarrete, isso não significa dizer que São Paulo esteja mesmo automaticamente qualificada para sediar o concurso Miss Universo 2011. Nos interiores da Band, há quem trabalhe a possibilidade de levar o concurso para a Arena Multi-Uso, no Rio de Janeiro (8 a 18 mil pessoas), ou para o ginásio de esportes Mineirinho (até 25 mil pessoas), em Belo Horizonte, ambos com capacidade de público dentro das especificações da MUO. Mas essa passa a ser uma novela à parte dentro da já complicada trama (e trapalhada) em que se transformou a preparação brasileira para o certame internacional.
Outro obstáculo à realização do Miss Universo 2011 em São Paulo esbarra na relação turbulenta e instável entre o jornalismo da Band e setores da Prefeitura e do Governo do Estado, principalmente em épocas de enchentes, greves de transportes públicos e agressão de policiais militares a professores e a desabrigados durante manifestações pacíficas. O grande temor da MUO é pela segurança das candidatas em solo paulista caso estas venham a enfrentar manifestações furiosas e raivosas de grupos feministas e de defesa dos direitos humanos, momentaneamente ocupados com o Big Brother Brasil 11, da TV Globo, e também de grupos neo-naizistas e de reacionários da estirpe da estudante de direito Mayara Petruso, notória por usar redes sociais (Facebook, Twitter) para ameaçar afogar nordestinos à luz dos resultados da eleição presidencial recente. Como se sabe, a USP (Universidade de São Paulo) é berço do feminismo mais reacionário, tacanho, ultrapassado, esquerdista e radical contra os concursos de beleza. Justamente esse feminismo, aliado com a Globo e a Arena (partido político de sustentação do regime militar de 1964-85 e embrião do atual Democratas do prefeito Gilberto Kassab), que varreu progressivamente os concursos de misses do mapa da mídia brasileira entre meados dos anos 1970 e fins dos anos 1980. Os episódios ocorridos em San Salvador (1975), Quito (2004) e na Cidade do México (2007) mostram o porquê dessa preocupação para o caso paulista.

Problemas ambientais podem tirar final televisionada da Arena Anhembi

Reclamações de grupos ambientalistas não irão faltar caso a organização do Miss Universo escolha a Arena Skol Anhembi para receber a grande final da 60ª edição do certame. Desde 1973, uma final de Miss Universo não é realizada ao ar livre (caso da Arena Anhembi, no começo do Pólo Cultural Grande Otelo, o Sambódromo). A escolha do Odeon de Herodes Ático, em Atenas, despertou a ira de opositores da ditadura grega, que seria derrubada um ano mais tarde, e de conservacionistas. Mesma gritaria deverá se verificar em relação ao Sambódromo paulistano se este vier a sediar o Miss Universo 2011.
Uma chuva de ações populares pode estragar o plano da MUO para a Arena Anhembi, na verdade um estacionamento a ceu aberto, ocupado apenas para mega-shows de artistas como Oasis, Amy Winehouse e outros. Se esse intento for adiante, os organizadores terão de providenciar cotas e mais cotas de guarda-chuvas para proteger as cabeças dos jurados, artistas, misses, técnicos de transmissão da Band e da NBC e operários que irão montar o palco ao ar livre, caso essa intenção maluca venha a se consumar.

Reprodução/Anhembi Parque

Anhembi Parque
Vista ampla do comlexo do Anhembi: a suposta “arena” está antes do Sambódromo

Reprodução/Blog da Indy


A verdadeira Arena Skol Anhembi: céu aberto para as misses

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Jóia da coroa, Nossa Grana, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s