Os próximos passos da preparação de São Paulo para o concurso Miss Universo 2011 corresponderão ao nada


Reprodução

https://i0.wp.com/www.cbnmanaus.com.br/ronaldotiradentes/wp-content/uploads/2010/03/ratinho_na_tv1.jpg
A gaeta(*), a MUO e os governadores vão partir para a baixaria

Sem um sinal claro da comissão de inspeção da Miss Universe Organization em São Paulo nestes últimos dias, fica cada vez mais complicada a situação da Enter-Entertaniment Experience, do Grupo Bandeirantes, na preparação da cidade para o concurso Miss Universo 2011. Com prazos correndo, nem a organização brasileira tampouco a americana do certame chegaram a consenso algum sobre a praça de esportes ou casa de espetáculos que deverá abrigar a final televisionada de 12 de setembro. Passaram os primeiros dias de 2011 batendo cabeça, como num show de heavy metal progressivo. Perderam todo tempo do mundo para isso.
Com o vazamento indiscriminado de informações privilegiadas da Miss Universe Organization para blogs missológicos, muitas delas sem fundamento, perde o Brasil uma grande oportunidade de dar uma mostra de organização para a boda de 60 anos do concurso Miss Universo. Pelo andar da carruagem, a Band está sim é esperando o desenlace da novela dramática que se desenha agora para a definição da data e da cidade-sede do concurso Miss USA 2011, essa sim, a grande dor de cabeça da turma de Donald Trump. Há sinais claros e evidentes que Las Vegas passou o prato para sediar o certame nacional deste ano. Lá como cá, há prazos correndo, o American Idol já começou, os Globos de Ouro já foram entregues e nada de sede ou data para o Miss USA 2011. Aprenderam direito a serem tão irresponsáveis como a gaeta(*).
Entre Credicard Hall e Ginásio do Ibirapuera, diretores tanto da Band quanto da NBC agora se debatem e se masturbam debaixo de um dilema de criancinha irresponsável: onde abrigar tamanha torcida vinda sobretudo da Venezuela da Vanessa Gonçalves? Ou da Colômbia da Catalina Robayo? De Porto Rico da Viviana Ortiz? Da Bolívia da Olivia Pinheiro? Ou das próximas misses Peru, Paraguai e Equador (que devem contar com grandes claques, insuficientes para o Credicard Hall)? Solução: manda essa gente ir para o Ibirapuera, oras!
É óbvio que a atual temporada de enchentes e desabamentos atrapalhou um pouco os planos da Band-Enter/MUO para o Miss Universo 2011 em solo brasileiro. Há quem, na MUO, preocupadíssimo com a situação de desgraça na Serra Fluminense, ensaie alguma visita de solidariedade a Petrópolis, no final de agosto, em meio à agenda corrida das candidatas, baseadas em São Paulo (Favor ver a exploração que o Luciano Huck está fazendo da tragédia do eixo Friburgo-Teresópolis-Sumidouro-Petrópolis-e-adjacências).
Sem provocar pânico, este espaço acena com a possibilidade, remotíssima, do Brasil perder a sede do 60º concurso de Miss Universo devido a descumprimento de prazos. É essa questão que está pesando contra a Band, ora ocupada em articular com os novos governadores (tarados por busca de espaço e segundos de exposição na transmissão oficial da NBC/Telemundo). Perderam uma parada para Salvador, na Bahia, que abarcará a preliminar de trajes típicos, em 28 de agosto. O que interessa aos chefes de executivo estaduais não é o Miss Universo 2011 e sim bancarem suas porções “Robert” do Pânico na TV para aparecerem nas telas americanas e internacionais às expensas do contribuinte. Beneficiados pela equipe de Trump, o governador petista Jaques Wagner e o prefeito soteropolitano João Henrique Carneiro querem chamar seus colegas para a guerra. E para a baixaria. No Programa do Ratinho do Alexandre Maury Povich Maluf Garcia.
Essa mania irresponsável de brasileiro deixar as “cousas” (como diria o Thomas Jefferson de Elio Gaspari, Golbery do Couto e Silva) para depois do Carnaval parece ainda não estar bem digerida pelos inspetores da Miss Universe Organization. Pior é que o grosso das inspeções nas cidades e Estados-candidatos a receber atividades preliminares do certame só acontecerá, de facto, depois da Quarta-Feira de Cinzas, em plena Quaresma católica. Logo a incompetência da América católica (brasileira, mais especificamente) citada por Caetano Veloso em Podres Poderes (álbum Velô, 1984). Assim sendo, com essa situação de devagar, quase morrendo, começa a se desenhar para a festa de 60 anos uma estética (in)digna de Macunaíma. Grande Otelo, tremei!

Reprodução/Blog Desculpe a Nossa Falha/Conversa Afiada


No cartum acima, uma unidade do McDonalds na sede da Band, no Morumbi

(*)gaeta é o modo como a Gaeta Promoções e Eventos deve ser sempre escrita: em minúsculas, para provar o quanto o Brasil é uma sub-Venezuela, um sub-Porto Rico, uma sub-Colômbia (tipo um Whooper Jr.) ou uma Guatemala tamanho-família (tipo esses sanduíches Whooper do Burger King, Sub do Subway, Big Bob, Big Mac e afins) em termos de concursos de misses

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em American Idol da incompetência missológica brasileira, Concursos de beleza, Eventos, Força da Grana, Nossas Venezuelas, Poderes ocultos, Podres poderes, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s