Começo de semana: GloboNews acusa Cabral de saber que ia chover e tirar férias


No Brasil, basta você sair na rua e abrir a câmera que volta com uma matéria de denúncia; Sintonize na GloboNews e num prazo máximo de 3 minutos você ouvirá uma besteira

Por Paulo Henrique Amorim
Do Conversa Afiada

Reprodução/Conversa Afiada


Já que a Lobo é assim, quem manda não ir ao dentista?

Este ordinário blogueiro trabalhou com um profissional de televisão que dizia sempre aos repórteres:
“No Brasil, basta você sair na rua e abrir a câmera que volta com uma matéria de denúncia.”
Há outro aforismo interessante: sintonize na GloboNews e num prazo máximo de 3 minutos você ouvirá uma besteira.
A GloboNews é a única emissora de jornalismo de tevê all news, 24 horas por dia, que jamais deu um furo.
Por isso, este ansioso blogueiro a evita como a ir ao dentista.
Mas, ontem, no sábado, enquanto se barbeava, se permitiu, inadvertidamente, ouvir um programa de debates políticos.
Havia dois colonistas(*) do PIG(**) que conseguiram enunciar alguns conceitos que serão inscritos, em mármore, na História do Jornalismo Contemporâneo.
Uns jenios.
Mas, a pérola veio com a âncora, Cristiana Lobo.
O contexto era mais ou menos o de sempre: “as mortes em São Paulo são obra de Deus. No Rio, do Lula e do Cabral”.
Aí, saiu-se a Lobo:
“O Sergio Cabral estava outra vez de férias na Europa. Bem que ele podia mudar a data das férias, já que … ”
Ao dizer “já que”, foi providencialmente interrompida por um dos notáveis colonistas.
Este ordinário blogueiro se enfureceu.
Ele quase se corta com a gilete.
O que diria ela depois do “já que”?
“Já que” o que?
“Já que” ele sabia que ia chover na Serra?
Ou o Cabral não pode tirar férias?
Ou o Cabral não pode ir à Europa?
Ou só o Padim Pade Cerra pode?
E pode até fazer com que a Air France perca a mala dele (o rapaz é um sortudo!).
“Já que” o que?

Do mesmo Conversa Afiada vem a pergunta:
“Por que os repórteres da Globo dizem que a culpa é sempre do Lula?

* Porque neles acreditam nisso
* Porque os filhos do Roberto Marinho também acham
* Porque fora da Globo eles não têm emprego
* Porque o Lula é nordestino
* Porque o Lula não fala inglês
* Porque o Lula foi operário
* Porque o Lula deu de 10 a 0 no FHC
* Porque o Lula elegeu a Dilma
* Porque a Dilma vai fazer a Ley de Medios
* Porque se matar o Lula eles matam a Dilma”

(*)Não tem nada a ver com cólon da Gyselle Soares. São milicianos de redação do PIG(**) engajados em derrubar o presidente Lula e promover a volta da direita ao poder, a exemplo do que ocorreu no Chile. E assim se comportarão sempre que uma participante de reality-show tiver origem no Estado mais pobre da Federação e não no capital (da elite branca-separatista de São Paulo) e um presidente tiver origem no trabalho e não no capital, no Brasil, no Mundo, na história da exploração espacial (antes da aposentadoria dos ônibus espaciais), da entrega do Oscar, do Super Bowl e do American Idol. São jornalistas que, de acordo com Mino Carta, chamam seus patrões de colegas. É essa gente aí que fraudou o resultado do Miss Brasil 2010 para favorecer a capixaba Débora Lyra, usando indevidamente a faixa de Miss Minas Gerais na etapa nacional do Miss Universo
(**)In none serious democracy in the world, conservative, low-quality and even sensationalistic newspapers and only one television network matter as much influence as they do in Brazil. They have become a political party, the PIG (Pro-Coup Press Party). These are their stories

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em American Idol da incompetência missológica brasileira, Axé-besteirol, Água oxigenada, Ética jornalística, Cansei, Circo de horrores, Globelezação, Imprensa monopolista, Marska Hargitay do Jornal Nacional, Olivia Benson do tucanato da UDR, Poderes ocultos, Podres poderes, Southland do sensacionalismo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s