Texto do Críticas que enumerou razões para a Globo não comprar os direitos do Miss Brasil pesou para a renovação com a Band


Reprodução/Blog da Jaque Khury


O comandante do império Playboy (sem o quepe) não vai gostar nada do que contaremos logo abaixo

Foi exatamente como a música tocada na cerimônia pedia: na hora H, de tentar assinar o contrato de transmissão do concurso Miss Brasil apenas para tomá-lo da Rede Bandeirantes, a Globo acabou desistindo ante as denúncias deste Críticas relatadas em post do dia 9 de novembro, redigido em resposta a um missólogo leitor deste espaço. O convívio, a conivência e o apoio dado ao regime militar de 1964-85, a oposição a movimentos sociais e a sua satanização, o ódio a políticas de afirmação, a intolerância à liberdade de expressão que não seja a sua e o expediente sujo de pagar por eventos para não exibí-los foram mesmo fatais para que Band e Rede TV! ficassem sozinhas na disputa de direitos do certame nacional para o período 2011-2013.
O notório rancor da Globo contra concursos de misses pesou letalmente em seu desfavor na hora de tentar fechar aquele que, na avaliação de alguns ditos “especialistas” e “missólogos”, seria o grande negócio do milênio. Achavam que iriam se valer da suposta imagem de Débora Lyra para fechar um “acordo” zilionário para impedir a concorrência de explorar os concursos de beleza e assim formar um monopólio nesse segmento. Estavam enganados. Desde a fatídica reportagem de Glória Maria em 1995, após uma tour desastrosa e rocambolesca por Petrópolis, o monopólio do Jardim Botânico achou que não valia a pena investir em um copo de água mineral travestido de água benta com conhaque envenenado pelas grosserias sanguinárias do jornal nacional contra governos democráticos de esquerda, seja no Brasil, Cuba ou na Venezuela. Estávamos certos ao dizer, ainda em junho, que a Globo não queria o concurso Miss Brasil, mas a bunda e a vagina de uma ex-big brother em revista masculina pertencente ao Grupo Abril, que tem como sócio a sul-africana Naspers, apoiadora do regime de apartheid que manteve Nelson Mandela na cadeia por 27 anos. Hugh Hefner deve estar é morrendo de vergonha.
Lia Khey à parte, o fato é que a Globo jogou fora o Miss Brasil de seu carrinho de compras porque tem medo de ser estgmatizada, entre a concorrência, como emissora que paga pelos direitos de eventos não-esportivos para não transmití-los e repassá-los, de brinde, a empresas coligadas, canais de TV coligados à suas afiliadas nos Estados e a canais pagos de entretenimento pertencentes às suas hostes. Assim é com o Prêmio da Música Brasileira, do Multishow, e o concurso Miss Ceará, da TV Diário. Na prática, a Rede Globo é dona dos direitos de transmissão. Mas, como diria um certo locutor catarinense de jogos da NFL no Bandsports, o que interessa à Globo não é o Miss Brasil e sim jogar o concurso “na calada da madrugada” junto do mesmo saco de Glee, Brothers & Sisters, The Glades, Lie to Me y mas allá.

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Globelezação, Nossas Venezuelas, Projetos especiais, Samba de uma nota só, Sônia Abrão, Terrorismo eleitoral e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s