Essa foi a imprensa suja que alimentou a ‘candidatura’ fracassada de Débora Lyra ao título de Miss Universo 2010


Reproduções: Box de Séries, Cloaca News e Grupo Beatrice. Videos de Nikita e de Boris Casoy e os garis: Youtube






Maggie Q deu ‘o seu melhor’ para comprar a imprensa brasileira

Saiu no G1:

‘Dei o meu melhor. É difícil dizer o que faltou’, diz Miss Brasil
Débora Lyra disputou Miss Universo, mas não ficou entre 15 melhores.
Finalistas eram mais ‘fininhas’, diz organizador do concurso nacional.

A ex-Miss Brasil 2010 Débora Lyra (grifo meu, J.E.L.) está a caminho do Brasil depois de disputar o título de Miss Universo em Las Vegas. Apesar de não ter se classificado nem entre as 15 finalistas do concurso, a musa diz estar tranquila (?) e espera cumprir (?) ainda muitos compromissos como mulher mais bela do país.

(Na opinião deste Críticas, Débora deveria é preparar a sua carta de renúncia, a ser lida no intervalo do jornal nacional do Haiti missológico brasileiro patrocinado pelo Bradesco e no jornal da band que faz editorial para ruralistas e gaetófilos).
Clique aqui para ver como a Globo e o G1 desmoralizam o Brasil até em um mísero concurso de beleza, como diria o Aguinaldo Silva, o Dick Wolf do Golpe.

“O resultado final foi merecidíssimo, mas as coisas nem sempre saem como a gente espera. Ainda assim estou tranquila, de cabeça erguida, e bola para frente agora”, diz ao G1. Sobre os planos para o futuro, ela espera chegar ao Brasil para organizar a agenda e traçar novos projetos.

Não, Débora Lyra não está de cabeça tranquila coisa nenhuma.
Está sim é com a consciência pesada de ter aumentado para 43 anos o abismo de vitórias brasileiras no concurso Miss Universo.
Está às vias de ter um derrame cerebral de tanto rancor que alimenta com os jurados do Presentation Show.
Em conluio com a revista Época, da Editora Globo, Débora Lyra e a gaeta(*) estão tentando transformar Dilma Rousseff na Nikita da presente campanha eleitoral.
Tanto foi que, a uma semana do certame, publicaram uma foto da ficha falsa da petista para tentar convencer os especialistas do Presentation Show e Donald Trump a votarem em Débora para figurar entre as 15 semi-finalistas.
Aliás, por que Débora Lyra não aproveita o seu último suspiro como Miss Brasil, dá um pulinho em Jacundá (PA) para se juntar ao projeto jn no ar, num jatinho da Embraer e atacar o seu próprio país?
Isso tudo, se valendo do mega-lucro (R$ 2,5 bilhões, no segundo trimestre de 2010) e do patrocínio do Bradesco.
Tanto foi que a gaeta(*) estava em seu dia de colocar as presas para cima do William Baldwin e do Criss Angel, com um manifesto do Mano Brown.

(*)gaeta é o modo como a Gaeta Promoções e Eventos deve ser sempre escrita: em minúsculas, para provar o quanto o Brasil é uma sub-Venezuela, um sub-Porto Rico, uma sub-Colômbia (tipo um Whooper Jr.) ou uma Guatemala tamanho-família (tipo esses sanduíches Whooper do Burger King, Sub do Subway, Big Bob, Big Mac e afins) em termos de concursos de misses

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Água oxigenada, Nossas Venezuelas, Olivia Benson do tucanato da UDR, Poderes ocultos, Podres poderes, Projetos especiais, Realidade brasileira, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Essa foi a imprensa suja que alimentou a ‘candidatura’ fracassada de Débora Lyra ao título de Miss Universo 2010

  1. Pingback: gaeta(*) sabia que candidatura de Débora Lyra ao título de Miss Universo era uma farsa. E estava tão condenada quanto o estádio da Fonte Nova | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s