Antes de ‘eleger’ Débora Lyra como Miss Universo 2010, gaeta(*) apresentou a Chazz Palminteri, William Baldwin e Criss Angel o manifesto de Mano Brown contra o fim do Manos e Minas



Antes de embarcar para Las Vegas, Lyra acabou com programa da TV Cultura paulista

Saiu no blog de Daniel Castro, do R7:
“Inconformados com o fim do programa Manos e Minas, primeira vítima do processo de reestruturação da TV Cultura, artistas de hip hop estão gravando manifestos e os publicando no YouTube.
O site de vídeos já exibe depoimentos de Mano Brown, KL Jay e Edi Rock, do Racionais MC’s, do produtor musical Daniel Ganjaman, do MC Criolo Doido e até do grupo cultural Sintonia Crew, de Ipatinga (MG).
Então único programa da TV brasileira sobre a cultura da periferia, o Manos e Minas foi extinto no início do mês pelo novo presidente da Fundação Padre Anchieta, João Sayad.
Foi o primeiro reflexo na programação da TV Cultura de um projeto que, a longo prazo, quer reduzir a estrutura da TV pública paulista ao mínimo necessário. Em conversas com diretores da emissora, Sayad revelou a intenção de transformar a Cultura em uma mera “compradora” de programas, enxugando seu quadro de funcionários dos atuais 1.900 para cerca de 400.
Além de postarem vídeos no YouTube, o movimento hip hop participará amanhã de uma manifestação contra as mudanças na TV Cultura. O protesto está previsto para as 19h, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo”.


Se Débora Lyra for eleita Miss Universo, certamente calará a cultura hip-hop da mídia contaminada por Cleo Pires, Fiuk Galvão Bueno e outras porcarias globelezadas

(*)gaeta é o modo como a Gaeta Promoções e Eventos deve ser sempre escrita: em minúsculas, para provar o quanto o Brasil é uma sub-Venezuela, um sub-Porto Rico, uma sub-Colômbia (tipo um Whooper Jr.) ou uma Guatemala tamanho-família (tipo esses sanduíches Whooper do Burger King, Sub do Subway, Big Bob, Big Mac e afins) em termos de concursos de misses

Sobre João Lima

Crítico de entretenimento desde 2001, João Eduardo Lima escreve no Jornal Meio Norte. Foi repórter de Regional, Polícia e Nacional. Em 2005, entrou no mundo da blogosfera independente com o pioneiro TV em Análise. Suas postagens sobre os bastidores do Miss Brasil-Miss Universo mostraram ao público um lado dos concursos de beleza que os organizadores não querem que você saiba. E, ainda por cima, querem, na base da mordaça, impedir você, leitor, contribuinte e pagador de impostos, de saber o que está por trás do manto vermelho da missologia nacional.
Esse post foi publicado em Água oxigenada, Nossas Venezuelas, Poderes ocultos, Podres poderes, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo e marcado , , , , , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Antes de ‘eleger’ Débora Lyra como Miss Universo 2010, gaeta(*) apresentou a Chazz Palminteri, William Baldwin e Criss Angel o manifesto de Mano Brown contra o fim do Manos e Minas

  1. Pingback: NÃO ME CALARÃO | TV em Análise Críticas

  2. Pingback: Essa foi a imprensa suja que alimentou a ‘candidatura’ fracassada de Débora Lyra ao título de Miss Universo 2010 | TV em Análise Críticas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s