Modelo de competição para os concursos estaduais do Miss Brasil 2016 é contestado por coordenadores, informa fonte


Proposta da Polishop não teria agradado grupo de coordenadores das regiões Norte e Nordeste, que defendem modelo vigente desde 1954

João Eduardo Lima
Editor e criador dos bloga TV em Análise

Lucas Ismael/Band/Divulgação/18.11.2015


Grupo de 10 semifinalistas foi contratado pela Polishop sem garanta de permissão das misses cumprirem reinados estaduais

A programação de trabalhos de parte das coordenações estaduais do Miss Brasil válido pelo título de Miss Universo começa nesta segunda-feira (15) cercada de questionamentos: a Rede Bandeirantes vai continuar como promotora do concurso após a venda de sua propriedade para a empresa de varejo e televendas Polishop (que não entende nada de organização de eventos)? os concursos estaduais continuarão a serem tocados da forma como estão, como verdadeiros cartórios, passados de pai para filho? como vão ficar os reinados estaduais das nove semifinalistas restantes uma vez que servirão de modelos de campanhas da Polishop e estarão servindo menos a seus coordenadores locais? Essas dúvidas começaram a atormentar os 27 coordenadores estaduais durante a programação curta do Miss Brasil 2015, em novembro passado, em São Paulo. Um coordenador de candidata estadual informou ao Críticas, sob condição de anonimato, que discorda do modelo de negócios proposto pela Polishop às franquias estaduais. “A miss é contratada da Band, não da Polishop. Eles (o empresário João Appolinário e a ex-modelo Denide Céspedes, dona da filial brasileira da agência Ford Models) querem transformar a miss do meu Estado em uma escrava deles, não permitindo que ela cumpra seus compromissos sociais, de caridade e, principalmente, com os patrocinadores do concurso estadual do qual representa”, desabafa a fonte.
De acordo com um grupo de coordenadores estaduais que procurou o Críticas pouco depois da Miss Brasil 2015 Marthina Brandt concluir sua participação no Miss Universo 2015, onde ficou entre as 15 semifinalistas, a Polishop estaria impondo condições para as 10 semifinalistas do concurso nacional aparecerem na mídia. Convites para aparições em eventos tem sido sistematicamente recusados pelas candidatas que assinaram contrato com a Polishop. Enquadram-se nesse grupo, além de Brandt, a matogrossense Camila Della Valle, a catarinense Sabrina Meyer, a potiguar Manoella Alves, a paulista Jéssica Voltolini, a baiana Patrícia Guerra, a goiana Thaynara Fernandes, a maranhense Isadora Amorim, a mineira Stefhanie Zanelli e a paraibana Ariadne Maroja.
Representantes das coordenações estaduais das candidatas contratadas pela Polishop denunciaram ao Críticas que parte delas não pode cumprir sua agenda de miss estadual devido às ordens impostas por Appolinário, que teria pedido aos 10 coordenadores regionais que cedessem suas misses para gravação de VTs de campanhas promocionais da Polishop e marcas por ela representadas. O modelo imposto pela empresa praticamente engessou o cronograma de trabalho das coordenações desses Estados, agora jogados à própria sorte. Para piorar a situação dos novos donos do Miss Brasil, a Polishop aparece na 138ª colocação do ranking de reclamações fundamentadas relativo ao ano de 2014 da Fundação Procon, órgão ligado ao Governo do Estado de São Paulo, com 15 ocorrências, o que representa um crescimento de 1.400% em relação a 2013, quando a empresa teve apenas uma reclamação registrada. Destas, quatro reclamações por publicidade enganosa não foram atendidas. O ranking relativo ao ano de 2015 só deverá ser liberado no dia 15 de março, data em que é comemorado o Dia Internacional do Consumidor.
Procuradas pela reportagem do Críticas, Band, Ford Models e Polishop não se manifestaram sobre as acusações dos coordenadores estaduais até o fechamento desta matéria.

Coordenadores são contra dinâmica de trabalho da Polishop

Ainda de acordo com o grupo de coordenadores que procurou o Críticas, a Polishop quer impor aos concursos estaduais uma dinâmica por eles considerada “impensável” e “lesiva aos negócios já assumidos pelas coordenações para o ciclo de disputas estaduais do Miss Brasil 2016”. “Tem coordenação que já assinou com cinco ou sete patrocinadores para realizar sua etapa estadual em abril ou maio, mas o Appolinário da Polishop não deixa a gente trabalhar. Tem que depender da Band, da (Rede) Globo, de Alá, de Deus, do Diabo, do Estado Islâmico, da Hillary Clinton ou seja lá o que for. Se for preciso, eles arrebentam até com nossas já depauperadas economias que usamos para preparar e treinar nossas candidatas nos melhores centros de referência em preparação de misses, no Rio Grande do Sul ou até mesmo na Venezuela”, desabafou, indignado, um coordenador da região Norte, cuja identidade será preservada.
No entanto, fontes do Comitê Nacional de Coordenadores de Concursos de Beleza (CNCCB) informaram ao Críticas desconhecerem qualquer prática abusiva por parte da Polishop no relacionamento com as misses estaduais garotas-propaganda da empresa. “Elas estão recebendo o melhor tratamento possíbel tanto da Ford (Models) quanto da Polishop e tem garantias contratuais de que vão sim aparecer no vídeo da Polishop TV ainda neste ano para fazer seus takes de comerciais ou inserções para veiculação em TV aberta ou por assinatura”. O representante do CNCCB, que também não será identificado, informou que “as misses estão no pleno cumprimento de seus reinados estaduais. O problema central é com a Band, que não está dando a divulgação adequada aos primeiros meses de reinado das ex-candidatas ao Miss Brasil 2015 que não venceram a disputa pela coroa”.
Ainda de acordo com a fonte do Críticas no CNCCB, o modelo de produção dos concursos estaduais proposto pela Polishop aos 27 coordenadores estaduais “ainda é embrionário e aguarda estudos para aprovação por parte da Band, da Miss |Universe Organization, da WME/IMG (empresa que controla o concurso de Miss Universo) e da Ford Models”. “Temos que dar tempo ao tempo para essas discussões amadurecerem e com isso fazer com que cada Estado produza uma candidata com porte suficiente para ficar entre as 15, 10, cinco, três finalistas ou até levar a coroa de Miss Universo”, ressalta.

Fim da Enter coloca em risco manutenção da Band como organizadora

O fechamento da Enter-Entertainment Experience, noticiado pelo Críticas no dia 12 de janeiro, colocou em xeque o papel da Band como promotora do Miss Brasil e também de representante da concessão do Miss Universo para o Brasil. De acordo com fontes da produção do Miss Brasil, as demissões na Enter e o cenário sombrio de crise econômica que está matando o país, mesmo em ano de Olimpíada, são um indicador de que a Band deverá devolver à Miss Universe Organization a representação do Miss Universo para o Brasil. De acordo com uma fonte, esse seria um caminho para que a WME/OMG inicie negociações com grupos concorrentes da Band para a representação do Miss Universo e a realização do Miss Brasil específico para a disputa internacional. “Com dólar a R$ 4,15, o Brasil perdendo selo de bom pagador no Bank of America, na Moody’s, na S&P e na Fitch e a Band endividada até o pescoço em dólar americano ficará muito difícil se organizar o Miss Brasil e transmitir o Miss Universo nessa concepção depauperada”, ressalta.
Entre 2012 e 2015 o Miss Brasil foi produzido para a Band pela empresa Floresta, responsável também por A Fazenda, Are You the One Brasil? e o extinto The Ultimate Fighter Brasil. A parceria dessa empresa tem sido vital para que a Band pudesse levar ao público o mais tradicional concurso de beleza do país, agora seriamente ameaçado de não acontecer, nem mesmo a partir de seus concursos estaduais. Oficialmente, a Band diz estar ainda definindo o modelo dos concursos regionais e do Miss Brasil 2016, mas tal medida pode esbarrar no mau cenário econômico do país.

Publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Assunto da semana: Os carnavais de Chris Martin, Beyoncé, Bruno Mars e Mark Ronson em Santa Clara


O show zen pop de intervalo do Coldplay no Super Bowl 50

Matt Cowan/Getty Images/AFP/07.02.2016

A julgar pela plateia seleta que circundou o palco improvisado do Levi’s Stadium novinho em folha, o show de intervalo do jubileu de ouro do Super Bowl realizado e jogado no domingo (7), em Santa Clara (região metropolitana de San Francisco), a apresentação do Coldplay poderia parecer prosaica e chata. Mas, para o produtor Ricky Kirshner (nada a ver com os ex-presidentes da Argentina Nestor – in memoriam – e Cristina da Ley de Los Medios) e o diretor de transmissão Hamish Hamilton a coisa não poderia ser pensada desse jeito.

Timothy A. Clary/AFP/07.02.2016

Para não recorrer ao monopólio das baladas românticas escritas por Chris Martin, 38, Kirshner, Hamilton e a NFL (National Football League) decidiram lançar mão de convidados adicionais para imprimir o ritmo adequado impresso nos shows de intervalo do Super Bowl desde 2011, quando se saiu da chatice dos vovôs do rock inglês do The Who (que cantaram todas as músicas da franquia CSI) para a dinâmica de trabalho do Black Eyed Peas. À ocasião, se contou com convidados, no caso Justin Bieber e Usher pendurados por parapentes.

MediaPunch/REX Shutterstock/07.02.2016

Responsável pelo maior pico de telespectadores – 115,5 milhões entre 20h28 e 20h41 (pelo horário da costa leste americana), o show de intervalo do Coldplay contou em seu início com uma orquestra jovem conduzida pelo venezuelano Gustavo Dudamel, 35, exilado político das sandices do chavismo continuadas por Nicolas Maduro, 53, que tocou Viva La Vida, após um coral jovem cantar Yellow. Em termos de palco, Martin (o Chris e não o Ricky) se saiu bem antes, durante e após as performances individuais de Bruno Mars, 30, e Beyoncé, 34.

Getty Images/07.02.2016

A performance floral em Adventures of a Lifetime, quarta música do programa do Coldplay para o intervalo do Super Bowl 50 até que serviu como prévia para o que vai se ver nas cerimônias de abertura e encerramento das Olimpíadas do Rio, nos dias 5 e 21 de agosto. A alusão aos Panteras Negras dos jogos do México em 1968 na performance de Beyoncé para Formation até que soou como provocação em pleno ambiente de primárias presidenciais. Mas em nada afetou o grau de excelência artística do maior show da América. Até domingo.

Publicação simultânea com o caderno Notícia da TV do Jornal Meio Norte que circula no domingo (14/2)

Publicado em Canta USA, Coluna da Semana, Cult, Esportes, Eventos | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Filme da Record com oscarizados Russell Crowe e Cate Blanchett afunda carnavais jabá de ACM Neto na Band e SBT


Robin Hood registrou média de 8,3 contra 3,9 do SBT Folia e 1,2 do Band Folia

Da redação TV em Análise

David Appleby/Universal Studios/Divulgação/22.04.2010


Crowe cravou uma flechada na cambada de ACM Neto que quer impedir a venda de refrigerantes e cervejas que não sejam Schin na praia da Barra

A exibição do filme Robin Hood na sessão Super Tela deixou a Rede Record na vice-liderança na noite da sexta-feira (5), de acordo com os dados consolidados da Kantar Ibope referentes à Grande São Paulo. Exibido entre 22h30 e 1h, a produção dirigida por Ridley Scott em 2010 teve média de 8,3. Esse número é superior aos 3,9 pontos registrados pelo SBT Folia e a apenas 1,2 registrado pelo Band Folia. Esses eventos são parte de sucessivos acordos firmados entre o SBT (desde 2010, na gestão de João Henrique Carneiro/PP), a Band (desde 2001, na gestão de Antônio Imbasahy/PFL, atual Democratas) e a Prefeitura de Salvador. Desde a posse do prefeito ACM Neto (DEM), em janeiro de 2013, esses acordos tem sofrido sucessivas continuações.
No sábado (6), a programação da Record impôs outra dura derrota aos estrategistas políticos do SBT e da Band travestidos de foliões do circuito Dodô (Barra-Ondina): o Legendários derrotou as matérias pagas de Carnaval das concorrentes por 6,3 x 3,9 x 0,8. No domingo (7), o SBT optou por não fazer transmissão ao vivo do SBT Folia e relocou a matéria paga para depois do Conexão Repórter. Levou vantagem sobre os cultos da Igreja Universal que tampam a madrugada da Record: 3,6 x 1,4 x 1,2 do Band Folia noturno, que também abriga matérias pagas da Prefeitura do Recife e do Governo do Estado de Pernambuco travestidas de transmissões de shows no Marco Zero.
À parte de Band e SBT, com coberturas bem tímidas, a TV Brasil também cobre o Carnaval de Salvador, só que com uma profundidade maior: graças à TVE Bahia (controlada pelo Governo do Estado), transmite os shows dos circuitos Osmar (Campo Grande-Praça Castro Alves) e Batatinha (Pelourinho). Os dados de audiência das transmissões da TV Brasil para o Carnaval de 2016 não tinham sido repassados pela Kantar Ibope até o fechamento desta reportagem.

NOTA AOS DETRATORES: O TV em Análise Críticas não recebe bolsa financiada pelo PT ou qualquer outro partido político seja ele de direita ou de esquerda. Exerce jornalismo livre e isento para brasileiros livres de verdade, não os “brasileiros livres e de bem” da microcefalia moral instaurada por revoltados on line, Vem Pra Rua, Movimento Brasil Livre, Intervenção Militar Já e outros acrônimos golpistas afins (J.E.L.)

Publicado em Cinema, Ibopes da vida, Numb3rs | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Os vencedores do 68º DGA Awards, em detalhes


David Nutter faz Game of Thrones repetir feito do 67º Primetime Emmy e leva categoria de direção em série dramática de sindicato dos diretores

Da redação TV em Análise

Frederick M. Brown/Getty Images/06.02.2016


Premiação veio pelo episódio Mother’s Mercy, da 5ª temporada de GoT

Foram anunciados na noite do sábado (6), no Hyatt Regency Century Plaza, em Los Angeles, os vencedores das 11 categorias competitivas da 68ª edição do Directors Guild of America (DGA) Awards, que contemplou as principais realizações na área de direção em televisão, comerciais, filmes e documentários no ano de 2015. Na área de televisão, David Nutter, 55, repetiu na votação feita pelos próprios pares o feito conseguido no 67º Primetime Emmy, onde levou a categoria de melhor direção em série dramática, pelo episódio Mother’s Mercy, da quinta temporada de Game of Thrones. Fora Nutter, apenas Don Roy King pelo especial de 40 anos do Saturday Night Live conseguiu repetir sua vitória no Emmy para o sindicato. Alex Gibney, 62, que concorria na área de direção em documentário e vencera o Primetime Emmy de direção em programa de não ficção pelo controverso Going Clear: Scientology and the Prison of Belief, acabou derrotado por Matthew Heineman, 32, de Cartel Land, produção indicada ao 88º Oscar na categoria de melhor documentário.
E é exatamente para o 88º Oscar que o nome do mexicano Alejandro González Iñárritu, 52, passa a ganhar mais força a partir de sua vitória na categoria de reconhecimento diretorial em filme, por O Regresso. Para o Oscar, há apenas uma categoria de direção, que acaba por comprimir filmes live-action e documentários, objetos de premiação do DGA Awards. Com Iñárritu sozinho no jogo do Oscar, as coisas ficam mais fáceis para o diretor de Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância). Abaixo, a lista detalhada de vencedores:

CATEGORIAS DE TELEVISÃO E COMERCIAIS

Reconhecimento diretorial em série dramática
David Nutter – Game of Thrones (Mother’s Mercy)

Reconhecimento diretorial em série cômica
Chris Addison – Veep (Election Night)

Reconhecimento diretorial em minissérie ou telefilme
Dee Rees – Bessie

Reconhecimento diretorial em programação regular de variedades, talk-show, jornalismo ou esportes
Dave Diomedi – The Tonight Show Starring Jimmy Fallon (Episódio 325)

Reconhecimento diretorial em especial de variedades, talk-show, jornalismo ou esportes
Don Roy King – The Saturday Night Live 40th Anniversary Special

Reconhecimento diretorial em programas de reality
Adam Vetri – Steve Austin’s Broken Skull Challenge (Gods of War)

Reconhecimento diretorial em programa infantil
Kenny Ortega – Descendants

Reconhecimento diretorial em comerciais
Andreas Nilsson – Emily’s Oz (Comcast, Goodby, Silverstein & Partners/Nova York), Time Upon a Once (General Electric, BBDO) e Dad Song (Old Spice, Wieden + Kennedy) – produtora: Biscuit Filmworks

CATEGORIAS DE CINEMA E DOCUMENTÁRIO

Reconhecimento diretorial em documentário
Matthew Heineman – Cartel Land

Reconhecimento diretorial em filme
Alejandro González Iñárritu – O Regresso

Reconhecimento diretorial para diretor estreante em filme
Alex Garland – Ex-Machina: Instinto Artificial

PREMIAÇÕES ESPECIAIS

Prêmio Frank Capra de Reconhecimento
Mary Rae Thewlis

Prêmio Franklin J. Schaffner de Reconhecimento
Tom McDermott

Prêmio de Reconhecimento Distinto pela Carreira em Direção Televisiva
Joe Pytka

Mudança de endereço

A 69ª edição do DGA Awards será realizada no dia 4 de fevereiro de 2017 (sábado) em um novo lugar: o Salão Internacional do Beverly Hilton Hotel, em Beverly Hills (região metropolitana de Los Angeles). O anúncio foi feito pela direção do DGA através de comunicado de imprensa expedido na noite da 68ª edição do DGA Awards.

Publicado em Cinema, Eventos, Minisséries e telefilmes, Premiações, Séries | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

As audiências americanas das premiações televisionadas do ciclo da mid-season de janeiro de 2016


Apesar da queda de público ante 2015, Golden Globe Awards lidera tanto em telespectadores quanto no público-chave para as decisões do mercado publicitário

Da redação TV em Análise

Getty Images/10.01.2016


Christian Wesley Slater Safadão ficou definitivamente bem na fita

Com a primeira parte das premiações da mid-season já realizada, a 73ª edição dos Golden Globe Awards foi a premiação mais vista nos Estados Unidos no mês de janeiro de 2016, de acordo com dados da Nielsen Media Company, apurados com exclusividade pelo TV em Análise Críticas. Apesar da queda de 5,17% na média entre os telespectadores na faixa de 18 a 49 anos em relação ao ano passado, os Globes asseguraram a ponta tanto em total de telespectadores quanto na média 18-49. Na média domiciliar, os Globes de 2016 registraram 9,3 pontos com share de 15,1. Esse número é três vezes maior que o registrado pelo 42º People’s Choice Awards, realizado na quarta-feira (6).
Nos gráficos abaixo, as audiências das quatro principais premiações televisionadas pelas emissoras abertas e fechadas americanas no período de 1º a 31 de janeiro de 2016, distribuídas em três aspectos:

PREMIAÇÕES DA MID-SEASON 2016 – TELESPECTADORES
Foram considerados os números de audiência das premiações realizadas no período de 1º a 31 de janeiro de 2016
Data Evento Emissora(s) Telespectadores (em milhões)
10/1/2016 73º Golden Globe Awards NBC 18,5
6/1/2016 42º People’s Choice Awards CBS 5,9
30/1/2016 22º SAG Awards TNT/TBS 2,6
17/1/2016 21º Critics’ Choice Awards A&E/History/LMN 1,5
PREMIAÇÕES DA MID-SEASON 2016 – MÉDIA 18-49
Foram considerados os números de audiência das premiações realizadas no período de 1º a 31 de janeiro de 2016
Data Evento Emissora(s) Média 18-49
10/1/2016 73º Golden Globe Awards NBC 5,5
6/1/2016 42º People’s Choice Awards CBS 1,3
30/1/2016 22º SAG Awards TNT/TBS 0,7
17/1/2016 21º Critics’ Choice Awards A&E/History/LMN 0,4
PREMIAÇÕES DA MID-SEASON 2016 – MÉDIA E SHARE DOMICILIAR
Foram considerados os números de audiência das premiações realizadas no período de 1º a 31 de janeiro de 2016
Data Evento Emissora Média domiciliar Share
10/1/2016 73º Golden Globe Awards NBC 9,3 15,1
6/1/2016 42º People’s Choice Awards CBS 3,8 6,5
Publicado em Ibopes da vida, Premiações | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Em lista da Kantar Ibope para a Grande São Paulo no mês de dezembro de 2015, concurso Miss Universo atrasado por Pânico na Band perde até para barraco de Sônia Abrão


Certame ocupa a 209ª colocação de um total de 281 programas listados pelo site CTV Audiência com exclusividade para o Críticas

Da redação TV em Análise

Miss Universe Organization/Divulgação/20.12.2015


Uma situação que vai deixar Pia Wurtzbach horrorizada

Uma notícia nada desejável para os fãs de concursos de beleza: de acordo com a listagem detalhada de audiências de TV aberta relativas ao mês de dezembro de 2015 na Grande São Paulo, fornecida no início da tarde deste domingo (7) ao TV em Análise Críticas pelo site especializado CTV Audiência, o concurso Miss Universo 2015, que a Rede Bandeirantes escanteou para a madrugada da segunda-feira (21), para não prejudicar a audiência do humorístico Pânico na Band, ocupa uma nada honroso 209º lugar entre 281 programas listados a partir de números forneciidos pela empresa Kantar Ibope Media.
Em comparação ao Miss Universo 2014, que a Band transmitiu ao vivo em janeiro, o certame perdeu 80 posições no ranking total de audiência. À ocasião, o concurso ocupava a 129ª colocação entre os 200 programas mais vistos na principal praça de decisões para o mercado publicitário brasileiro. No ranking geral de audiência de dezembro, o Miss Universo 2015 perde até para o telebarraco da apresentadora Sônia Abrão, 57, na Rede TV!, intitulado A Tarde é Sua. Durante o mês, o circo de horrores de celebridades mortas (a começar de um certo Cristiano Araújo) teve média de 1,86. Além disso, o Miss Universo 2015 perdeu para séries americanas exibidas pelo SBT como The Vampire Diaries (205º lugar), The Middle (207º) e a já cancelada Mike & Molly (202º), Para piorar, o certame fica atrás também do Victoria’s Secret Fashion Show, exibido pelo mesmo SBT, que ocupa a 134ª colocação, com média domiciliar duas vezes maior. Números detalhados:

1-A Regra do Jogo (Globo) 27,46
2-Roberto Carlos Especial (Globo) 25,10
3-Futebol 2015 – 4ª/dom (Globo) 24,85
4-Jornal Nacional (Globo) 23,74
5-Totalmente Demais (Globo) 22,93
6-Festeja Brasil (Globo) 22,20
7-Tela Quente (Globo) 21,92
8-Retrospectiva 2015 (Globo) 21,70
9-SPTV 2ª Edição (Globo) 21,22
10-Mister Brau (Globo) 21,10
11-Cinema Especial (Globo) 20,80
12-Globo Repórter (Globo) 20,73
13-The Voice Brasil (Globo) 20,10
14-Fantástico (Globo) 19,05
15-Além do Tempo (Globo) 18,43
16-Zorra (Globo) 17,03
17-Domingão do Faustão (Globo) 16,40
18-Queima de Fogos (Globo) 16,10
19-Presente de Natal (Globo) 15,40
20-Mundial de Clubes (Globo) 14,80
21-Pé na Cova (Globo) 14,60
22-Radar SP (Globo) 14,60
23-Escolinha do Professor Raimundo (Globo) 14,47
24-Malhação: Seu Lugar no Mundo (Globo) 14,38
25-Temperatura Máxima (Globo) 13,90
26-Show da Virada (Globo) 13,70
27-Vale a Pena Ver de Novo (Globo) 13,67
28-U2 em Paris (Globo) 12,60
29-Caldeirão do Huck (Globo) 12,55
30-Domingo Maior (Globo) 12,33
31-Lista Negra/The Blacklist (Globo) 12,07
32-Rei Davi – reprise (Record) 11,68
33-SPTV 1ª Edição (Globo) 11,24
34-Jornal Hoje (Globo) 11,10
35-Altas Horas (Globo) 10,83
36-Domingo Espetacular (Record) 10,73
37-Globo Esporte (Globo) 10,60
38-Batalha dos Confeiteiros Brasil (Record) 10,45
39-Família Record (Record) 10,40
40-Profissão Repórter (Globo) 10,05
41-Jornal da Globo (Globo) 10,03
42-Estrelas (Globo) 10,03
43-Sessão da Tarde (Globo) 10,01
44-Os Caras de Pau (Globo) 9,98
45-Corrida de São Silvestre (Globo) 9,70
46-Esquenta (Globo) 9,65
47-Programa Silvio Santos (SBT) 9,63
48-Retrospectiva 2015 (Record) 9,40
49-UFC Combate (Globo) 9,30
50-Globo Rural (Globo) 9,30
51-Cúmplices de um Resgate (SBT) 9,28
52-Carrossel – reprise (SBT) 9,27
53-Vídeo Show (Globo) 9,19
54-Esporte Espetacular (Globo) 9,13
55-Auto Esporte (Globo) 9,10
56-A Fazenda (Record) 8,81
57-Especial Zezé de Camargo e Luciano (Record) 8,60
58-Jornal da Record (Record) 8,59
59-Bom Dia Brasil (Globo) 8,58
60-A Fazenda Especial (Record) 8,20
61-Domingo Show (Record) 8,10
62-Hora do Faro (Record) 7,88
63-Programa do Ratinho (SBT) 7,87
64-Roda a Roda Jequiti (SBT) 7,83
65-A Mansão Bem Assombrada (SBT) 7,80
66-Troca de Família (Record) 7,70
67-Repórter em Ação (Record) 7,55
68-SuperCine (Globo) 7,40
69-Tela de Sucessos (SBT) 7,33
70-Missa do Galo (Globo) 7,30
71-Máquina da Fama (SBT) 7,28
72-Cidade Alerta (Record) 7,27
73-Especial – Isso eu Faço! (Record) 7,20
74-Cine Espetacular (SBT) 7,17
75-Legendários (Record) 7,13
76-Balanço Geral 2ª Edição (Record) 7,11
77-Bom Dia São Paulo (Globo) 7,00
78-Mais Você (Globo) 7,00
79-Retrospectiva dos Famosos (Record) 7,00
80-Programa da Sabrina (Record) 6,95
81-Balada Olímpica (Globo) 6,90
82-Conexão Repórter (SBT) 6,90
83-Encontro com Fátima Bernardes (Globo) 6,87
84-Eliana (SBT) 6,78
85-Sabadão (SBT) 6,75
86-Sessão de Gala (Globo) 6,73
87-A Praça é Nossa (SBT) 6,64
88-Pequenas Empresas & Grandes Negócios (Globo) 6,63
89-Jornal da Record Especial (Record) 6,63
90-Xuxa Meneghel (Record) 6,43
91-Cidade Alerta Especial (Record) 6,35
92-A Dona (SBT) 6,31
93-Prova de Amor – reprise (Record) 6,31
94-Hell’s Kitchen: Cozinha sob Pressão (SBT) 6,28
95-É de Casa (Globo) 6,25
96-Super Tela (Record) 6,25
97-Teresa (SBT) 6,13
98-Bom Dia & Companhia (SBT) 6,12
99-Câmera Record (Record) 6,10
100-Bem Estar (Globo) 6,09
101-Cine Aventura (Record) 6,05
102-Retrospectiva 2015 (SBT) 5,90
103-Cine Record Especial (Record) 5,90
104-Fala Brasil (Record) 5,90
105-Programa do Jô (Globo) 5,87
106-Você Acredita em Papai Noel? (SBT) 5,80
107-Domingo Legal (SBT) 5,80
108-Chaves – reprise (SBT) 5,73
109-Under the Dome: Prisão Invisível (Globo) 5,69
110-Pânico na Band (Band) 5,68
111-MasterChef Júnior (Band) 5,63
112-Cine Aventura Especial (Record) 5,60
113-Esquadrão da Moda (SBT) 5,60
114-Futebol 2015 – 4ª/dom (Band) 5,55
115-Feriadão SBT (SBT) 5,50
116-Cuidado com o Anjo (SBT) 5,38
117-Pérola Negra – reprise (SBT) 5,36
118-São Paulo no Ar (Record) 5,34
119-Batalha dos Confeiteiros Brasil – reprise (Record) 5,30
120-Repórter Record Investigação (Record) 5,28
121-Antena Paulista (Globo) 5,25
122-Como Será? (Globo) 5,23
123-Liga dos Campeões da UEFA (Band) 5,20
124-Corujão do Esporte (Globo) 5,13
125-Maria do Bairro – reprise (SBT) 5,10
126-Hoje em Dia (Record) 5,10
127-SBT Brasil (SBT) 5,09
128-Sessão de Natal (Globo) 4,90
129-Casos de Família (SBT) 4,85
130-Todo Mundo Odeia o Chris/Everybody Hates Chris – reprise (Record) 4,78
131-Programa Raul Gil (SBT) 4,75
132-Kenan & Kel (SBT) 4,70
133-Corujão I (Globo) 4,67
134-Victoria’s Secret Fashion Show (SBT) 4,60
135-The Noite com Danilo Gentili (SBT) 4,56
136-Retrospectiva dos Famosos – reprise (Record) 4,50
137-Retrospectiva 2015 – reprise (Record) 4,50
138-Encrenca (Rede TV!) 4,43
139-Sábado Animado (SBT) 4,38
140-Dominion/CSI/A Nova Super Maquina/Knight Rider, versão 2008-09 (Record) 4,37
141-Família Record – reprise (Record) 4,30
142-Hora Um (Globo) 4,28
143-Santa Missa (Globo) 4,23
144-Jornal da Band (Band) 4,19
145-Brasil Urgente-SP (Band) 4,18
146-Cine Record Especial Tarde (Record) 4,15
147-Mundo Disney (SBT) 4,13
148-Cine Especial (SBT) 4,10
149-16º Grammy Latino (SBT) 4,10
150-Via Brasil (Globo) 4,08
151-Corujão II (Globo) 4,03
152-Corujão III (Globo) 4,00
153-Fala Brasil Especial (Record) 3,98
154-Record Kids (Record) 3,93
155-Esporte Fantástico (Record) 3,88
156-Chaves – reprise/domingo (SBT) 3,88
157-Record Kids Especial (Record) 3,75
158-Brasil Urgente (Band) 3,73
159-Chamas da Vida – reprise (Record) 3,67
160-Terceiro Tempo (Band) 3,63
161-Copa Caixa de Futebol Feminino (Band) 3,63
162-Pequenos Campeões (SBT) 3,58
163-Cine Belas Artes (SBT) 3,50
164-Mentes Criminosas/Criminal Minds (Globo) 3,48
165-Roberto Justus Mais (Record) 3,28
166-Polícia 24 Horas (Band) 3,15
167-Arrow (SBT) 3,13
168-Jornal do SBT Noite (SBT) 3,03
169-A Liga (Band) 2,90
170-Acelerados (SBT) 2,88
171-Fatmagül: A Força do Amor (Band) 2,85
172-Só Risos/domingo (Band) 2,80
173-Top Cine (Band) 2,80
174-Zezé de Camargo e Luciano Especial – reprise (Record) 2,70
175-MasterChef – O Desafio (Band) 2,70
176-Jogo Aberto (Band) 2,69
177-Te Peguei na TV (Rede TV!) 2,68
178-The Love School (Record) 2,68
179-Líderes do Brasil (SBT) 2,60
180-CQC – Custe o Que Custar (Band) 2,60
181-Big Bang, a Teoria (SBT) 2,58
182-Balanço Geral 1ª Edição (Record) 2,57
183-Os Donos da Bola (Band) 2,43
184-Mega Senha (Rede TV!) 2,38
185-Carrossel Animado (SBT) 2,30
186-Fala Que eu Te Escuto (Record) 2,30
187-Pânico na Band – reprise (Band) 2,30
188-Okay Pessoal (SBT) 2,30
189-O Mundo Segundo os Brasileiros (Band) 2,28
190-Operação de Risco (Rede TV!) 2,23
191-Turismo e Aventura (SBT) 2,18
192-Os Simpsons (Band) 2,14
193-Dois Homens e Meio/Two and a Half Men (SBT) 2,12
194-Jornal do SBT Manhã (SBT) 2,07
195-Brasil Caminhoneiro (SBT) 2,05
196-Chaves – reprise/sábado (SBT) 2,05
197-Jornal do SBT Madrugada II (SBT) 2,02
198-True Blood (SBT) 1,98
199-I Love Lucy (SBT) 1,95
200-Jornal do SBT Madrugada (SBT) 1,94
201-Jornal do SBT Manhã 7h (SBT) 1,94
202-Mike e Molly (SBT) 1,93
203-Jornal da Semana SBT (SBT) 1,88
204-A Tarde é Sua (Rede TV!) 1,86
205-The Vampire Diaries (SBT) 1,85
206-Sessão Livre (Band) 1,85
207-The Middle (SBT) 1,83
208-Encrenca – reprise (Rede TV!) 1,83
209-Miss Universo 2015 (Band) 1,80
210-Southland (SBT) 1,78
211-MasterChef – A Prévia (Band) 1,78
212-CQC 3.0 (Band) 1,73
213-Polícia 24 Horas – melhores momentos (Band) 1,70
214-Operação de Risco – reprise (Rede TV!) 1,70
215-Futebol de Areia (Band) 1,70
216-MasterChef Júnior – reprise (Band) 1,70
217-Sorteio EuroCopa 2016 (Band) 1,70
218-Marvin Marvin (SBT) 1,68
219-Mega Senha – reprise (Rede TV!) 1,58
220-Sábado Animal (Band) 1,50
221-Gol – O Grande Momento do Futebol (Band) 1,50
222-Jornal da Noite (Band) 1,49
223-Canal Livre (Band) 1,47
224-Sessão Especial (Band) 1,45
225-Você na TV (Rede TV!) 1,33
226-Programa do Templo (Record) 1,33
227-Os Simpsons – noite (Band) 1,32
228-Festa da Virada (Band) 1,30
229-Band Esporte Clube (Band) 1,30
230-Luciana By Night (Rede TV!) 1,30
231-Luciana By Night – reprise (Rede TV!) 1,30
232-Desenhos Bíblicos (Record) 1,27
233–Show Business (Band) 1,27
234-Café com Jornal-SP (Band) 1,22
235-SuperPop (Rede TV!) 1,21
236-Jungle Fight (Band) 1,20
237-Band Kids – Os Simpsons (Band) 1,17
238-Os Simpsons – sánado/domingo (Band) 1,10
239-Uma História de Horror Americana/American Horror Story: Coven (Band) 1,08
240-TV Fama 1ª Edição (Rede TV!) 1,07
241-Café com Jornal – Edição Brasil (Band) 1,03
242-Show da Fé (Band) 0,99
243-Good News (Rede TV!) 0,98
244-Documento Verdade (Rede TV!) 0,98
245-Dia Dia (Band) 0,94
246-Chega Mais (Rede TV!) 0,93
247-Bola na Rede (Rede TV!) 0,87
248-Te Peguei – madrugada (Rede TV!) 0,85
249-RedeTV News (Rede TV!) 0,85
250-Programação Iurd (Record) 0,84
251-Retrospectiva 2015 (Rede TV!) 0,80
252-Leitura Dinâmica (Rede TV!) 0,77
253-O Melhor da Liga (Band) 0,73
254-Mariana Godoy Entrevista (Rede TV!) 0,70
255-Sensancional (Rede TV!) 0,68
256-TripTV (Band) 0,67
257-Show Business – reprise (Band) 0,65
258-Pé na Estrada (Band) 0,65
259-Só Risos (Band) 0,65
260-Os Pilares da Terra/The Pillars of the Earth (Band) 0,63
261-Programa Amaury Jr (Rede TV!) 0,63
262-Jornal BandNews (Band) 0,63
263-TV Fama 2ª Edição (Rede TV!) 0,62
264-Drake e Josh (Band) 0,60
265-Te Peguei – domingo (Rede TV!) 0,60
266-Cinema na Madrugada (Band) 0,55
267-Glee (Band) 0,54
268-Dragon Ball Z Kai (Band) 0,54
269-Santo Culto em Seu Lar (Record) 0,53
270-Especial 2015 (Rede TV!) 0,50
271-Vôlei na Rede (Rede TV!) 0,50
272-Te Peguei – manhã (Rede TV!) 0,50
273-Melhor Pra Você (Rede TV!) 0,49
274-Ritmo Brasil (Rede TV!) 0,48
275-Super Extremo (Rede TV!) 0,48
276-Viagem Cultural (Rede TV!) 0,34
277-Basquete Brasil (Rede TV!) 0,33
278-Show da Fé (Rede TV!) 0,33
279-É Notícia (Rede TV!) 0,30
280-Debate Brasil (Rede TV!) 0,25
281-Super Faixa do Esporte (Rede TV!) 0,20

Publicado em Ibopes da vida, Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário