As indicações, atos musicais e apresentadores de categorias do 33º Video Music Awards, em detalhes


Quadro é liderado por Beyoncé, que concorre em 11 categorias

Da redação TV em Análise

Fotomontagem/Daily Telegraph


Adele (à direita) vem na sequência, com oito indicações

Anunciadas na terça-feira, 26 de julho, as indicações nas 16 categorias competitivas da 33ª edição do Video Music Awards colocam lado a lado uma rivalidade já anunciada entre as cantoras Beyoncé e Adele, artistas com o maior cartel de indicações – 11 e 8, respectivamente. Tiveram mais indicações que o artista masculino mais indicado, Drake, que concorre em seis categorias.
Marcada para as 21h (horário local, 22h, horário de Brasília), no Madison Square Garden, em Nova York, a edição 2016 do VMA tem a seguinte relação de atos musicais: Britney Spears com G-Eazy, Alessia Cara com Troye Sivan, Jidenna, Lukas Graham, Rihanna, Ariana Grande com Nicki Minaj, The Chainsmokers e Halsey, Future e Nick Jonas com Ty Dolla $ign. Os apresentadores de categorias e atos musicais são estes: Sean “Diddy” Combs, Ansel Elgort, Jimmy Fallon, Fifth Harmony, Kim Kardashian, Alicia Keys, Tove Lo, Shameik Moore, as ginastas olímpicas Simone Biles, Gabby Douglas, Laurie Hernandez, Madison Kocian e Aly Raisman, Rita Ora, Michael Phelps, Bebe Rexha e Jaden Smith. Não haverá mestre de cerimônias. A MTV Brasil e as MTVs de outras partes do mundo irão transmitir o evento ao vivo. Nos Estados Unidos., outras bandeiras da Viacom como BET e Comedy Central participarão da transmissão simultânea, Lista detalhada

Clipe do ano
Adele- Hello
Beyoncé – Formation
Drake – Hotline Bling
Justin Bieber – Sorry
Kanye West – Famous

Clipe feminino
Adele – Hello
Ariana Grande – Into You
Beyoncé – Hold Up
Rihanna com Drake – Work
Sia – Cheap Thrills

Clipe masculino
Bryson Tiller – Don’t
Calvin Harris com Rihanna – This is What you Came For
Drake – Hotline Bling
Kanye West – Famous
The Weeknd – Can’t Feel My Face

Clipe de hip-hop
2 Chainz – Watch Out
Bryson Tiller – Don’t
Chance the Rapper com Saba – Angels
Desiigner – Panda
Drake – Hotline Bling

Clipe pop
Adele – Hello
Alessia Cara – Wild Things
Ariana Grande – Into You
Beyoncé – Formation
Justin Bieber – Sorry

Clipe de rock
All Time Low – Missing You
Coldplay – Adventure of a Lifetime
Fall Out Boy com Demi Lovato – Irresistible
Panic! At the Disco – Victorious
Twenty One Pilots – Heathens

Artista revelação
Bryson Tiller
Desiigner
DNCE
Lukas Graham
Zara Larsson

Clipe de música eletrônica
99 Souls com Destiny’s Child & Brandy – The Girl is Mine
Afrojack – Summerthing!
Calvin Harris & Disciples – How Deep is Your Love
Mike Posner – I Took a Pill in Ibiza
The Chainsmokers com Daya – Don’t let me Down

Melhor colaboração
Ariana Grande com Lil Wayne – Let me Love You
Beyoncé com Kendrick Lamar – Freedom
Calvin Harris com Rihanna – This is What You Came for
Fifth Harmorny com Ty Dolla $ign – Work From Home
Rihanna com Drake – Work

Vídeo de longa diração
Beyoncé – Lemonade
Chris Brown – Royalty
Florence + The Machine – The Odyssey
Justin Bieber – Purpose: The Moviment
Troye Sivan – Blue Neighborhood Trilogy

CATEGORIAS TÉCNICAS

Direção de arte
Colombe Raby – Adele – Hello
Jason Hougaard – Beyoncé – Hold Up
Jan Houllevigue – David Bowie – Blackstar
Jeremy MacFarlane – Drake – Hotline Bling
Alexander Delgado – Fergie – M.I.L.F.$

Coreografia
Chris Grant, JaQuel Knight e Dana Foglia – Beyoncé – Formation
Tricia Miranda – Missy Elliott com Pharrell – WTF (Where They From)
Chris Grant, JaQuel Knight, Dana Foglia, Anthony Burrell e Beyoncé Knowles Carter – Beyoncé – Sorry
FKA twigs – FKA twigs – M3LL155X
Holly Blakey – Florence + The Machine – Delilah

Direção
Melina Matsoukas – Beyoncé – Formation
Vania Heymann e Gal Muggia – Coldplay – Up&Up
Xavier Dolan – Adele – Hello
Johan Renck – David Bowie – Lazarus
Coletivo CANADA – Tame Impala – The Less I Know The Better

Fotografia
Malik Sayeed – Beyoncé – Formation
André Turpin – Adele – Hello
Crille Forsberg – David Bowie – Lazarus
Corey Jennings – Alesso – I Wanna Know
Paul Laufer – Ariana Grande – Into You

Edição
Jeff Selis – Beyoncé – Formation
Xavier Dolan – Adele – Hello
Vinnie Hobbs – Fergie – M.I.L.F.$
Johan Söderberg – David Bowie – Lazarus
Hannah Lux Davis – Ariana Grande – Into You

Efeitos Visuais
Vania Heymann – Coldplay – Up&Up
Lewis Saunders e Jihoon Yoo – FKA twigs – M3LL155X
Sam Sneade – Adele – Send My Love (To Your New Lover)
Bryan Smaller – The Weeknd – Can’t Feel My Face
David Smith – Zayn – Pillowtalk

Publicado em Canta USA, Eventos, Premiações | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Antes de afundar o barco com as misses, a Band tinha na Tiazinha seu principal padrão de beleza


Relembre o ensaio da atriz Suzana Alves feito para a Playboy de março de 1999, nas ruas de Nova Orlean pré-furacão Katrina

Fotos J.R. Duran/Playboy/Reprodução

Publicado em Cult, Divas, Revistas | Marcado com , , , , , , , , , | Deixe um comentário

EXCLUSIVO: Sai a primeira avaliação parcial do Críticas para o concurso Miss Brasil 2016


Candidatas de Santa Catarina e Rio Grande do Sul se tornam as grandes players da apuração de notas dos dois terços dos certames estaduais já realizados para a etapa nacional do Miss Universo 2016

Da redação TV em Análise

Agência Top Miss


Catarinense Mariana Guerra lidera o primeiro ranking de favoritas

A formação do quadro necessário à elaboração do ranking de favoritas ao título de Miss Brasil 2016 deu ao TV em Análise Críticas entre os dias 28 de maio e 27 de agosto o gás necessário para que este espaço pudesse, enfim, iniciar a série de avaliações parciais com vistas à etapa brasileira do Miss Universo 2016. Sem recorrer às injustiças de anos anteriores, o Críticas optou por usar o bom senso na formatação do ranking de favoritas, que passa a partir de agora a obedecer a mesma padronização verificada nas avaliações parciais do Miss Universo desde 2011: esperar que um quórum mínimo de 15 candidatas se forme para, enfim, proceder-se à avalaiação parcial necessária, desde que se chegue a um escopo mínimo de 18 candidatas a serem apuradas, para efeito de colocação de trabalho de infografia.
Como resultado deste esforço editorial, que demandou três meses, o Críticas informa que a liderança do primeiro ranking de 15 favoritas ao título pertence à candidata de Santa Catarina, Mariana Guerra, 24, que conseguiu a vaga para o concurso nacional na noite deste sábado (27), em Itajaí (95 km ao norte da capital, Florianópolis), representando a cidade de Araranguá. A segunda colocação desta rodada é ocupada pela gaúcha Letícia Borghetti Kuhn, eleita no concurso estadual realizado no sábado, 23 de julho, em Porto Alegre, representando a cidade de Tapera.

Antares Martinas/Organização Miss Brasil Universo/23.07.2016


Vice-liderança de primeira parcial é da gaúcha Letícia Kuhn

Na complementação do ranking de cinco favoritas ao título, aparecem a amazonense Brena Dianná, a cearense Morgana Carlos e a potiguar Danielle Marion. As candidatas da Bahia, Pernambuco, Amapá, Paraná e Sergipe completam o ranking provisório de 10 favoritas a uma caga entre as semifinalistas. Fecham o primeiro top 15 do Críticas para o Miss Brasil 2016 as candidatas do Maranhão, São Paulo, Distrito Federal, Alagoas e Mato Grosso. Após a confirmação de 18 candidatas estaduais para a etapa brasileira do Miss Universo 2016, o ranking de notas em ordem decrescente é este:

NOTAS DAS CANDIDATAS EM ORDEM DECRESCENTE
Foram consideradas as notas dos quesitos de traje de banho e traje de gala, além das aparições em noticiários
Candidata Traje de Banho Traje de Gala Aparições de Mídia Média Geral
Mariana Guerra (SC) 10 9,989 9,977 9,988
Letícia Borghetti (RS) 10 10 9,872 9,957
Brena Dianná (AM) 10 10 9,859 9,953
Morgana Carlos (CE) 10 9,877 9,971 9,949
Danielle Marion (RN) 10 9,951 9,877 9,942
Victoria Esteves (BA) 10 9,836 9,941 9,925
Talita Martins (PE) 10 9,897 9,851 9,916
Joely Teixeira (AP) 9,951 9,977 9,813 9,913
Raíssa Santana (PR) 9,959 9,938 9,831 9,909
Carol Valença (SE) 10 9,959 9,762 9,907
Deise D’anne (MA) 9,971 9,950 9,793 9,904
Sabrina de Paiva (SP) 9,877 9,923 9,895 9,898
Sarah Souza (DF) 10 9,839 9,809 9,882
Gabriela Marinho (AL) 10 9,979 9,659 9,879
Taiany Zimpel (MT) 9,871 9,851 9,891 9,871
Mônica França (GO) 9,871 9,879 9,851 9,867
Jaqueline Verrel (TO) 9,978 9,875 9,637 9,830
Paloma Marques (MG) 9,891 9,899 9,679 9,823
NOTAS DAS CANDIDATAS EM ORDEM ALFABÉTICA
Foram consideradas as notas dos quesitos de traje de banho e traje de gala, além das aparições em noticiários
Candidata Traje de Banho Traje de Gala Aparições de Mídia Média Geral
Gabriela Marinho (AL) 10 9,979 9,659 9,879
Joely Teixeira (AP) 9,951 9,977 9,813 9,913
Brena Dianná (AM) 10 10 9,859 9,953
Victoria Esteves (BA) 10 9,836 9,941 9,925
Morgana Carlos (CE) 10 9,877 9,971 9,949
Sarah Souza (DF) 10 9,839 9,809 9,882
Mônica França (GO) 9,871 9,879 9,851 9,867
Deise D’anne (MA) 9,971 9,950 9,793 9,904
Taiany Zimpel (MT) 9,871 9,851 9,891 9,871
Paloma Marques (MG) 9,891 9,899 9,679 9,823
Raíssa Santana (PR) 9,959 9,938 9,831 9,909
Talita Martins (PE) 10 9,897 9,851 9,916
Danielle Marion (RN) 10 9,951 9,877 9,942
Letícia Borghetti (RS) 10 10 9,872 9,957
Mariana Guerra (SC) 10 9,989 9,977 9,988
Sabrina de Paiva (SP) 9,877 9,923 9,895 9,898
Carol Valença (SE) 10 9,959 9,762 9,907
Jaqueline Verrel (TO) 9,978 9,875 9,637 9,830

Após a rodada, o panorama das 15 semifinalistas (de acordo com os padrões da organização do Miss Brasil) é este:

-Mariana Guerra (SC)-9,988
-Letícia Borghetti (RS)-9,957
-Brena Dianná (AM)-9,953
-Morgana Carlos (CE)-9,949
-Danielle Marion (RN)-9,942
-Victoria Esteves (BA)-9,925
-Talita Martins (PE)-9,916
-Joely Teixeira (AP)-9,913
-Raíssa Santana (PR)-9,909
-Carol Valença (SE)-9,907
-Deise D’anne (MA)-9,904
-Sabrina de Paiva (SP)-9,898
-Sarah Souza (DF)-9,882
-Gabriela Marinho (AL)-9,879
-Taiany Zimpel (MT)-9,871

-Mônica França (GO)-9,867
-Jaqueline Verrel (TO)-9,830
-Paloma Marques (MG)-9,823

Na 14ª e 15ª colocações, as candidatas de Alagoas, Gabriela Marinho, e de Mato Grosso, Taiany Zimpel, estão vulneráveis a caírem fora do top 15 na segunda avaliação parcial, que vai abarcar as notas a serem apuradas dos concursos de Acre e Roraima, a serem realizados na quinta-feira, 1º de setembro. Em tese, esses certames podem ajudar as duas candidatas, mas elas poderão ser prejudicadas mais à frente, quando os Estados restantes – Espírito Santo (6/9), Mato Grosso do Sul, Rondônia (8/9), Piauí, Paraíba (10/9) (integrantes da terceira avaliação parcial), Pará (15/9) e Rio de Janeiro (17/9) (integrantes da quarta avaliação parcial) – definirem suas candidatas.
As notas de avaliação foram ponderadas a partir da verificação de noticiário, redes sociais e iconografia fotográfica das candidatas realizadas durante a programação oficial e após cada concurso estadual pela redação do Críticas, entre os dias 29 de maio e 28 de agosto de 2016. Vale ressaltar que esta sondagem não reflete, necessariamente, a classificação oficial para as semifinais do Miss Brasil 2016, bem como para suas etapas classificatórias posteriores (trajes de banho, trajes de gala e entrevista final).

Publicado em Datamisses, Nossas Venezuelas, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Ilha de Siargao apresenta proposta para receber sessão de fotos de trajes de banho do Miss Universo 2016


Cerca de 20 candidatas estarão na região para participar do ensaio

Da redação TV em Análise, com agências

Manila Bulletin


Entre 2010 e 2015, região teve crescimento de 123.8% no número de turistas

A proposta do governo da província de Surigao del Norte (região de Mindanao, 757 km ao sudeste da capital, Manila) para sediar a realização da sessão de fotos oficiais de trajes de banho do concurso Miss Universo 2016 recebeu resposta positiva do Departamento de Turismo das Filipinas (DOT, na sigla em inglês). O anúncio foi feito na manhã da quinta-feira (26) pela governadora Sol Matugas, em entrevista coletiva após reunião com a chefe do órgão, Wanda Teo.
A governadora disse que cerca de 20 candidatas farão suas fotos oficiais de trajes de banho em Siargao. “Em nome de toda a comunidade Surigaonon, estamos muito satisfeitos em apoiar os esforços do Departamento de Turismo no desenvolvimento da indústria do turismo, especialmente com sucesso com a seleção do país como o anfitrião mais esperado do Miss Universo”, disse a chefe de governo.
O governo de Surigao del Norte disse que a província teve um incremento de 123.8% no número de turistas na região entre 2010 (187.875) e 2015 (420.448). Uma maior movimentação de turistas na região é esperada para os próximos meses, principalmente devido à realização, em setembro, de uma etapa do Circuito Mundial de Surfe.
Além de Siragao, outras sete cidades filipinas – Batangas, Cagayan de Oro, Isabela Province, Cebu, Davao, Palawan e Vigan – também se candidataram para receber eventos secundários do Miss Universo 2016. A preliminar e a final televisionada deverão acontecer na manhã do dia 30 de janeiro de 2017, pelo horário local (noite do dia 29 de janeiro, pelo horário de Brasília). Cinco cidades – Angeles, Antipolo, Bocaue, Pasay e Quezón City – disputam o direito de sediar a parte mais nobre da 65ª edição do concurso de Miss Universo, que terá transmissão para 213 países e territórios. A distribuição internacional para 190 deles ficará a cargo da Alfred Haber Distribution.

Anúncio oficial só sairá após pagamento de taxas, diz MUO

Especialistas locais em concursos de beleza disseram ao jornal Inquairer na quarta-feira (17) que a direção da Miss Universe Organization informou que não fez o anúncio formal da sede do Miss Universo 2016 para as Filipinas devido à burocracia que cerca o pagamento das taxas de organização. De acordo com a publicação, uma fonte que pediu para não ser identificada afirmou que a MUO está tentando evitar problemas como os que ocorreram em 2012, quando Santo Domingo, capital da República Dominicana, abandonou a candidatura devido a medidas de austeridade implantadas pelo presidente recém-empossado, Danilo Medina, impostas pelo Fundo Monetário Internacional (FMI). À ocasião, Las Vegas, que já recebera o certame em caráter de emergência em 2010, após a desistência de Santa Cruz de la Sierra (Bolívia) por razões políticas, foi incumbida de receber o certame, que contou com 89 candidatas.
A não decisão da MUO sobre o caso filipino também afeta sua geradora oficial em língua inglesa, a FOX, que também se sente impedida de emitir press releases sobre o assunto enquanto Comitê Organizador Filipino (PHC, na sigla em inglês) não resolver o lado financeiro da história. No entanto, as autoridades filipinas insistem em dizer que está tudo certo para o certame ocorrer no país, faltando apenas aparar algumas arestas, principalmente nos campos financeiro e jurídico, para que a FOX e a MUO façam o anúncio formal o quanto antes.
Devido a ameaças recentes do Estado Islâmico, a segurança das candidatas nas cidades que acolherão atividades do Miss Universo 2016 e em todos os locais de ensaios e competição será rigorosamente reforçada.

Publicado em Eventos, Jóia da coroa, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo | Marcado com , , , , , , , , | Deixe um comentário

Assunto da semana: O Y Factor do Oscar do horário nobre


Claire Danes e as chupetas do 68º Primetime Emmy de atriz em drama

Showtime/Divulgação/19.10.2015

Você é forte, dentes e músulos, peitos e lábios”
(Caetano Veloso, in: Você é Linda, 1983)

Simples assim: jogue-se a carga de oito indicações de Claire Danes, nascida menos de dois meses antes de sua ex-colega de Homeland, a carioca Morena Baccarin, 37, (agora a serviço de Gotham) contra um grupo de sem debutantes, de “criancinhas”, como diria a saudosa Elke Maravilha, em termos de concorrência histórica ao Primetime Emmy de melhor atriz em série dramática. Para a 68ª edição do “Oscar do horário nobre americano”, joga-se mais uma vez a experiência contra a imaturidade de certas atrizes na premiação.
Sem usarmos dos termos derrogatórios empregados por Alexandre Frota contra as senadoras Vanessa Grazziotin e Gleisi Hoffman, mas o usando para um bom sentido, a “bancada da chupeta” do 68º Primetime Emmy de melhor atriz em série dramática parece ter poder de influência altíssimo para decidir quem leva a estatueta. Tirando-se Viola Davis, que acabou de incorporar à sua idade recém-completada o número da marca da cachaça da “boa ideia”, vencedora do segmento no ano passado, pode-se extrair desse sumo muita coisa.

Kevin Winter/Getty Images/14.07.2016

E por que o imbecil de plantão chama as concorrentes ao Emmy de atriz dramática de “bancada da chupeta”? Simples: a favor de Claire Danes conta seu histórico construído a partir da Vida de Cão não correlata a Veja, IstoÉ, Época, Estadão, O Globo, dentre outros dejetos da mídia velhaca. Velhaca não para se aplicar a Taraji P. Henson, 45, idade tucana para a estrela central do drama fonográfico Empire, preso no som livre da Globo enquanto a FOX afina a divulgação da temporada 3, para passar no canal premium junto com a matriz ianque.
Bom. Esquecer da cinquentona Robin Wright para a pauta? A mulher do Eduardo Cunha do House of Cards? Não. Mas não dá para mensurar qualquer coisa melhor. Esquecer da doce canadense Tatiana Maslany, 30, e suas seis personagens do Orphan Black? Nem pensar. Mas, falar da Keri Russell, 40, e suas quatro batidas na trave até conseguir o golaço da indicação por The Americans é uma benção para quem a acompanha desde seus 22, no piloto de Feliciry, levado ao ar em 23 de setembro de 1998. Recado dado. Até domingo.

Publicação simultânea com o caderno Notícia da TV do Jornal Meio Norte que circula no domingo (28/8)

Publicado em Atuação, Coluna da Semana, Premiações | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Coordenador do Miss Mato Grosso responderá também pelo Miss Mato Grosso do Sul a partir de 2016


Anúncio foi feito durante lançamento da etapa mato-grossense do Miss Brasil 2016

Da redação TV em Análise

Arthur Passos Fotografia/Divulgação/A Tribuna Mato Grosso


Warner Willion vai ocupar vaga deixada por Melissa Tamaciro

A partir de agora os Estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul passam a ter um único coordenador para as respectivas etapas estaduais do Miss Brasil válido pelo Miss Universo. A tarefa passará a ser de Warner Willion, colunista social responsável desde 1989 pela etapa mato-grossense do Miss Brasil. O anúncio foi feito na segunda-feira, 23 de maio, durante o coquetel de lançamento do concurso Miss Mato Grosso 2016, realizado em uma casa de recepções de Cuiabá, cidade que passará a abrigar doravante as operações do Miss Mato Grosso do Sul, patrocinado pelo Grupo Bandeirantes de Comunicação e pela Polishop, através da marca Be Emotion.
Até 2014, a coordenação do Miss Mato Grosso do Sul esteve nas mãos da empresária Melissa Tamaciro, dona da agência Arena Models, que renunciou ao posto após acusações de manipulação de resultados do concurso estadual e de uso político da concessão estadual do Miss Brasil para impedir a realização do concurso de 2013. O caso foi amplamente denunciado pelo TV em Análise Críticas e chamou a atenção da área jurídica da Rede Bandeirantes, que ameaçou processar o espaço por estar incomodada com as verdades expostas sobre o escárnio que contornava a antiga direção do Miss MS.
Desde 1979, o Mato Grosso do Sul acumula um histórico de 14 classificações entre as semifinalistas do Miss Brasil. O único título foi conquistado em 1998, em São Paulo, por Michela Marchi, semifinalista do Miss Universo do mesmo ano, realizado em Honolulu.
A escolha da representante sul mato-grossense na etapa brasileira do Miss Universo 2016 acontecerá na quinta-feira, 8 de setembro, em local ainda não divulgado até o fechamento desta matéria.

Publicado em Jóia da coroa, Nossas Venezuelas, Projetos especiais | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Ex-ator de The Good Wife assina manifesto contra impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff


Akan Cumming participa de manifesto assinado por nomes como Susan Sarandom, Oliver Stone, Harry Belafonte e Danny Glover

Da redação TV em Análise

Craig Blankenhornl/CBS/Divulgação/17.05.2013


Ele interpretou o advogado Eli Gold nas sete temporadas da trama

O ator escocês Alan Cumming, 51, está entre os 22 artistas e intelectuais estrangeiros que assinaram um manifesto em repúdio à tentativa de impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff, 68, afastada do cargo desde 12 de maio por decisão do Senado Federal, pelo caso das supostas “pedaladas fiscais”, ardilado por advogados do PSDB e alardeado por supostos movimentos reivindicatórios como Movimento Brasil Livre (MBL), Revoltados Online, Vem Pra Rua, dentre outras denominações. Ele é conhecido do público brasileiro por sua atuação nas sete temporadas do drama jurídico The Good Wife, cuja temporada final está em exibição no Universal Channel. Na trama, ele interpretou o advogado Eli Gold, antagonista da defensora Alicia Florrick, vivida por Julianna Margulies, 50.
“Nos solidarizamos com nossos colegas artistas e com todos aqueles que lutam pela democracia e justiça em todo o Brasil”, abre a carta dos intelectuais estrangeiros, apresentada na tarde desta quarta-feira (24), dois dias após o encerramento das Olimpíadas de Verão do Rio de Janeiro e às vésperas do julgamento final de Dilma, que poderá, segundo a imprensa corporativa, resultar na inelegibilidade de Dilma até 2026.
De acordo com a Agência PT de Notícias, o texto reforça que a base jurídica para o afastamento de Dilma “é amplamente questionável” e que há “evidências convincentes” de que a principal motivação dos promotores do impeachment foi abafar investigações de corrupção nas quais estão envolvidos.
Os artistas pedem que os senadores brasileiros que irão votar no julgamento do impeachment respeitem o resultado da eleição presidencial de 2014 e alertam para os riscos regionais caso ele seja aprovado.
“Se este ataque contra suas instituições democráticas for bem sucedido, as ondas de choque negativas irão reverberar em toda a região”, afirma.
Os atores Susan Sarandon e Danny Glover, o linguista Noam Chomsky e da escritora Eve Ensler também assinam a carta. Abaixo, a íntegra do documento

Nos solidarizamos com nossos colegas artistas e com todos aqueles que lutam pela democracia e justiça em todo o Brasil.
Estamos preocupados com o impeachment de motivação política da presidenta, o qual instalou um governo provisório não eleito. A base jurídica para o impeachment em curso é amplamente questionável e existem evidências convincentes mostrando que os principais promotores da campanha do impeachment estão tentando remover a presidenta com o objetivo de parar investigações de corrupção nas quais eles próprios estão implicados.
Lamentamos que o governo interino no Brasil tenha substituído um ministério diversificado, dirigido pela primeira presidente mulher, por um ministério compostos por homens brancos, em um país onde a maioria se identifica como negros ou pardos. Tal governo também eliminou o Ministério das Mulheres, Igualdade Racial e dos Direitos Humanos. Visto que o Brasil é o quinto país mais populoso do mundo, estes acontecimentos são de grande importância para todos os que se preocupam com igualdade e direitos civis.
Esperamos que os senadores brasileiros respeitem o processo eleitoral de 2014, quando mais de 100 milhões de pessoas votaram. O Brasil emergiu de uma ditadura há apenas 30 anos, e esses eventos podem atrasar o progresso do país em termos de inclusão social e econômica por décadas. O Brasil é uma grande potência regional e tem a maior economia da América Latina. Se este ataque contra suas instituições democráticas for bem sucedido, as ondas de choque negativas irão reverberar em toda a região.

Tariq Ali – Roteirista, jornalista e cineasta
Harry Belafonte – Ativista de direitos civis, cantor e ator
Noam Chomsky – Professor Emérito de Linguística do MIT, teórico e intelectual
Alan Cumming – Ator e escritor
Frances de la Tour – Atriz
Deborah Eisenberg – Roteirista, atriz e professora
Brian Eno – Compositor, cantor, artista visual e produtor musical
Eve Ensler – Teatróloga, autora de Monólogos da Vagina
Stephen Fry – Radialista, ator e dirctor.
Danny Glover – Ator e diretor de cinema
Daniel Hunt – Produtor musical e cineasta
Naomi Klein – Roteirista e cineasta
Ken Loach – Cineasta
Tom Morello – Músico
Viggo Mortensen – Ator e músico
Michael Ondaatje – Novelista e poeta
Arundhati Roy – Escritora e ativista
Susan Sarandon – Atriz
John Sayles – Roteirista, diretor e novelista
Wallace Shawn – Ator, teatrólogo e comediante
Oliver Stone – Cineasta
Vivienne Westwood – Estilista de moda

Publicado em Cult, Podres poderes | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário