EXCLUSIVO: Sai a segunda avaliação geral do Críticas para o concurso Miss Universo 2017, após corte final e novas notas


Sul-africana Demi-Leigh Nel-Peters assume a liderança e vice de filipina joga Monalysa Alcântara para a 4ª colocação

Da redação TV em Análise

Miss Universe Organization/Divulgação/15.11.2017


Antes colocadas em uma zona de desconforto, a sul-africana Demi-Leigh Nel-Peters, 22, e a filipina Rachel Peters, 26, passaram a assumir as duas primeiras colocações da segunda rodada de avaliações gerais que o TV em Análise Críticas realiza com vistas ao concurso Miss Universo 2017. A menos de nove horas do início das preliminares de traje de banho e traje de gala, que terão a participação de 92 das 93 candidatas inscritas, a revisão de notas favoreceu amplamente as duas Peters e jogaram a brasileira Monalysa Alcântara, 18, para a quarta colocação.
Na revisão de notas que o Críticas pomoveu para esta rodada, a maior prejudicada foi a peruana Prissila Howard, 26. que caiu da liderança para a 13ª colocação. Ainda assim, permanece com chances de se classificar entre as 16 semifinalistas. O quadro leva em conta a ausência já anunciada da candidata de Serra Leoa, Adama Kargbo, 19, quer não vai chegar a Las Vegas a tempo da preliminar, a ser realizada no mezanino do Planet Hollywood Resort and Casino, em Las Vegas. Abaixo, em ordem decrescente, as notas das 92 candidatas que continuam na disputa do Miss Universo 2017

NOTAS DAS CANDIDATAS EM ORDEM DECRESCENTE
Foram consideradas as notas dos quesitos de traje de banho e traje de gala, além das aparições em noticiários
Candidata Traje de Banho Traje de Gala Aparições de Mídia Média Geral
Demi-Leigh Nel-Peters (RSA) 9,998 9,995 9,989 9,994
Rachel Peters (PHI) 10 9,989 9,987 9,992
Ariela Machado (PAR) 10 10 9,975 9,991
Monalysa Alcântara (BRA) 10 9,987 9,984 9,990
Kára McCullough (USA) 9,988 9,996 9,987 9,990
Laura Ospina (COL) 10 9,983 9,984 9,989
Carmen Muñoz (DOM) 10 9,989 9,975 9,988
Alicia Aylies (FRA) 10 9,978 9,987 9,988
Keysi Sayago (VEN) 9,981 10 9,984 9,988
Bunga Jelitha Ibrani (INA) 9,987 10 9,978 9,988
Stephanie Agbasi (NGR) 10 9,984 9,979 9,987
Denisse Franco (MEX) 10 9,987 9,972 9,986
Prissila Howard (PER) 9,989 9,985 9,984 9,986
Maria Lynn Ehren (THA) 9,984 9,989 9,987 9,986
Nguyen Thi Loan (VIE) 10 9,973 9,987 9,986
Michaela Habánová (CZE) 10 9,972 9,984 9,985
Emina Ekic (SLO) 9,987 9,994 9,975 9,985
Manuela Bruntraeger (SIN) 9,987 9,982 9,983 9,984
Olivia Rogers (AUS) 9,997 9,979 9,973 9,983
Myana Welch (GUM) 9,989 9,984 9,978 9,983
Miriam Polverino (ITA) 9,987 9,985 9,974 9,982
Gleisy Noguer (BOL) 10 9,979 9,959 9,979
Danyeshka Hernández (PUR) 10 9,962 9,973 9,978
Berenice Quezada (NIC) 9,985 9,978 9,972 9,978
Nicky Ophei (NED) 9,979 9,976 9,979 9,978
Elena Correa (CRC) 10 9,979 9,951 9,976
Samantha Katie James (MAS) 10 9,978 9,951 9,976
Lauren Howe (CAN) 9,989 9,967 9,972 9,976
Ksenia Alexandrova (RUS) 9,972 9,974 9,979 9,975
Shanaelle Petty (CRO) 9,981 9,972 9,958 9,970
Katarzyna Włodarek (POL) 9,979 9,972 9,953 9,968
Laura de Sanctis (PAN) 9,979 9,954 9,972 9,968
Liesbeth Claus (BEL) 9,992 9,935 9,971 9,966
Stefania Incandela (ARG) 10 10 9,894 9,964
Celine Schrenk (AUT) 9,986 9,954 9,954 9,964
Blerta Leka (ALB) 9,979 9,958 9,951 9,962
Isel Suñiga (GUA) 9,974 9,985 9,899 9,962
Sofía del Prado (ESP) 10 9,987 9,892 9,959
Nagma Shrestha (NEP) 10 9,973 9,899 9,957
Cailín Áine Ní Toibín (IRL) 10 9,973 9,897 9,956
Sophia Koch (GER) 10 9,972 9,892 9,954
Tiffany Pisani (MLT) 9,989 9,984 9,895 9,954
Cassandra Chéry (HAI) 9,979 9,978 9,897 9,951
Vanessa Bottánová (SVK) 10 9,879 9,973 9,950
Pınar Tartan (TUR) 9,874 10 9,974 9,949
Zun Than Sin (MYA) 9,998 9,973 9,877 9,949
Natividad Leiva (CHI) 9,979 9,893 9,974 9,948
Ioana Mihalache (ROM) 10 9,879 9,959 9,946
Daniela Cepeda (ECU) 9,979 9,960 9,897 9,945
Roxy Qiu Qiang (CHN) 9,973 9,962 9,897 9,944
Esonica Veira (ISV) 9,979 9,987 9,865 9,943
Souphaphone Somvichith (LAO) 9,954 9,974 9,895 9,941
Cho Se Hui (KOR) 10 9,987 9,835 9,940
Momoko Abe (JPN) 9,979 9,859 9,979 9,939
Marisol Acosta (URU) 9,967 9,972 9,877 9,938
Farah Sedky (EGY) 9,865 9,973 9,973 9,937
Christina Peiris (SRI) 9,979 9,974 9,853 9,935
Harlem-Cruz Ihaia (NZL) 9,879 9,954 9,972 9,935
Khephra Sylvester (IVB) 9,975 9,894 9,935 9,934
Marita Gogodze (GEO) 9,877 9,956 9,959 9,930
Ruth Quashie (GHA) 9,874 9,957 9,959 9,930
Sotheary Bee (CAM) 9,979 9,951 9,855 9,928
Shraddha Shashidhar (IND) 9,893 9,896 9,987 9,925
Rafieya Husain (GUY) 10 9,895 9,879 9,924
Nikoleta Todorova (BUL) 9,984 9,893 9,897 9,924
Yasmine Cooke (BAH) 9,979 9,895 9,899 9,924
April Tobie (HON) 9,979 9,895 9,895 9,923
Yana Krasnikova (UKR) 9,979 9,894 9,895 9,922
Michaela Söderholm (FIN) 9,895 9,899 9,973 9,922
Matilde Lima (POR) 9,894 9,979 9,895 9,922
Lesley Chapman (BAR) 9,971 9,894 9,897 9,920
Louise Victor (LCA) 9,899 9,979 9,879 9,919
Akinahom Zergaw (ETH) 9,878 9,978 9,897 9,917
Yvonne Clark (TTO) 9,973 9,875 9,899 9,915
Davina Bennett (JAM) 9,972 9,894 9,879 9,915
Arna Yr Jonsdottir (ISL) 9,984 9,859 9,899 9,914
Kaja Kojan (NOR) 9,967 9,879 9,897 9,914
Angie Callychurn (MRI) 10 9,873 9,867 9,913
Anna Burdzy (GBR) 9,967 9,915 9,859 9,913
Jana Sader (LIB) 9,979 9,899 9,855 9,911
Alisson Abarca (ESA) 9,978 9,897 9,859 9,911
Suné January (NAM) 9,899 9,914 9,915 9,909
Adar Gandelsman (ISR) 9,877 9,952 9,892 9,907
Isabel Chikoti (ZAM) 9,953 9,894 9,851 9,899
Lauriela Martins (ANG) 9,979 9,978 9,715 9,890
Lilian Maraule (TAN) 9,899 9,877 9,895 9,890
Sarah Idan (IRQ) 9,895 9,877 9,899 9,890
Nashaira Balentien (CUR) 9,987 10 9,679 9,888
Alina Mansur (ARU) 9,954 9,875 9,832 9,887
Frida Fornander (SWE) 9,976 9,979 9,689 9,881
Anika Conolly (CAY) 9,851 9,913 9,831 9,865
Kamilla Asylova (KAZ) 9,875 9,797 9,893 9,855
NOTAS DAS CANDIDATAS EM ORDEM ALFABÉTICA
Foram consideradas as notas dos quesitos de traje de banho e traje de gala, além das aparições em noticiários
Candidata Traje de Banho Traje de Gala Aparições de Mídia Média Geral
Blerta Leka (ALB) 9,979 9,958 9,951 9,962
Lauriela Martins (ANG) 9,979 9,978 9,715 9,890
Stefania Incandela (ARG) 10 10 9,894 9,964
Alina Mansur (ARU) 9,954 9,875 9,832 9,887
Olivia Rogers (AUS) 9,997 9,979 9,973 9,983
Celine Schrenk (AUT) 9,986 9,954 9,954 9,964
Yasmine Cooke (BAH) 9,979 9,895 9,899 9,924
Lesley Chapman (BAR) 9,971 9,894 9,897 9,920
Liesbeth Claus (BEL) 9,992 9,935 9,971 9,966
Gleisy Noguer (BOL) 10 9,979 9,959 9,979
Monalysa Alcântara (BRA) 10 9,987 9,984 9,990
Khephra Sylvester (IVB) 9,975 9,894 9,935 9,934
Nikoleta Todorova (BUL) 9,984 9,893 9,897 9,924
Sotheary Bee (CAM) 9,979 9,951 9,855 9,928
Lauren Howe (CAN) 9,989 9,967 9,972 9,976
Anika Conolly (CAY) 9,851 9,913 9,831 9,865
Natividad Leiva (CHI) 9,979 9,893 9,974 9,948
Roxy Qiu Qiang (CHN) 9,973 9,962 9,897 9,944
Laura Ospina (COL) 10 9,983 9,984 9,989
Elena Correa (CRC) 10 9,979 9,951 9,976
Shanaelle Petty (CRO) 9,981 9,972 9,958 9,970
Nashaira Balentien (CUR) 9,987 10 9,679 9,888
Michaela Habánová (CZE) 10 9,972 9,984 9,985
Carmen Muñoz (DOM) 10 9,989 9,975 9,988
Daniela Cepeda (ECU) 9,979 9,960 9,897 9,945
Farah Sedky (EGY) 9,865 9,973 9,973 9,937
Alisson Abarca (ESA) 9,978 9,897 9,859 9,911
Akinahom Zergaw (ETH) 9,878 9,978 9,897 9,917
Michaela Söderholm (FIN) 9,895 9,899 9,973 9,922
Alicia Aylies (FRA) 10 9,978 9,987 9,988
Marita Gogodze (GEO) 9,877 9,956 9,959 9,930
Sophia Koch (GER) 10 9,972 9,892 9,954
Ruth Quashie (GHA) 9,874 9,957 9,959 9,930
Anna Burdzy (GBR) 9,967 9,915 9,859 9,913
Myana Welch (GUM) 9,989 9,984 9,978 9,983
Isel Suñiga (GUA) 9,974 9,985 9,899 9,962
Rafieya Husain (GUY) 10 9,895 9,879 9,924
Cassandra Chéry (HAI) 9,979 9,978 9,897 9,951
April Tobie (HON) 9,979 9,895 9,895 9,923
Arna Yr Jonsdottir (ISL) 9,984 9,859 9,899 9,914
Shraddha Shashidhar (IND) 9,893 9,896 9,987 9,925
Bunga Jelitha Ibrani (INA) 9,987 10 9,978 9,988
Sarah Idan (IRQ) 9,895 9,877 9,899 9,890
Cailín Áine Ní Toibín (IRL) 10 9,973 9,897 9,956
Adar Gandelsman (ISR) 9,877 9,952 9,892 9,907
Miriam Polverino (ITA) 9,987 9,985 9,974 9,982
Davina Bennett (JAM) 9,972 9,894 9,879 9,915
Momoko Abe (JPN) 9,979 9,859 9,979 9,939
Kamilla Asylova (KAZ) 9,875 9,797 9,893 9,855
Cho Se Hui (KOR) 10 9,987 9,835 9,940
Souphaphone Somvichith (LAO) 9,954 9,974 9,895 9,941
Jana Sader (LIB) 9,979 9,899 9,855 9,911
Samantha Katie James (MAS) 10 9,978 9,951 9,976
Tiffany Pisani (MLT) 9,989 9,984 9,895 9,954
Angie Callychurn (MRI) 10 9,873 9,867 9,913
Denisse Franco (MEX) 10 9,987 9,972 9,986
Zun Than Sin (MYA) 9,998 9,973 9,877 9,949
Suné January (NAM) 9,899 9,914 9,915 9,909
Nagma Shrestha (NEP) 10 9,973 9,899 9,957
Nicky Ophei (NED) 9,979 9,976 9,979 9,978
Harlem-Cruz Ihaia (NZL) 9,879 9,954 9,972 9,935
Berenice Quezada (NIC) 9,985 9,978 9,972 9,978
Stephanie Agbasi (NGR) 10 9,984 9,979 9,987
Kaja Kojan (NOR) 9,967 9,879 9,897 9,914
Laura de Sanctis (PAN) 9,979 9,954 9,972 9,968
Ariela Machado (PAR) 10 10 9,975 9,991
Prissila Howard (PER) 9,989 9,985 9,984 9,986
Rachel Peters (PHI) 10 9,989 9,987 9,992
Katarzyna Włodarek (POL) 9,979 9,972 9,953 9,968
Matilde Lima (POR) 9,894 9,979 9,895 9,922
Danyeshka Hernández (PUR) 10 9,962 9,973 9,978
Ioana Mihalache (ROM) 10 9,879 9,959 9,946
Ksenia Alexandrova (RUS) 9,972 9,974 9,979 9,975
Manuela Bruntraeger (SIN) 9,987 9,982 9,983 9,984
Vanessa Bottánová (SVK) 10 9,879 9,973 9,950
Emina Ekic (SLO) 9,987 9,994 9,975 9,985
Demi-Leigh Nel-Peters (RSA) 9,998 9,995 9,989 9,994
Sofía del Prado (ESP) 10 9,987 9,892 9,959
Christina Peiris (SRI) 9,979 9,974 9,853 9,935
Louise Victor (LCA) 9,899 9,979 9,879 9,919
Frida Fornander (SWE) 9,976 9,979 9,689 9,881
Lilian Maraule (TAN) 9,899 9,877 9,895 9,890
Maria Lynn Ehren (THA) 9,984 9,989 9,987 9,986
Yvonne Clark (TTO) 9,973 9,875 9,899 9,915
Pınar Tartan (TUR) 9,874 10 9,974 9,949
Yana Krasnikova (UKR) 9,979 9,894 9,895 9,922
Marisol Acosta (URU) 9,967 9,972 9,877 9,938
Kára McCullough (USA) 9,988 9,996 9,987 9,990
Esonica Veira (ISV) 9,979 9,987 9,865 9,943
Keysi Sayago (VEN) 9,981 10 9,984 9,988
Nguyen Thi Loan (VIE) 10 9,973 9,987 9,986
Isabel Chikoti (ZAM) 9,953 9,894 9,851 9,899

Após a rodada, o panorama de classificação das 16 semifinalistas (considerando o padrão adotado pela Miss Universe Organization no Miss Universo 2013) é este:

-Demi-Leigh Nel-Peters (RSA)-9,994
-Rachel Peters (PHI)-9,992
-Ariela Machado (PAR)-9,991
-Monalysa Alcântara (BRA)-9,990
-Kára McCullough (USA)-9,990
-Laura Ospina (COL)-9,989
-Carmen Muñoz (DOM)-9,988
-Alicia Aylies (FRA)-9,988
-Keysi Sayago (VEN)-9,988
-Bunga Jelitha Ibrani (INA)-9,988
-Stephanie Agbasi (NGR)-9,987
-Denisse Franco (MEX)-9,986
-Prissila Howard (PER)-9,986
-Maria Lynn Ehren (THA)-9,986
-Nguyen Thi Loan (VIE)-9,986
-Michaela Habánová (CZE)-9,985

-Emina Ekic (SLO)-9,985
-Manuela Bruntraeger (SIN)-9,984
-Olivia Rogers (AUS)-9,983
-Myana Welch (GUM)-9,983
-Miriam Polverino (ITA)-9,982
-Gleisy Noguer (BOL)-9,979
-Danyeshka Hernández (PUR)-9,978
-Berenice Quezada (NIC)-9,978
-Nicky Ophei (NED)-9,978
-Elena Correa (CRC)-9,976
-Samantha Katie James (MAS)-9,976
-Lauren Howe (CAN)-9,976
-Ksenia Alexandrova (RUS)-9,975
-Shanaelle Petty (CRO)-9,970
-Katarzyna Włodarek (POL)-9,968
-Laura de Sanctis (PAN)-9,968
-Liesbeth Claus (BEL)-9,966
-Stefania Incandela (ARG)-9,964
-Celine Schrenk (AUT)-9,964
-Blerta Leka (ALB)-9,962
-Isel Suñiga (GUA)-9,962
-Sofía del Prado (ESP)-9,959
-Nagma Shrestha (NEP)-9,957
-Cailín Áine Ní Toibín (IRL)-9,956
-Sophia Koch (GER)-9,954
-Tiffany Pisani (MLT)-9,954
-Cassandra Chéry (HAI)-9,951
-Vanessa Bottánová (SVK)-9,950
-Pınar Tartan (TUR)-9,949
-Zun Than Sin (MYA)-9,949
-Natividad Leiva (CHI)-9,948
-Ioana Mihalache (ROM)-9,946
-Daniela Cepeda (ECU)-9,945
-Roxy Qiu Qiang (CHN)-9,944
-Esonica Veira (ISV)-9,943
-Souphaphone Somvichith (LAO)-9,941
-Cho Se Hui (KOR)-9,940
-Momoko Abe (JPN)-9,939
-Marisol Acosta (URU)-9,938
-Farah Sedky (EGY)-9,937
-Christina Peiris (SRI)-9,935
-Harlem-Cruz Ihaia (NZL)-9,935
-Khephra Sylvester (IVB)-9,934
-Marita Gogodze (GEO)-9,930
-Ruth Quashie (GHA)-9,930
-Sotheary Bee (CAM)-9,928
-Shraddha Shashidhar (IND)-9,925
-Rafieya Husain (GUY)-9,924
-Nikoleta Todorova (BUL)-9,924
-Yasmine Cooke (BAH)-9,924
-April Tobie (HON)-9,923
-Yana Krasnikova (UKR)-9,922
-Michaela Söderholm (FIN)-9,922
-Matilde Lima (POR)-9,922
-Lesley Chapman (BAR)-9,920
-Louise Victor (LCA)-9,919
-Akinahom Zergaw (ETH)-9,917
-Yvonne Clark (TTO)-9,915
-Davina Bennett (JAM)-9,915
-Arna Yr Jonsdottir (ISL)-9,914
-Kaja Kojan (NOR)-9,914
-Angie Callychurn (MRI)-9,913
-Anna Burdzy (GBR)-9,913
-Jana Sader (LIB)-9,911
-Alisson Abarca (ESA)-9,911
-Suné January (NAM)-9,909
-Adar Gandelsman (ISR)-9,907
-Isabel Chikoti (ZAM)-9,899
-Lauriela Martins (ANG)-9,890
-Lilian Maraule (TAN)-9,890
-Sarah Idan (IRQ)-9,890
-Nashaira Balentien (CUR)-9,888
-Alina Mansur (ARU)-9,887
-Frida Fornander (SWE)-9,881
-Anika Conolly (CAY)-9,865
-Kamilla Asylova (KAZ)-9,855

As notas de avaliação foram ponderadas a partir da verificação de iconografia fotográfica das candidatas realizada após a primeira semana de programação oficial pela redação do Críticas no dia 20 de novembro de 2017. Vale ressaltar que esta sondagem não reflete, necessariamente, a classificação oficial para as semifinais do Miss Universo 2017, bem como para suas etapas classificatórias posteriores (trajes de banho, trajes de gala e entrevistas finais).

Avaliações anteriores
Avaliações parciais
*1ª avaliação parcial: 20 de fevereiro de 2017
*2ª avaliação parcial: 24 de fevereiro de 2017
*3ª avaliação parcial: 16 de março de 2017
*4ª avaliação parcial: 21 de março de 2017
*5ª avaliação parcial: 26 de março de 2017
*6ª avaliação parcial: 1º de abril de 2017
*7ª avaliação parcial: 17 de abril de 2017
*8ª avaliação parcial: 28 de abril de 2017
*9ª avaliação parcial: 30 de abril de 2017
*10ª avaliação parcial: 5 de maio de 2017
*11ª avaliação parcial: 15 de maio de 2017
*12ª avaliação parcial: 14 de junho de 2017
*13ª avaliação parcial: 1º de julho de 2017
*14º avaliação parcial: 7 de julho de 2017
*15ª avaliação parcial: 16 de julho de 2017
*16ª avaliação parcial: 1º de agosto de 2017
*17ª avaliação parcial: 7 de agosto de 2017
*18ª avaliação parcial: 12 de agosto de 2017
*19ª avaliação parcial: 20 de agosto de 2017
*20ª avaliação parcial: 27 de agosto de 2017
*21ª avaliação parcial: 3 de setembro de 2017
*22ª avaliação parcial: 4 de setembro de 2017
*23ª avaliação parcial: 12 de setembro de 2017
*24ª avaliação parcial: 17 de setembro de 2017
*25ª avaliação parcial: 23 de setembro de 2017
*26ª avaliação parcial: 2 de outubro de 2017
*27ª avaliação parcial: 6 de outubro de 2017
*28ª avaliação parcial: 9 de outubro de 2017
*29ª avaliação parcial: 16 de outubro de 2017
*30ª avaliação parcial: 22 de outubro de 2017
*31ª avaliação parcial: 29 de outubro de 2017
Avaliações pré e pós-embarque
*Avaliação pré-embarque: 4 de novembro de 2017
*Avaliação pós-embarque: 9 de novembro de 2017
Avaliações gerais
*1ª avaliação geral: 13 de novembro de 2017

Anúncios
Publicado em Datamisses, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Situação de Monalysa Alcântara nas casas de apostas para o concurso Miss Universo 2017 varia de agência para agência


Quadro contrasta com o terceiro lugar da 1ª avaliação geral do Críticas

Da redação TV em Análise

Organização Miss Brasil Universo/Divulgação/18.11.2017


A seis dias da realização da 66ª edição do concurso de Miss Universo, a situação da candidata do Brasil, Monalysa Alcântara, 18, é bastante diversa nas casas de apostas que o TV em Análise Críticas teve acesso. No levantamento da agência australiana William Hill, Mona aparece na nona colocação, com 15,00 de cotação, empatada com as candidatas da Espanha, Sofia del Prado, e da Índia, Shraddha Shashidhar. A liderança é da colombiana Laura Ospina, com 5,00.
Em outra casa de apostas da Austrália, a SportsBet, Monalysa aparece na 23ª colocação, com 26,00, empatada com as camndidatas do Iraque, Sarah Idan, da Albânia, Blerta Leka, do Peru, Prissila Howard, de Malta, Tiffany Pisani, e do Líbano, Jana Sader. Laura Ospina também lidera, com 6,00 para cada aposta.
Já na agência americana Covers, Monalysa ocupa a sétima colocação, com +1,600, empatada com as candidatas do México, Denisse Franco, da Austrália, Olívia Rogers, da Indonésia, Bunga Jeitha Ibrani, d da Índia, Shraddha Shashidhar. A liderança é da sul-africana Demi-Leigh Nel-Peters, com +250. Na inglesa Pinnacle Sports, Monalysa aparece na sexta colocação, com 21.650 pontos. A liderança é de Laura Ospina, com 6.270.
O ambiente das casas de apostas contrasta totalmente com as notas apresentadas na primeira avaliação geral que o Críticas divulgou após o desembarque das candidatas do Miss Universo 2017, na segunda-feira (13). Nessa rodada, Monalysa aparece na terceira colocação, atrás da peruana Prissila Howard e da paraguaia Ariela Machado.

Publicado em Datamisses, Numb3rs, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Desgoverno golpista de Temer e sua quadrilha vai cometer uma grosseria contra o país com uma campanha machista e racista


Alerta é da ex-presidente Dilma Rousseff

Da redação TV em Análise

Mario Tama/Getty Images/10.05.2016


Em comunicado publicado em seu site oficial na tarde deste domingo (19), a ex-presidenta Dilma Rousseff, 69, denunciou uma demonstração de baixo nível político com a campanha que o governo ilegítimo de Michel Temer. 77, pretende lançar nos próximos dias para exaltar na televisão as supostas “reformas” que o Quadrilhão do PMDB vem empreendendo no Palácio do Planalto.
Na peça, a quadrilha de Temer desqualifica o cultivo da mandioca, principal alimento de sustento das comunidades indígenas. “O governo golpista vai agredir o Brasil, esta semana, com mais uma demonstração de seu baixo nível político e cultural”, diz Dilma no release. “Se não recuar de sua decisão, o governo golpista vai citar, em tom de deboche e com insinuação de duplo sentido, uma fala feita por mim na abertura dos Jogos Indígenas, em 2015, quando fiz referência à principal fonte de alimentação dos índios, que acabou sendo adotada por toda a população brasileira, tornando-se um símbolo de nossa culinária”, sustenta a ex-presidente. Leia o comunicado na íntegra

Governo golpista vai cometer uma grosseria contra o país
Propaganda política produzida pelo governo usurpador é machista e racista e demonstra ignorância sobre a história do Brasil

A ser verdade o que está sendo noticiado hoje pelo UOL e por outros veículos de informação, o governo golpista vai agredir o Brasil, esta semana, com mais uma demonstração de seu baixo nível político e cultural. Uma peça de propaganda eleitoral feita em nome do governo que cometeu o golpe contra a democracia e hoje faz o país retroceder de maneira devastadora foi produzida para ofender a mim e ao meu partido.
Se não recuar de sua decisão, o governo golpista vai citar, em tom de deboche e com insinuação de duplo sentido, uma fala feita por mim na abertura dos Jogos Indígenas, em 2015, quando fiz referência à principal fonte de alimentação dos índios, que acabou sendo adotada por toda a população brasileira, tornando-se um símbolo de nossa culinária. O vídeo da propaganda política, que vazou à imprensa, confirma o machismo e a misoginia de um governo que deprecia as mulheres e as populações indígenas.
Esta propaganda tem o caráter do governo golpista. É mal-educada, grosseira e vulgar. É machista e racista. Mostra desconhecimento sobre a cultura e a história do Brasil. Mostra ignorância sobre fato histórico: durante parte do período monárquico, a riqueza e o poder da elite brasileira eram calculados pela extensão das áreas cultivadas com mandioca pelos fazendeiros.
O governo golpista não conhece história. Conhece o ódio e tem como método e traço de caráter o desrespeito, a agressão pessoal e a insensibilidade com os valores do pais. Quem rompe com a democracia e perpetra, à traição, um golpe contra um governo eleito, já perdeu a dignidade e a ética. Comprovadamente, não tem dimensão política para governar um país da importância do Brasil.

DILMA ROUSSEFF

Publicado em Brasilsão Vibrante, Economês | Deixe um comentário

Candidata de Serra Leoa ainda não chegou em Las Vegas para o Miss Universo 2017, por burocracia de embaixada americana


Adama Kargbo já perdeu a competição de traje típico e corre risco de ficar fora da preliminar

Da redação TV em Análise

Miss Universe Organization/Divulgação


Problemas de burocracia na concessão do visto por parte da embaixada norte-americana na capital, Freetown, fizeram a candidata de Serra Leoa, Adama Kargbo, 19, praticamente perder a viagem para competir na 66ª edição do concurso de Miss Universo, que acontece daqui a sete dias, no teatro The AXIS do Planet Hollywood Resort and Casino, em Las Vegas. A própria candidata expressou em suas redes sociais sua frustração por não participar do concurso.
Esta seria a segunda participação de Serra Leoa no Miss Universo.
Nas redes sociais, Adama expressou sua frustração com os procedimentos que dificultaram sua viagem para o Miss Universo 2017. De acordo com a candidata, a embaixada americana em Freetown só tinha liberado visto para viagem na segunda-feira (20), mesma data da preliminar de traje de banho e traje de gala. A competição de trajes típicos, realizada no sábado (18), no mezanino do Planet Hollywood Resort and Casino, ela já perdeu. Assim mesmo, o nome de Adama ainda consta do site oficial do Miss Universo e da relação oficial de 93 candidatas. Caso Adama não chegue a tempo para a programação de ensaios gerais do concurso, esse número poderá cair para 92.

Publicado em Datamisses, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Lima poderá sediar a 67ª edição do concurso de Miss Universo


Capital peruana recebeu evento em 1982

Da redação TV em Análise

Getty Images


Começaram as articulações de bastidores para que Lima sedie a 67ª edição do concurso de Miss Universo, a ser realizada em 25 de novembro de 2018. De acordo com o perfil especializado Pageantry Plus, são fortes as especulações nos meios missólogicos de que a capital peruana possa sediar o Miss Universo 2018.
É a primeira vez desde 1995 que a edição do Miss Universo do ano seguinte começa a ter sua sede definida faltando uma semana para a realização da edição do corrente ano. Em 1996, no entanto, a troca de acionistas (da MSG Entertainment para a Trump Organization) colocou os planos todos abaixo.
Lima sediou o Miss Universo uma única vez, no dia 26 de julho de 1982, no Coliseo Amatuta, hoje usado como templo religioso. À ocasião, 77 candidatas disputaram o título, vencido pela canadense Karen Baldwin.
Representantes da Latina Televisión e da Organização Miss Peru já estariam em intensas negociações com diretores da IMG e da Miss Universe Organization para viabilizar a realização do Miss Universo 2018 em Lima. A intenção é pegar o gancho da realização dos Jogos Pan Americanos na cidade, em julho de 2019. O local da final televisionada será definido posteriormente.
Além de Lima, também disputa a sede do Miss Universo 2018 a cidade de Monte Carlo, no principado de Mônaco, no litoral sul da França. A Arena de Monte Carlo é a opção da cidade para tentar receber o concurso.
Até o momento, cinco países já elegeram candidatas para o Miss Universo 2018 – Camboja, Mianmar, Peru, Sérvia e Venezuela. A Polônia elegerá sua candidata horas antes da realização do Miss Universo 2017, no próximo domingo (26), em Las Vegas.

Publicado em Cidades, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Polícia Civil do Piauí investiga racismo nas redes sociais contra candidata brasileira da 66ª edição do concurso Miss Universo


De acordo com namorado de Monalysa Alcântara, trabalho vem sendo feito 11 dias após sua eleição como Miss Brasil 2017

Da redação TV em Análise
Com OitoMeia

Miss Universe Organization/Divulgação


A Polícia Civil do Piauí prossegue suas investigações sobre os ataques racistas sofridos pela candidata brasileira ao título de Miss Universo 2017, Monalysa Alcântara, 18. De acordo com o namorado da modelo, o advogado Emídio Fernandes, perfis do Facebook que tenham feito tais ataques estão sendo investigados por uma junta de 15 advogados e uma delegada, que estão rastreando os dados dos usuários, inclusive os chamados “fakes”. O inquérito está em andamento desde o dia 28 de agosto, 11 dias após Monalysa ter vencido o título de Miss Brasil 2017, em Ilhabela (SP).
Em texto postado em um grupo de missólogos no Facebook, Emídio informou que providências cíveis e criminais serão tomadas contra os responsáveis pelos perfis que atacaram e ainda atacam Monalysa, terceira afrodescendente a representar o Brasil no Miss Universo. De acordo com a SaferNet, os ataques racistas contra misses brasileiras negras cresceram 42% entre a eleição de Raíssa Santana, em 1º de outubro de 2016, e a de Monalysa, agora concentrada em Las Vegas para a 66ª edição do concurso de Miss Universo, que acontece daqui a uma semana. “Temos uma lista com inúmeros nomes já monitorados, identificados, e cadastrados em um banco de dados com todas as informações necessárias para abertura de inquérito coletivo e individual. Haja vista a crescente demanda, informamos a todos que se abstenham de possíveis problemas judiciais”, informa a nota de Emídio aos missólogos.
Apesar da gravidade do tema, a Organização Miss Brasil Universo informou que não vai se manifestar sobre os ataques racistas contra Monalysa Alcântara, inclusive os desferidos contra ela no perfil oficial do Miss Brasil. A Polishop disse que o assunto é privativo da própria Miss Brasil e este deve ser tratado por seus advogados e pela Polícia.
Após Monalysa ter derrotado a gaúcha Juliana Mueller, 25, em votação nominal dos jurados por cinco votos a um, vários internautas correram a seus perfis nas redes sociais para agredirem Monalysa com os insultos mais sórdidos e pesados. Um dos internautas chegou a fazer ameaças de morte a Monalysa para que Juliana assumisse o título nacional. Outra internauta chamou a candidata brasileira ao Miss Universo 2017 de “cara de empregadinha”, “cara comum” e sem “perfil de miss”.
Monalysa Alcântara é a décima nordestina a representar o Brasil no Miss Universo. Na noite deste sábado (18), ela participou do desfile de trajes típicos realizado no mezanino do Planet Hollywood Resort and Casino.

Publicado em Mondo cane, Nossas Venezuelas, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

IMG e Miss Universe Organization irão destinar o The AXIS só para a final televisionada do concurso Miss Universo 2017


Competição de trajes típicos e preliminar de trajes de banho e trajes de gala irão para o Mezanino do hotel do concurso

Da redação TV em Análise

Pageantry Plus


Pela primeira vez na história do Miss Universo, uma preliminar do concurso ocorrerá fora do local da final televisionada ou do evento principal. A IMG Universe e a Miss Universe Organization decidiram tirar os shows preliminares de trajes de banho e trajes de gala e a competição nacional de trajes típicos do teatro The AXIS do Planet Hollywood Resort and Casino, em Las Vegas. Para afastar o público, a MUO decidiu restringir a venda de ingressos à final televisionada do domingo (26). Não haverá venda de ingressos para os eventos preliminares.
De acordo com a MUO, tanto a competição de trajes típicos nacionais, marcada para a noite deste sábado (18), quanto a apresentação preliminar das 93 candidatas em trajes de banho e trajes de gala, marcada para a noite da segunda-feira (20), serão restritas a jornalistas previamente credenciados. Os dois eventos ocorrerão no Mezanino do próprio Planet Hollywood Resort and Casino.
Os dois eventos serão gravados para exibição no sábado (25), em horário a ser definido, nos perfis oficiais do Miss Universo no Facebook e no Youtube. Até o ano passado, esses eventos eram transmitidos ao vivo por essas plataformas.

Publicado em Jóia da coroa, Projetos especiais, Todas as Venezuelas do mundo | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário