Terrorismo eleitoral e seca em São Paulo: A capa que a Veja escondeu


Azenha: Dilma neutralizou no último debate da Globo a “bala de prata” da famíglia Civita

Do Viomundo

Fotomontagem/Bianca Souza

A famosa “bala de prata”, que poderia modificar os votos dos indecisos, foi neutralizada de cara pela presidente Dilma Rousseff, já na abertura do debate da TV Globo.
Ela atacou a credibilidade não só da revista Veja, como também da IstoÉ, que mais uma vez neste fim de semana fez jus ao apelido jocoso de QuantoÉ.
Diríamos que este foi o debate do alprazolam, a droga que é o sossega leão dos ansiosos.
Aécio Neves cometeu algumas gafes, como quando se referiu ao inexistente Ministério do Desenvolvimento Econômico ou disse que é um orgulho ter um pedaço do Nordeste “incrustrado” em nosso território, Minas Gerais. Reproduziu, assim, o preconceito comum de uma pequena fatia dos mineiros em relação às terras cantadas por Guimarães Rosa.
Por outro lado, o senador foi bem quando disse que a melhor forma de combater a corrupção é tirando o PT do poder. Foi bem, ainda, quando disse que o governo de FHC “tirou a inflação das costas do brasileiro”. Friso: do ponto-de-vista da retórica.
Já Dilma foi muito feliz quando popularizou seu discurso e recorreu a uma frase do humorista José Simão, segundo o qual os tucanos criaram, em São Paulo, o programa “Meu banho, minha vida”.
Além disso, a candidata governista insistiu nas coisas que realmente importam não só para os indecisos, mas para os brasileiros em geral: emprego e salário. No frigir dos ovos, é isso o que conta. O grande terror de qualquer brasileiro, em qualquer tempo, é o desemprego.
No conjunto da obra, Dilma fez o necessário para impedir uma grande surpresa de última hora. Se de fato Aécio precisava de uma grande virada para vencer as eleições de domingo, não teve êxito.
Se a capa de Veja foi a bala de prata da oposição, melhor caracterizá-la como um tiro no pé.

Reprodução/Maria Frô

Publicado em Força da Grana, Imprensa, Poderes ocultos, Podres poderes | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

A audiência americana da 21ª noite de estreias da temporada 2014-2015, quarta-feira, 22 de outubro de 2014


No início de seu segundo ano, The 100 perde quase o total de telespectadores de um episódio regular na comparação à estreia da primeira temporada

Da redação TV em Análise

Care Cameron/The CW/Divulgação


-É agora que a coisa pega.

A conclusão do ciclo de estreias da The CW para a fall-season 2014, com o início da segunda temporada de The 100 fez a emissora registrar 2,05 milhões de telespectadores, média de 1,3 e share domiciliar de 2 pontos no escopo do horário nobre. Em comparação à semana retrasada, houve uma queda de 350 mil telespectadores. Já na comparação com a estreia da primeira temporada, em 19 de março, The 100 teve queda de 1,1 milhão de telespectadores, praticamente o registrado por um episódio regular da trama.
Já a transmissão da segunda partida da World Series entre Kansas City Royals e San Franxisco Giants (vitória da equipe do Missouri por 7 a 2, no Kauffman Stadium, em Kansas City, e empate da série decisiva do título da MLB em 1 a 1) garantiu à FOX a liderança da noite, com 11,1 milhões de telespectadores, média de 6,8 e share de 11. A vice-liderança coube à CBS, que registrou 8,75 milhões de telespectadores, média de 5,5 e share de 9. Na terceira colocação, a NBC teve 7,4 milhões de telespectadores, média de 4,8 e share de 8. Por fim, a ABC registrou na quarta colocação 7,2 milhões de telespectadores, média de 4,6 e share de 8.
Entre os telespectadores na faixa de 18 a 49 anos, a The CW registrou 0,7 ponto (0,1 a menos em relação à semana retrasada). Na quarta colocação, a NBC registrou 1,5, seguida da ABC e da CBS, que dividiram a vice-liderança, com 2,1 pontos de média. Com a transmissão da World Series, a FOX liderou com 2,9.
Hora por hora (horários da costa leste americana), os dados da Nielsen Media Research:

20h

FOX: World Series – jogo 2 – Giants/Royals (11 milhões de telespectadores, 6,7/11 domiciliar)
CBS: Survivor: San Juan del Sur (9,1 milhões, 5,4/9)
NBC: The Mysteries of Laura (8,1 milhões, 5,3/9)
ABC: The Middle (7,2 milhões, 4,5/8)/The Goldbergs (7 milhões, 4,2/7)
The CW: Arrow (2,5 milhões, 1,6/3)

Líder 18-49: World Series – jogo 2 (2,7)

21h

FOX: World Series – jogo 2 (10,9 milhões, 6,7/11)
CBS: Criminal Minds (9,8 milhões, 6,2/10)
ABC: Modern Family (10 milhões, 6,2/10)/Black-ish (8 milhões, 5,2/8)
NBC: Law & Order: SVU (7,2 milhões, 4,7/7)
The CW: The 100 – estreia de temporada (1,6 milhão, 1,0/2)

Líder 18-49: Modern Family (3,3)

22h

FOX: World Series – jogo 2 (11,5 milhões, 7,1/12)
CBS: Stalker (7,3 milhões, 4,9/8)
NBC: Chicago PD (6,8 milhões, 4,4/8)
ABC: Nashville (5,4 milhões, 3,7/6)

Líder 18-49: World Series – jogo 2 (3,2)

NOTA: Os números acima divulgados são preliminares e estão sujeitos a modificação. Incluem audiência ao vivo e DVR para exibição na mesma noite

O TOP 10 DAS TV’S PAGAS AMERICANAS NA 4ª FEIRA, 22/10/2014
A lista abaixo se refere aos programas de horário nobre (excetuando-se intervalos comerciais), transmitidos entre as 20 e 23h (horário da costa leste)
Programa Canal Espectadores (em milhões) Média 18-49
American Horror Story; Freak Show (22h) FX 4,439 2,2
The Big Bang Theory – reprise (21h) TBS 2,549 1,0
The Big Bang Theory – reprise (21h30) TBS 2,474 1,0
The Big Bang Theory – reprise (22h) TBS 2,301 0,9
The Big Bang Theory – reprise (22h30) TBS 2,007 0,8
The Big Bang Theory – reprise (20h30) TBS 2,115 0,8
American Dad! – reprise (22h30) Adult Swim/Cartoon Network 1,704 0,8
American Dad! – reprise (22h) Adult Swim/Cartoon Network 1,601 0,7
Key & Peele (22h30) Comedy Central 1,197 0,7
The Big Bang Theory – reprise (20h) TBS 1,812 0,6
Publicado em Esportes, Ibopes da vida, Numb3rs, Reality-shows, Séries | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Para se masturbar: As curvas da Mendigata Fernanda Lacerda nas digitais da Playboy de outubro de 2014


Em 31 páginas

Fotos Christian Gaul/Playboy/Reprodução

Publicado em Divas, Revistas, Variedades | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

O último programa eleitoral de Dilma Rousseff antes do segundo turno e a obsessão da Veja pelo terrorismo eleitoral


“O povo brasileiro dará resposta à Veja e seus cúmplices (Globo, Band/Enter, PSDB, Chevron-CCC-ExxonMobil) nas urnas. E eu darei a minha na Justiça”

Publicado em Ética jornalística, Jornalismo, Poderes ocultos, Podres poderes | Marcado com , , , | Deixe um comentário

A audiência americana da 20ª noite de estreias da temporada 2014-2015, segunda-feira, 20 de outubro de 2014


Em novo dia, The Millers perde um The Flash inteiro de telespectadores em comparação à estreia da primeira temporada

Da redação TV em Análise

Adam Taylor/CBS/Divulgação


-Você viu o tamanho do rombo, meu filho?

A mudança para as noites de segunda-feira fez mal a The Millers na estreia de sua segunda temporada. Na comparação com a estreia da primeira temporada, em 3 de outubro do ano passado, a sitcom da CBS perdeu 4,05 milhões de telespectadores. Com todas as estreias já feitas para esse dia da semana na fall-season 2014, a emissora registrou no escopo do horário nobre 10,5 milhões de telespectadores (940 mil a menos em relação a semana anterior), média de 6,6 e share domiciliar de 11 pontos.
Com esses números, a CBS perdeu a vice-liderança para a NBC, que registrou 10,9 milhões de telespectadores, média de 6,8 e share de 11. A liderança coube à ABC, que registrou 11,6 milhões de telespectadores, média de 7,7 e share de 12. Com quase metade do público da CBS, a FOX ocupou a quarta colocação, com 5,5 milhões de telespectadores, média de 3,3 e share de 5. Por último, a The CW registrou 1,65 milhão de telespectadores, média de 1,1 e share de 2 pontos. O crescimento de 150 mil telespectadores verificado por Jane the Virgin em relação à sua estreia fez a emissora conceder temporada completa à produção.
Entre os telespectadores na faixa de 18 a 49 anos, a CBS ocupou a vice-liderança com 2,5 pontos de média – meio ponto atrás da líder NBC, que registrou 3. Na terceira colocação, a FOX registrou 2 pontos, contra 1,9 da ABC e 0,7 ponto da The CW.
Hora por hora (horários da costa leste americana), os dados da Nielsen Media Research:

20h

CBS: The Big Bang Theory (15,65 milhões de telespectadores, 9,4/15 domiciliar)/The Millers – estreia de temporada (9,1 milhões, 5,7/9)
ABC: Dancing With the Stars (12,3 milhões, 8,1/13)
NBC: The Voice (11,3 milhões, 7,1/11)
FOX: Gotham (6 milhões, 3,6/6)
The CW: The Originals (1,5 milhão, 1,4/2)

Líder 18-49: The Big Bang Theory (4,4)

21h

ABC: Dancing With the Stars (13,2 milhões, 8,7/13)
NBC: The Voice (11,95 milhões, 7,4/11)
CBS: Scorpion (10,5 milhões, 6,5/10)
FOX: Sleepy Hollow (5 milhões, 2,9/4)
The CW: Jane the Virgin (1,75 milhão, 1,1/2)

Líder 18-49: The Voice (3,5)

22h

NBC: The Blacklist (9,4 milhões, 5,9/10)
ABC: Castle (9,3 milhões, 6,3/11)
CBS: NCIS: Los Angeles (8,65 milhões, 5,7/10)

Líder 18-49: The Blacklist (2,4)

NOTA: Os números acima divulgados são preliminares e estão sujeitos a modificação. Incluem audiência ao vivo e DVR para exibição na mesma noite

O TOP 10 DAS TV’S PAGAS AMERICANAS NA 2ª FEIRA, 20/10/2014
A lista abaixo se refere aos programas de horário nobre, transmitidos entre as 20 e 23h (horário da costa leste)
Programa Canal Espectadores (em milhhões) Média 18-49
Monday Night Football Pittsburgh Steelers 30 x 23 Houston Texans (20h15) ESPN 13,275 4,8
WWE Monday Night Raw (21h) USA Network 3,864 1,3
WWE Monday Night Raw (22h) USA Network 3,631 1,2
Love & Hip Hop: Hollywood (20h) Vh1 2,259 1,2
WWE Monday Night Raw (20h) USA Network 3,589 1,1
T.I. and Tiny (21h) Vh1 1,595 0,8
Fast N’Loud (21h) Discovery 1,703 0,8
Misfit Garage (22h) Discovery 1,517 0,7
The Big Bang Theory – reprise (22h30) TBS 1,536 0,7
American Dad! – estreia de temporada (21h) TBS 1,094 0,7
Publicado em Canta USA, Esportes, Ibopes da vida, Numb3rs, Reality-shows, Séries | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Assunto da semana: Vai um lanchinho do prelúdio do Batman?


A força da grana e o ‘meu pirão primeiro’ da DC Comics em Gotham

Jessica Miglio/FOX/Divulgação

Podem achar que eu estou enlouquecendo, mas Gotham (Warner, 2ª, 21h30, 14 anos) nada mais é que uma dessas séries caça-níquel que a DC Comics concebe para a Warner Bros. produzir para redes de TV abertas americanas – desta feita, a FOX, casa de Glee, produto de seu braço de produção e distribuição televisiva, a 20th Century Fox, célula parenta da emissora, cuja estreia comercial ocorreu em março de 1987. Artisticamente falando, a atuação de Ben McKenzie como James Gordon é coisa menor ante essa análise econômica.

Jessica Miglio/FOX/Divulgação

É inegável a força do catálogo de propriedades da DC nas programações das emissoras, mas, em termos de concepção artística, Gotham deixa a desejar a começar de seu piloto e de Arkham, episódios dos quais assisti boa parte ou trechos. Parece coisa mais apropriada para People’s Choice Award saboneteiro ou premiação de sindicato técnico de janeiro. O penteado de Jada Pinkett-Smith como líder de uma gangue impressiona mais do que o da atriz escalada para o prelúdio da Mulher-Gato, Carmem Bicondova (No Ritmo, da Disney).

Jessica Miglio/FOX/Divulgação

Sem viajar na maionese, gosto não se discute. Mas o enredo de Bruno Heller (The Mentalist) para as propriedades da livraria da DC Comics não é coisa que impressione de princípio. Feita para consumo imediato de fast-food (com os royalties devidos), Gotham é uma decepção crítica. Nada tem que acrescente em termos de qualidade artística. A menos que esta, segundo seu público decrescente, responda para uma temporada completa. É o que já aconteceu. Uma primeira leva de 22 episódios (quatro já exibidos) já foi encomendada.

Jessica Miglio/FOX/Divulgação

Para não dizerem que não falei do jovem Bruce Wayne, a atuação pueril de David Mazouz (Touch) é a única que impressiona. Desde a concepção da série original do Batman, em 1966, nenhum diretor de TV ou de cinema teve a pachorra de recorrer ao passado distante dos personagens dos quadrinhos incorporados há 75 anos ao imaginário da cultura pop. Da comunicação de massa dos Beatles à seboseira capilar de Harry Styles, ninguém de Tim Burton a Christopher Nolan chegou a esse feitio. De converter o cult em mau gosto. Até domingo.

Publicação simultânea com o caderno Notícia da TV do Jornal Meio Norte que circula no domingo (26/10)

Publicado em Coluna da Semana, Cult, Força da Grana, Séries | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

Renovações, cancelamentos e novas séries para a summer-season 2015 nas redes abertas americanas


Hora de fazer as contas

Da redação TV em Análise

Best Possible Screen Grab/CBS/Divulgação


Extant, drama astronáutico com a oscarizada-quase Miss USA 1986 Halle Berry está incluída no bolo de retornos da CBS

Com a fall-season 2014 em pleno andamento, é possível fazer um balanço das decisões de programação que as cinco principais redes abertas americanas tomaram para a summer-season 2015, último estágio da temporada televisiva iniciada na segunda-feira, 22 de setembro. Por emissora, as renovações foram as seguintes:

ABC: Bachelor in Paradise (temporada 2), Mistresses (temporada 3), Motive (temporada 3), Rookie Blue (temporada 6), The Bachelorette (temporada 11)
CBS: Big Brother (temporadas 17 – 2015 e 18 – 2016), Extant (temporada 2), Under the Dome (temporada 3)
NBC: America’s Got Talent (temporada 10), American Ninja Warrior (temporada 4), Last Comic Standing (temporada 9), The Night Shift (temporada 2), Undateable (temporada 2), Welcome to Sweden (temporada 2)

Cancelamentos por emissora:

ABC: Black Box (uma temporada)
CBS; Reckless (uma temporada), Unforgettable (três temporadas)
FOX; I Wanna Marry “Harry” (cinco episódios), Riot (três episódios)
The CW: Backpackers (dois episódios), Seed (dois episódios)
NBC: Crossbones (uma temporada), Working the Engels (uma temporada)

Programas com situação em aberto por emissora:

ABC: Rising Star, Wipeout
FOX: So You Think You Can Dance
NBC: Food Fighters

Novos projetos para a summer-season 2015 por emissora:

CBS: Zoo
NBC: Heroes: Reborn (minissérie)

Publicado em Programação, Reality-shows, Séries | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário